Abrir menu principal

Desciclopédia β

Lovy Metal


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E deve ter acompanhado os momentos finais do Chacrinha.


Coletânea mais poser do universo...

Cquote1.png Você quis dizer: Love Metal Cquote2.png
Google sobre Lovy Metal, ou aquele "estilo" inventado pela banda HIM
Cquote1.png Puro heavy metal na veia, só que não... Cquote2.png
Rob Halford sobre Lovy Metal

Lovy Metal é uma sequência de coletâneas feitas pela Som Livre para embalar os corações de metaleiros apaixonados, mas que nunca deixarão de ser nada mais que um bando de posers que não sabem nem a diferença entre heavy metal e grunge (ou pior... a diferença entre death metal e funk do morro), haja vista a quantidade de bandas que não são nem NUNCA serão metal que aparecem nessas coletâneas.

"Amor, não gostou do CD que eu te dei?"
"Sim, eu gostei, amor, só tou procurando ainda onde começa o 'metal' nele..."

Índice

Como começou a ideia?Editar

 
Esse é o tipo de banda que você ACHA que é metal e que você quer dar pra sua namorada de presente.

Não se sabe ao certo, ao que tudo indica algum babaca desses que compra DVD pirata cheio de clipes de bandas românticas na 25 de Março e deu a ideia de lançar essas coletâneas ai, chutando um monte de bandas só porque fulano do Orkut disse que a banda era metal, e ele foi lá e acreditou e colocou assim mesmo.

Resenha das coletâneasEditar

Sinto muito pela desqualidade enorme que apresentarei abaixo...

Lovy Metal IEditar

A primeira é uma coletânea bem consistente, com diversas bandas tocando o mais puro metal, como Kansas (Dust in the Wind) (que eu NEM SABIA que era metal), Extreme (More Than Words), com seu excelentíssimo vocalista Garra Cheirone voz de fanho rouco, e a fabulosa Europe, com aquela tal de Carrie maldita que enche o saco de qualquer pobre mortal. Completam a lista de tortura Rainha Rica (Silent Lucidity), Escorpiões (Still Loving You, já imaginava...), Ski de Rola (I Remember You, também já imaginava...), Nelson (que NELSON?), com Only Time Will Tell, Alados (Miles Away), Venenosa (Something to Believe In), Casa Pegando Fogo (When I Look Your Eyes), Centuriã (Lover Why?), Senhor Grande (To Be With You) e Garantia Vencida (Heaven).

Lovy Metal IIEditar

A segunda coletânea veio recheada de mais bandas que são, e sempre serão metal, mas que há ignorantes que não vêm isso, como Scorpions (Wind of Change) ou Cobra Branca (Is This Love?), outras que têm a ver com metal MESMO, como Bosta (More Than a Feeling), Coração e Exterminador dos Novos Titãs. O resto que completa o disco inclui a participação de Cinderella (sim, mas não a do sapatinho de cristal, e sim aquela Cinderela lá de Pernambuco que aparece na Eliana...) e Enuff Z'nuff (WTF?).

Lovy Metal IIIEditar

 
Não... essa banda não é uma banda de mulheres...

O terceiro Lovy Metal é um dos piores... pra começar, repetem uma música do Poison que tinha já no Lovy Metal I (faltou música... ou talvez memória). A inclusão de bandas como Billy Idol, REO Speedwagon e Toto (sim, a banda com nome de cachorro e que adora uma tal de Rosanna também tá aqui) só pioram ainda mais a imagem de "metal" da coletânea. A aparição de "Fairy Tale" de Shaman piorou ainda mais... essa música nem é romântica, afff... "18 eu Como" do Ski de Rola e "Doidão, Manolo" do Smith Voador são aquelas músicas que todo mundo já encheu o saco de ouvir. Terminando temos ainda uma tal de The Sign que toca sabe que música? "Wherever You Will Go". Sim, caro leitor... é uma VERSÃO do The Calling... Ah, outra coisa mano... "Changes" é do Black Sabbath, mas como o nome da banda assustava, preferiram dizer na coletânea que a música era só do Ozzy o.o

Lovy Metal IVEditar

O Lovy Metal 4 em diante são discos que ninguém sabe se REALMENTE existiram ou foram criados por fãs retardados de bandas que parecem metal sem serem e que fizeram musiquinhas românticas pra boi dormir. Entre as músicas você vai ver a maldita "November Rain" do Guns n' Roses e a música dor-de-corno "Love Hurts" do Homem de Nazaré. Tem também a "So Far Way" do Dire Straits. Velho, no dia que essas 3 bandas forem heavy metal eu viro emo corto os pulsos...

Lovy Metal VEditar

Continuando a sessão tortura inventada por fãs viados posers de metal, a suposta parte 5 da coleção inclui pérolas lindas e deliciosas de ouvir como "Always" do Mau Jovem e "Everytime You Go Away" do Paul Young. Sério, pior que as coletâneas posers da Som Livre é ver as coletâneas estilo "Flashback anos 80" criadas por esses burros... além de as músicas não serem de bandas de metal, ainda por cima aparecem coisas que nem rock são, euahauehuaehuae. Tem música de natal (é... NATAL agora é romântico pra cacete, velho!), Bob Dylan (é, BOB DYLAN), enfim, MUITO METAL mesmo!

Lovy Metal VIEditar

 
Até música de crente tem nas coletâneas.

A parte seis (e não meia meia meia) é uma das mais bizarras. Poxa mano, que que Bryan Adams tá fazendo nesse disco? Pra piorar, colocaram aquela música do Stryper que nem romântica é, kkkkkkkkkkk é tenso!!!

Lovy Metal VIIEditar

O sétimo disco é o mais avacalhado de TODOS. Africa de Totó, uma música chamando a mulher de "Bitch" e Sem Ar com sua música "Making Love... are nothing there all..." putz... acho que vou ali vomitar e já volto...

O Pior Melhor de Lovy MetalEditar

Oficialmente a coletânea de estrume acabou no número 3 (sendo portanto todos os outros acima um bando de fakes piores que Tropa de Elite 9), e a Som Livre ainda lançou esse que seria o "melhor" das coletâneas (ou seja, uma coletânea das coletâneas - meio louco tudo isso não?)... maaaaaaas é estranho porque nenhuma das coletâneas oficiais tinham músicas do Limpa Biscoito, Strippers ou mesmo The Calling e ainda assim essas bandas aparecem aqui. Eita povo burro sô...

Lovy Metal Volume 666Editar

 
Esse é o tipo de estrupício que acha que Lovy Metal é uma coletânea de metal mesmo...

Essa versão ia ser feita por headbanguers "de verdade", que juntaram músicas de amor (mas ao diabo), como N.I.B. do Black Sabbath e The Number of Beast do Iron Maiden, mas o governo americano proibiu a fabricação (glória a Deus). Diziam os headbanguers que esse disco iria ser o real amor do metal, mas acabou não rolando...

Lovy Metal Volume Tabela PeriódicaEditar

Esse disco ia ser feito por químicos que curtem metais, mas acabou não rolando, disseram que o disco ia ser muito nerd pra alguém entender. Imaginem músicas como "mercúrio, eu te amo", ou "Ferro na boneca" (ops, essa última já tem, dos Novos Caetanos Baianos Velhos...).

Vou dar uma idéia do que pode ser considerado "love metal" :Angra - Bleeding Heart, Yngwie Malmsteen - Save our love,Sonata Arctica - Last drop falls,Tallulah. etc..

Symphonic Lovy MetalEditar

Iria ser um disco só com sax, trompete, trombone, tuba e outros instrumentos de metal, mas também deu em merda.

Ver tambémEditar

 
"Pra você com amor, minha bonequinha!"