Abrir menu principal

Desciclopédia β

Nota: Se procura aquelas vagabundas que vestem aquelas roupas japonesas esquisitas, veja Lolita (moda). Se procura aquela cidade norte-americana desconhecida, veja Lolita (Estados Unidos).
Fodase2.jpg Este artigo é IMORAL!

Você deve estar achando que este artigo é uma afronta, uma pouca vergonha, uma baixaria... FODA-SE!!! Vai fazer algo que preste e não foda minha paciência!!

Cquote1.png Você quis dizer: lolicon Cquote2.png
Google sobre Lolita

Lolita é um romance nada romântico escrito em língua inglesa, de autoria do escritor russo Vladimir Nabokadagaraf e publicado pela primeira vez em 1900 e guaraná com rolha. Foi graças a esse livro que deu-se origem ao estilo lolita no mundo todo (principalmente no Japão, onde pedofilia tá mais pra liberdade de expressão do que crime), além de algumas gírias carinhosas, como ninfeta e maria chuteira, que podem ser encontrados por jovens boêmios em salas de bate-papo por aí.

ProduçãoEditar

 
imagem ilustrativa de como seria a Lolita nos dias de hoje

Segundo reza a lenda, após concluir seu livro, Nabokov teve muito trabalho pra encontrar uma editora que pudesse publicar o mesmo, já que nenhuma daquela época era louca o suficiente para publicar contos eróticos envolvendo menores de 12 anos para consumo da família tradicinal conservadora; isso levou muita gente a acreditar que provavelmente algum doido varrido da época que não sabia ler achou a capa do script bonitinha e quis publicar essa bagaça. Com isso o romance passou por diversos estilos literários, levando alguns a suspeitam que ele foi escrito por mais de uma pessoa (inclusive pela própria personagem Lolita), sendo que até hoje o romance é uma grande referencia para novos pedófilos escritores; o exemplo comum é o Deputado Federal Tiririca, que antes de conseguir este cargo ganhava a vida vendendo rapadura e cantando a música Florentina, que é uma descarada alusão a Lolita.

Essa merda fez tanto sucesso que foram feitas diversas versões cinematográficas do romance, e já tem quem especule que uma nova versão será realizada, com a menina Maisa sendo cogitada para protagonizar Lolita e seu patrão Silvio Santos interpretando o seu jovem amor, já que assim ele conseguira créditos para se livrar do rombo do seu banco.

HistóriaEditar

O livro conta a história de Humbert Humbert, um professor de universidade federal de meia idade que acaba se apaixonado por sua enteada Dolores Haze, uma ninfeta que só tinha 12 anos e era apelida carinhosamente de Lolita. Depois de muita esfregação de perna e de Lolita sentar molhadinha insaciavelmente no colo do comedor protagonista, além de ser iniciada por lésbicas e um menino transão do acampamento, Humbert consegue dar uns pegas nela, mas depois a casa cai pro seu lado e ele é procurado pela policia local. Se você ainda não leu o livro fique sabendo que ela foge com 12 anos e engravida de um outro cara com 17, e morre no parto de um ET reumático enquanto Humbert morre de gonorréia trombose coronária na cadeia. Pronto, agora procure outro livro pra ler.

Ver tambémEditar