Abrir menu principal

Desciclopédia β

Lorena (São Paulo)

Carroca1.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Gnome-searchtool blue.png Lorena (São Paulo) é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Aqui não tem mais do que dois postos de gasolina.

Sciences de la terre.svg.png


Lorena (São Paulo)
Lorenaflag.jpg
Bandeira
Hino: "A idade vai passando e esses jovens não estão colaborando, respeite os veeelhinhos de loreeena que querem dormir depos das 6..depooois das 6..ôÔÔÔ depois das 6!"
Gentílico: Velhos.
Localização Perto de Bananal
Idioma Dialeto típico do Vale do Paraíba.
Clima Calor leve de 50º
Governo Só faz cagada
Turismo Visitar as bocas de fumo.
Economia Trafico de drogas(maconha e cocaína), venda de coisas roubadas como bicicletas e celulares
População 30 mil velhinhos, 30 mil manos drogados e outros 2 estudantes da Faenquil USP
Moeda Alguns acham que ainda é Cruzado!
Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Lorena (São Paulo).

Cquote1.png Você quis dizer: Morena Cquote2.png
Google sobre Lorena (São Paulo)
Cquote1.png Você quis dizer: Lorena Aquino Cquote2.png
Google sobre Lorena (São Paulo)
Cquote1.png Você quis dizer: Anus geográfico do Estado de São Paulo Cquote2.png
Google sobre Lorena (São Paulo)
Cquote1.png Você quis dizer: Cidade com 5 asilos Cquote2.png
Google sobre Lorena (São Paulo)
Cquote1.png É akele negocio de pular tah ligado BROW Cquote2.png
Jorge sobre Parkour em Lorena
Cquote1.png ... Cquote2.png
Qualquer um sobre Lorena
Cquote1.png Aonde fica esse fim de mundo porra? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Lorena
Cquote1.png Eu moro depois da linha do trem. Cquote2.png
Robert sobre Lorena
Cquote1.png Já passei por Lorena, mas nunca parei. Cquote2.png
'alguém' quando você diz morar em Lorena
Cquote1.png Se você é de Lorena e nunca foi assaltado, você é assaltado. Cquote2.png
Mano Brown sobre Lorena e Capão Redondo
Cquote1.png Oí qui pu cê vê. Cquote2.png
Lorenense sobre Lorena
Cquote1.png Pióóór. Cquote2.png
Lorenense diz sobre tudo
Cquote1.png Apesar de ter a Faenquil USP os cursos não são lá aquelas coisa e a de quem preferi se mandar para outras cidades para tentar outras faculdade. Cquote2.png
Típico jumento semi-analfabeto lorenense, lembrando a reprovação na FUVEST sobre EEL-USP
Cquote1.png Trata-se de um campus genérico da USP, destinado aos estudantes que não têm competência intelectual para aprovação em escolas de engenharia de melhor nível e maior concorrência como POLI e EESC. Cquote2.png
Militonto maconheiro de qualquer chapa eleita para o DCE, durante a gestão no modo "boca-de-urna antes, descumprimento de promessas depois" sobre EEL-USP
Cquote1.png A EESC não tem Engenharia Química mas o campus é descente! Cquote2.png
Estudante da EEL sobre Militonto acima

Lorena é uma cidade localizada no Vale do Paraíba, próximo a Bananal. Lorena tem cerca de 70 mil pessoas. 68 mil são pessoas de terceira idade. As outras 2000 estão contando o dia para completar 18 anos e se mandar da cidade.

A Cidade apesar de ter um número razoável de habitante não tem absolutamente nada. Quer ir no cinema? Então pega o busão pra guará! Moradores para passar o tempo ficam andando na praça dando comida para os pombos, enchendo o saco dos estudantes que querem dar festas ou simplesmente ficam visitando os velórios dos velhinhos para ver se conhece o defunto ou apenas por Hobby. O único lugar do Brasil que conseguiram falir uma loja do Cacau Show Ao que parece o crime em LORENA é permitido por lei já que Assaltos são muito comuns.

Índice

HistóriaEditar

A História de Lorena começa lá pelos idos de 1780, quando um bando de bandeirantes resolveram adentrar o fiofó do eixo Rio de Janeiro-São Paulo-Minas Gerais em busca de ouro, prata, bronze e platina, que valem mais que dinheiro. Chegando no que hoje chamamos de lorena, eles conheceram um animal muito interessante de nossa fauna: A Capivara. Perceberam que esse animal criava trilhas por onde passava e, quando o Conde de Moreira Lima decidiu fundar a cidade, fez uma cerimônia de soltura da capivara que determinaria por onde passariam as ruas da cidade. A cerimônia teria sido um sucesso se não fosse o momento de capturar a capivara. Enquanto os lacaios do Conde tentavam conter o animal, ele corria de um lado para outro, desviando e fugindo dos homens. E assim que capturaram a capivara, homens do conde já começaram as obras para a cidade. Criando primeiro o centro da cidade. Famoso por suas ruas curvas, curtas e simpaticamente sem saída. Mesmo com tanta história envolvida, ainda há quem diga que Lorena era mesmo o de quintal de Guaratinguetá e que esse local é um ânus geográfico do estado de São Paulo. Outro fato que muitos (ou poucos) sabem que é que Lorena significa "Terra das Palmeiras Imperiais", por ter um monte de palmeiras altas na frente da principal relíquia do Centro da cidade. A cidade também é conhecida pelas bocas de fumo e pela menor Basílica do mundo, o Santuário de São Benedito, que não recebe muitos turistas, mas que o Vaticano chama desse nome. Ou seja, é o quarto pólo religioso da Região, seguida de Aparecida, Guaratinguetá e Cachoeira Paulista.

EsporteEditar

Correr das bicicletas para não ser atropelado, e dos ladrões manos em geral pra não ser assaltado. Novas modalidades de esporte na cidade: Correr até a delegacia toda vez que se é roubado para ver se encontra alguém ou sistema funcionando! Correr até a praça após ser roubado para ver se a vaga da polícia está com alguma unidade! Correr até o orelhão para ligar a polícia após ser roubado e cruzar os dedos mais uma vez para ver se alguém atende! Pedir carona para ir para um dos campus da USP, ou para os retiros da canção nova em cachoeira paulista, alguma missa em aparecida, algum shopping em guará, ou qualquer outra cidade vizinha. Dar carona até para quem não pede carona (isso serve para os que tem carro ou bicicleta e ainda não perderam o equilibrio por causa das doenças que afetam as pessoas da terceira idade, ou as alucinações de alguma mano doidão de tóxico).

EducaçãoEditar

A cidade começou a avançar em Educação, pois estava perdendo muitos estudantes para os municípios vizinhos. Criou faculdades, entre elas dois campi da Faenquil USP e outras instituições, que na verdade pouco importam, pois perdem alunos para a Unitau, de Taubaté. Entre essas, está a UNISAL, acrônimo de "Universidade das Safadas de Lorena", mediadora do equilíbrio de seres do sexo feminino com o excesso de homens que vem da FEG (Faculdade de Engenharia dos Gays de Guaratinguetá) e da Faenquil USP (Universidade Sol e Praia, porque vive em greve). Há também a FATEA, que teve a infelicidade de escolher Lorena como sede. Corre o risco de ter uma filial falida pela primeira vez na História, graças à superpopulação da cidade. Conhecida também como "Cracolândia da Roça", a faculdade abriga um grande número de estudantes viciados em "tóxicos". Mas, como a maioria das cidades próximas de Lorena consegue ser pior, esta é uma projeção para o futuro, dado que é uma oportunidade de "fazê facurdadi" para o povo que mora em Canas, Cachoeira Paulista (sendo que cachoeira paulista já tem faculdade, ou seja o fim de lorena está próximo), Lavrinhas, Areias e lugarejos afins.

BairrosEditar

  • Centro: abriga vários monumentos históricos, lojas que geralmente vão à falência (a última foi a Cacau Show), moradores de rua e também possui idosos que moram nos casarões antigos e os mesmos não têm dinheiro para reformá-las, apenas para o remédio.
  • Vila Zélia e Vila Celeste: bairros ocupados pelos:

I-Milionários: donos de lojas de roupas/joalherias/automóveis, donos de fábricas, traficantes, executivos da Yakult, vereadores que ganharam; II-Ricos: especuladores, sendo que alguns deles trazem empresas pra cidade e as mesmas dão certo, já outros, vão à falência; III-Que-se-acham-ricos: militares do 5º BIL. Toda sua população financia seus imóveis nos bancos do governo (Banco do Brasil e Caixa Econômica), além de financiarem componentes das suas empresas pelo BNDES e seus carros (Fiat Punto e Volkswagen Golf) em 180 vezes pela BV Financeira e sempre estão endividados até a tampa.

  • Parque das Rodovias e Novo Horizonte: gastam grande parte do seu tempo em viagens de ônibus para a cidade. São os financiadores da Viação ABC Cidade de Lorena.
  • Vila Geny, Vila Passos, Bairro da Cruz e Vila Hepacaré: são as famosas Favela da Rocinha lorenenses. Evite passear sozinho por esses bairros à noite, pois corre o risco da sair sem seu carro, sem dinheiro, sem tênis, sem roupa ou até mesmo sem a vida.

TrânsitoEditar

O trânsito da cidade é meio confuso. Todos os habitantes da cidade têm carro e bicicleta. O ruim é você chegar em um cruzamento e se deparar com uma fila de Shimanos, Gallos, Calois, Beach Bikes, Mountain Bikes e GTSs. E a cidade é a primeira do Vale do Paraíba a ter semáforos com sincronismo, onde sua instalação foi em massa na cidade. Só não se sabe o porque do Senhor Prefeito instalar isso na cidade... :s A cidade possui o maior número de ciclistas manos mal-educados por metro quadrado do mundo. Andam no meio da rua, na contramão, estacionam suas bicicletas nas guias das calçadas, tornando para um pedestre impossível atravessar a rua!

Carta de Indignação de um moradorEditar

"O povo é uma merda. Só tem puta e até da vontade de come-las mais meu pinto é pequeno. Os caras queimam erva na praça central em plena luz do dia, colocam resto de comida pra cachorro na beira da calçada, andam na contramão a ainda te xingam se acontece alguma coisa.

A biblioteca municipal é uma verdadeira piada: fica cheia de cachorros de rua dormindo lá dentro. Se você quer procurar um livro nas estantes, deve tomar cuidado pra não pisar em algum cachorro (ou nos montes de merda). Fora o fedor que eles deixam. Um dia entrei lá e tinha um cachorrão fedorento dormindo em cima de uma das mesas! Juro! Que lugarzinho merda de povinho merda, velho!"

GovernoEditar

É uma completa loucura. Em vez de se preocupar com turismo, saúde entre outras coisas importantes para crescer a cidade o prefeito da região aplicou uma lei que faz com que todos ciclistas sejam obrigados a colocar placas em suas bicicletas. Isso mesmo, placas de identificação parecido com dos automóveis. Lorena é o único lugar da Terra onde você vai ver os ciclistas andando com placas na sua bicicletas.... o que faz dos ciclistas tomarem muito cuidado, porque se passarem dos 10 km/h eles podem ter a placa anotada e serem multados...*. Após todos terem pagado para emplacar a bicicleta a lei foi suspensa e o dinheiro do emplacamento não foi devolvido. Mesmo assim as pessoas continuam com placa na bicicleta, como um pequeno monumento por ter sido feito de trouxa. É comum reunião de garotões de 18 anos, mais ou menos, na frente da casa do prefeito, com suas bicicletas, pra fazer não sei o quê :-P . O prefeito é idiota, incompetente, frouxo, demagogo. A cidade está uma zona, só tem buracos nas ruas, o trânsito é uma bagunça, o povo é porco e sem a mínima noção de civilidade. Esse cara só foi reeleito porque distribui esmola e dá emprego pra todo mundo nos cabides da prefeitura. Como se nao fosse suficiente.... a cidade nao tem nem sistema de esgoto!! simplesmente chove, inunda tudo... pra sair de casa so se for de bote! pra completar, sempre falta luz!

PopulaçãoEditar

 
Os moradores da cidade felizes e sorridentes se arrumando para irem a mais uma missa de domingo

A população, na maioria da terceira idade, costumam fazer missas no meio da Praça Arnolfo de Azevedo, essas coisas que costumam ter bastante no Nordeste. Aliás, a cidade ainda possui uma igreja, em que muitos a chamam de "menor basílica do mundo", o Santuário, Basílica ou Igreja de São Benedito. Com essa Igreja, Lorena é a quarta cidade do Vale do Paraíba a entrar para o pólo de turismo religioso da região, sendo chamada assim maldosamente de Pequena Guaratinguetá, por ser o quarto pólo religioso da região, perdendo apenas para Cachoeira Paulista (Canção Nova) e Aparecida. Aliás, o santuário é pouco visitado... As pessoas preferem comprar produtos pirateados na Basílica Oficial da região do que perder tempo com isso. Lorena também possui militares do Exército (5º Batalhão de Infantaria Leiga), que não tem muita gente da cidade, só gente de fora, e ainda, possui estudantes que querem dar festas no horário que os velhinhos da cidade dormem (depois da novela das seis), principalmente os estudantes da USP, FATEA e UNISAL...

Ver tambémEditar