Abrir menu principal

Desciclopédia β

Luz da Chapada

Mazzaropi02.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!



Aviso importante: Se você tem problemas cardíacos ou sofre da bexiga, não leia este artigo; Provavelmente, a Luz da Chapada irá aparecer para você também, ou fazer uma visita na sua região, qualquer dia desses.



Foto da Luz da Chapada fotografada no município de Arcos em Minas Gerais
Foto da Luz da Chapada fotografada entre folhagens em Minas Gerais
Foto da Luz da Chapada fotografada em um bosque de Bom Despacho, Minas Gerais
A verdade sobre a Luz da Chapada.

Cquote1.png Uai sô eu quaise que caguei nas carça quando avistei a Lurze da chapada no breu Cquote2.png
Nerso da Capitinga sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Eu ranquei o tapo do dedo de tanto correr da Lurzi da chapada Cquote2.png
Tião Leite, um tratorista sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Eu fiz foi dismaiá quando vi a Luiise da chapada na minha frenti Cquote2.png
Agricultor jeca tatu sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai só eu mi rasguei todim no arrami farpadu fugindu da Lurse da chapada Cquote2.png
Um Vaqueiro de Arcos sobre Luz da Chapada


A Luz da Chapada era um estranho fenômeno visto na região oeste do Estado de Minas Gerais. Principalmente na região de Moema, Santo Antônio do Monte, Lagoa da Prata, Divinópolis e Bom Despacho. Por coincidência, há até uma cidade da região que tem o nome de Luz.

ApariçõesEditar

Geralmente esta estranha luz era vista vagando pela mata espessa vizinha a estas cidades, durante a sexta hora da noite. Muitos moradores do campo fechavam-se em suas casas com medo da estranha luz.

Relatos de alguns agricultores destas regiões deixaram bem claro as aparições desta misteriosa Luz da Chapada. Antigas lendas de moradores destas regiões relatam que a Luz da Chapada era o espírito de uma antiga dona de bordel da fazenda "boi manso".

Esta estranha luz era vista por tratoristas durante a madrugada, no meio do cerrado, entre as arvores. Os depoimentos destes tratoristas são assustadores e reais.

Depoimentos de tratoristasEditar

Cquote1.png Uai só eu abandonei meu trator no meio do cerrado e fugi num pinote só Cquote2.png
Um tratorista de Arcos sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai eu levei minha espingarda pra atirar na luzer da charpada, acabei foi acertando o dedo do meu pé, e abandonei meu trator tamém Cquote2.png
Um tratorista de Lagoa da Prata sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai sô, eu trombei com o trator em uma cerca quando vi a lurze da chapada. Abandonei meu trator no meio da cerca e fugi correndo! Cquote2.png
Um tratorista de Moema sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai, eu ranquei foi uma cerca com o trator e acelerei pra fugir da luzer da charpada. Cquote2.png
Um tratorista de Santo Antônio do Monte sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai, quando eu vi a luzer da chapada eu sem quere dei marcha ré e derrubei uma cerca e atropelei uma vaca, dai o mardito du tratô atolô no brejo. Daí eu saí currendo branco ingual aum litro de leito, sô! Cquote2.png
Um tratorista de Divinópolis sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai eu caguei nas carças e acabei foi caindo de cima do trator! Mas dei pra fugir da luzer da charpada. Cquote2.png
Um tratoristas de Divinópolis sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai meu trator atolou na lama larguei do desgraçado lá ,fugir correndo da luzer da charpada . Cquote2.png
Um tratoristas de Bom Despacho sobre Luz da Chapada
Cquote1.png Uai meu trator ficou sem petróleo, atolou na lama, furou o pinéu, daí ieu larguei do desgraçado lá, fugir desesperado da luzer da charpada. Cquote2.png
Um tratorista de Luz sobre Luz da Chapada
{{c Óia...vinha ieu divagá no tratô pá mor di ieu vortá pra roça quano vi a luiz... o tratô deu uns baruio isquizito e parô... Num se ovia nem latido de cachorro... a luiz ia pra lá...pra cá...pra lá...pra cá...intão larguei o tratô e corrí qui nem ventania pra casa do Nhô Zeca, qui tamém tinha medo da luiz... (mais um tratorista de Bom Despacho relatando a visão da luz.)

Alguns dizem ser o espírito da "mulher da luz vermelha", outros dizem que a estranha luz são espíritos de antigos escravos. Porém, o fato é que existem muitas pesquisas sobre aparições de UFOs em Minas Gerais. A misteriosa luz assombrava a todos com seu brilho forte entre as árvores, e seus movimentos em linha reta, algumas vezes lentamente, e outras vezes acelerando numa velocidade impressionante.

Artigos relacionadosEditar