Abrir menu principal

Desciclopédia β

Lodovico Ferrari

Lodovico Ferrari é um matemático italiano, provavelmente o último de sua época, que encerrou uma rede de vinganças atrás de fórmulas matemáticas na Itália. Que ficou muito conhecida por matar por pouca coisa ou por ser somente por desculpa. Ferrari tem um dos nomes mais atraentes da matemática e era um "autodidata". Ele não devia viver ao lado do seu professor, Cardan, que transmitiu um pouco doseu azar para ele.

JuventudeEditar

 
Ferrari era tão rico que pôde comprar essa carroça aí. Mais tarde o dinheiro dele foi ´ra Puta que Pariu.

Pouco importa como ele nasceu, todos sabem que ele teve que nascer, mas a diferença é que foi na idade média. Ferrari sonhava abrir uma fábrica de carros que seriam os mais famosos do mundo de cor vermelha ser muito rico, provavelmente ele foi o único matemático que tinha esse intuito como o primário.

Os outros pensavam que poderiam comer alguém se eles fizessem bastante sucesso e fórmulas matemáticas, hoje a maioria ou se matou por amor não correspondido ou morreu pobre.

Ferrari era um entregador de Pizza em Bolonha quando ele viu uma das aulas de Cardan. Cardan e ele resolveram um "relacionamento" ao longo dos anos sendo que, mais tarde, Cardan o considerava um amante um filho que não fosse nem Gay nem que quisesse foder com a vida dele.

Cardan deixou Ferrari escutar as aulas dele na universidade em Bolonha onde ele aprendeu a ser um matemático, mal sabia ele que ele seria uma das várias vítimas da equação de 3º grau.

Ferrari tinha descoberto outro brilhante método de como resolver esse tipo de equação e descobriu já a de 4º grau. Para a matemática e a Itália isso é morte certa. Não antes de lançar o seu livro e ficar extremamente rico, mais rico que o próprio mestre, aos 42 anos ele já podia degustar a vida com seu dinheiro.

MorteEditar

 Já????????? 
Você

Sim, ninguém dura muito na itália com equações de quarto grau e terceiro grau na cabeça. Ferrari acabou sendo morto pelo Cunhado ou pelo amante de sua irmã sem um motivo aparente. Não se sabe porque mataram ele. Talvez porque Ferrari escondia as fórmulas de todo mundo e não deixava que ninguém tocasse nelas, aí a irmã dele achou que se matasse ele se tornaria fodona na matemática só ao ler a obra do irmão.

O cunhado ou o amante dela matou ferrari à base de veneno e depois... A triste verdade.

Tá e as equações?Editar

Que se fodam elas, provavelmente veio mais um turbilhão de matemáticos que se basearam na obra dele até chegarem no máximo que poderiam chegar: A equação de quinto grau. O que interessa mesmo é o que aconteceu com a bolada de dinheiro de Ferrari? PRA ONDE ELA FOI?

Provavelmente para o mesmo lugar que as obras de Galois e Niels Henrik Abel‎ foram: para a Puta que Pariu, que deve ser os Estados Unidos com aquele dinheiro.

Matemágicos Matemáticos, geômetras e outros nerds
v d e h

al-Khwarizmi, o impronunciável - Alan Turing - Albert Einstein - André Weil - Bombelli - Bhaskara - Cantor - Manuel Bento de Jesus Caraça - Euclides - Euler, our king! - Fermat, o príncipe - Ferrari - Fibonacci - Galileu - Galois, o rebelde - Goldbach - Gauss, o príncipe - Newton - Inácio do Amaral - Lambe Humberto - Tio Laplace - Tio Omar do Quibe - Veneno Poisson - Pitágoras, o largo - He Man Riemann - Tartaglia, o gago - Jacques Tetas - Recorde - Pascal - Abel, o azarado - Arquimedes - Paul Anônimo - Cardano, o mais azarado - Tales, o pioneiro - Filho duma tenda - Neumann, o atômico - Erdös, o sociável - Cauchy