Abrir menu principal

Desciclopédia β

Luda Mae Hewitt

Hannibal01.jpg Este artigo é CANIBAL!

Este artigo está relacionado com canibalismo. Isso significa que ele(a) se
alimenta dos seus semelhantes e provavelmente é um Serial Killer.

Cuidado, ou a Família Hewitt/Sawyer lhe transformará em sopa!


Velhadaslu.jpg Luda Mae Hewitt é uma velharia!

Provavelmente é de madeira, na cor bege, quadrado, gigantesco e possui durabilidade eterna. Se vandalizar este artigo, um corcel vai te atropelar!

Primeiro-celular-do-mundo2.JPG
Night creature.JPG Luda Mae Hewitt surgiu das trevas!!

E adora assustar criancinhas!

Puro osso.gif


Cquote1.png Monty, vai preparando a panela que estou levando alguns convidados para o jantar. Cquote2.png

Cquote1.png Você quis dizer: Mama Sawyer Cquote2.png
Google sobre Luda Mae Hewitt
Cquote1.png Silêncio! Vamos todos fazer uma oração antes da refeição, ou não vai ter sobremesa! Cquote2.png
Luda Mae Hewitt antes de servir o seu delicioso ensopado de coração


Luda Mae Hewitt é mais um dos infinitos membros da Família Sawyer/Hewitt, e para completar, é mais um dos velhinhos reclamões que fazem parte da série. Ela aparece em O Massacre da Serra Elétrica e O Massacre da Serra Elétrica - O Início, e sua função na família é botar ordem na casa. Aparentemente, por ser a matriarca, é ela quem veste as calças dentro da família, e qualquer um que ousar desrespeitar sua autoridade, ficará de castigo pelo resto da vida e ainda por cima sem sobremesa.

HistóriaEditar

 
Luda Mae esperando seus filhos chegarem com os ingredientes para o jantar.

Luda Mae Hewitt nasceu em algum lugar do Texas, como todos os membros daquela família de sádicos. Teve uma infância muito difícil ao lado de Tea Lady Hewitt. Eram várias as ocasiões onde ela e sua irmã passavam fome e se viam obrigadas a mendigar pão na estrada ou procurar por comida nos lixões da sua cidade de origem.

O pior é que se para Tea Lady Hewitt foi difícil, para Luda Mae foi mais ainda. Isso porque na maioria das vezes onde milagrosamente elas conseguiam comida, Tea Lady Hewitt tomava a dianteira e devorava quase tudo de uma vez, não deixando quase nada para a pobre Luda Mae Hewitt. Resultado: enquanto Tea Lady Hewitt engordou e ficou parecida com uma porca gorda de domingo, Luda Mae só teve tendência a ficar cada vez mais magra e anorexa.

Porém, mesmo passando por graves dificuldades para arranjar alimento, Luda Mae, que àquela altura estava mais seca do que o Esqueleto (esse ainda tem larga vantagem por possuir músculos), sempre fora uma forte crente em Deus. Isso poderia ser notado facilmente pelo fato de Luda Mae sempre ir para a Igreja em dia de missa. Infelizmente, pelo fato de ser uma garotinha imunda e cheirar à gambá, os padres e religiosos no geralsempre que a viam por lá, tocavam a pobre coitada à vassouradas.

Mesmo assim, a pobre iludida sempre acreditou naquele papo furado de sua fé poderia mover montanhas, e estava convicta de que um dia a situação iria mudar e que ambas saíriam daquela triste e desgraçada vida. O tempo foi passando, mas a situação ia de mal à pior. Estava cada vez mais difícil pedir esmola na ponte, pois naquela época, estava começando a surgir o capitalismo, e por conseguinte, as pessoas foram ficando cada vez mais avarentas, egoístas, miseráveis e filhas da puta, e ninguém mais queria saber de ajudar mendigos, andarilhos ou gente pobre em geral.

 
Luda Mae irritada com um de seus filhos e prestes a aplicar-lhe uma surra memorável por ele ter se recusado a obedecê-la. Pra piorar, ela deve estar de TPM...

A situação foi imersa em um novo e trágico patamar: Luda Mae e Tea Lady foram obrigadas a catar objetos e demais porcarias dos depósitos de lixo locais. Criou-se uma rotina: de manhã, eles começavam o dia com um café reforçado, na base de borracha de pneu grelhada com uma deliciosa xícara de chorume. No almoço, elas se alimentavam de um maravilhoso sapato frito, sendo essa uma das refeições mais gostosas do dia. Por fim, na janta, todas as noites elas passavam com um saboroso sanduíche de papel com direito a uma sopa de pedra.

Porém, tudo aquilo mudou em um dia que mudou para sempre o rumo da vida de ambas: uma gentil alma conhecidas como Hannibal Lecter, que era dono de um açougue na região, ao se deparar com a vida miserável daquelas duas, resolveu adotar aquelas duas mendigas crianças de vida. O açougueiro então, lhes ensinou tudo o que sabia sobre técnicas de preparo de carne (de preferência humana). De sobra, ensinou as duas uma curiosa tradição inglesa: tomar chá às 17:00h. Enquanto Luda Mae estava mais interessada em aprender novas receitas de preparo de carne humana, como o famoso ensopado de coração, Tea Lady Hewitt estava mais interessada em comer os pratos depois de prontos, sem contar que se tornou uma profissional e exímia tomadora de chá.

Posteriormente, Luda Mae teria se casado com o filho do vizinho do seu pai (outro açougueiro), que também era canibal, conhecido como Sweeney Todd, especialista em torta de carne humana. Como ambos formavam um ótimo casal, eles resolveram se casar. Juntos eles fundaram um açougue próximo a região seguindo o rumo de seus pais, e com direito a um abatedouro embutido, onde passaram a tocar o Terror negócio da família.

Sobre Luda MaeEditar

Luda Mae, depois de que seu marido faleceu e foi cremado em um forno de padaria, herdou tudo o que ele tinha. A herança deixada por seu marido foi um açougue, um abatedouro, uma mansão mal-assombrada e um trailler todo ferrado que atualmente serve como casa de sua irmã balofa Tea Lady Hewitt.

Como toda mãe viúva, teve de criar seus filhos com mão de ferro. Um deles fora o travesso Charlie Hewitt, um garoto com o capeta no couro que vivia devorando todos os olhos em conserva antes da hora certa do almoço, e acabava nunca comendo direito quando deveria. Luda Mae sempre se via obrigada a dar uma surra com um cinto de espinhos de ferro para que o moleque entrasse na linha. Porém, Luda Mae sempre tivera orgulho de Leatherface, que ela encontrou abandonado depois que sua mãe o expeliu pelo orifício anal diretamente para o lixão mais próximo. Tanto é que Leatherface é o seu orgulho, pois sempre conseguiu trazer ótimos convidados para o jantar. Podemos dizer que Luda Mae é sempre fora uma mãe coruja com o mesmo.

 
  Todos em silêncio para a oração antes da refeição.  
Luda Mae Hewitt sobre hora sagrada

Luda Mae também é, como já foi mencionado antes, a líder matriarca do clã da Família Hewitt. Ou seja, é ela quem manda geral no lugar. Quem não a obedece, costuma ser juntado no sarrafo pela velha, que quando quer, é o verdadeiro diabo em pessoa. Ela é quem dirige o açougue local, e costuma botar todo mundo pra trabalhar, pois não gosta de ver nenhum vagabundo vadiando por aí enquanto ela dá duro para manter a família no caminho certo. As funções são simples: enquanto ela se encarrega de preparar a comida, Charlie Hewitt se encarrega de atrair trouxas para visitarem o açougue, ao passo que Leatherface é o responsável por fazer o picadinho dos mesmos com sua motosserra. Tea Lady Hewitt tem a função de servir chá adulterado para as poucas pessoas que conseguem escapar da família e acabam batendo na porta de sua casa. Monty Hewitt é o encarregado de vigiar a propriedade com uma espingarda quando os demais familiares não estão ou vão comprar tempero para a comida no supermercado. Por fim, Jedidiah Hewitt e Henrietta Hewitt, por serem completos incompetentes que não sabem fazer nada direito, tem a única função de ficar na varanda vigiano a estrada com uma luneta e avisarem quando etsiverem avistando algum carro repleto de adolescentes.

Uma outra curiosa característica de Luda Mae, é seu caráter religioso: mesmo sendo responsável por coordenar a morte de mais de 8 mil pessoas por semana para arrancar-lhes o coração e fazer seu famoso ensopado de coração, ela sempre insiste em agradecer à Deus por mais uma refeição, e ai de quem não o fizer. Tudo isso indica que Luda Mae é uma típica fanática religiosa, que mesmo só fazendo merda, ainda acha que está no caminho da luz.

Por fim, uma de suas mais marcantes características, é o fato de, como todo velho rebugento com um pé na cova, detestar jovens, aolescentes e crianças. Segundo a concepção antiquada de Luda Mae, os jovens são todos um bando de idiotas mal-educados que não sabem respeitar ninguem. Podemos dizer que parte desse ódio deve-se também ao fato de seu filho adotivo Leatherface, antes de se tornar um assassino profissional, ser um alvo constante de bullies, pattys e valentões, por ser, assim como todo assassino Slasher, uma criança virgem, feia e tímida.

Ver tambémEditar


v d e h
BUUUUUZZZZZZZZZZZZZZ!!! O Massacre da Serra Elétrica...