Abrir menu principal

Desciclopédia β

Garota hentai.gif TAAARAAAAADO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!


No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: MADA.

MADA (Mulheres que Amam Dar o Anus) (em árabe : جامعة الدول العربية) é um programa de recuperação para mulheres que têm como objetivo primordial se recuperar da dependência de relacionamentos anais destrutivos, aprendendo a se relacionar sexualmente de forma saudável consigo mesma e com os outros.

O grupo foi criado baseado no livro "Mulheres que Amam Dar", de 1985, do autor Robin Hood.

O Robin Hood escreveu o livro depois de fumar um baseado na sua própria casa e se inspirou na experiência de centenas de mulheres envolvidas sexualmente com dependentes químicos. Ele percebeu um padrão de comportamento comum em todas elas e as chamou de "mulheres que amam dar". No final do livro ele sugere como abrir grupos para tratar da doença de amar e sofrer demais.

MADA entrando em ação!!!

No Brasil o primeiro Grupo MADA foi aberto em São Paulo, por uma mulher casada com um Rockstar, que era dependente químico e adorava comer um cuzinho.

O Grupo MADA cresceu e, atualmente temos 500 reuniões semanais no Brasil distribuídas em 72 Estados e o Distrito Federal, e, 01 reunião na colônia de Portugal, em Lisboa(?).

As mulheres do Grupo MADA compartilham com as "recém-chegadas" - significado de participar de uma reunião pela primeira vez. Todas passaram por problemas de relacionamento e compreendem que o KY é indispensável.

O Grupo MADA propõe à mulher recém-chegada que dê ao grupo e dê ao porteiro e dê para todo mundo e até para si mesma uma chance, assistindo a reuniões de 6 (orgia), pelo menos, que serão chamadas de "Primeira Vez", mesmo tendo dúvidas sobre se o grupo é o lugar apropriado para a sua recuperação.

Tem sido comprovado que orgias de seis pessoas é um bom teste para que a recém-chegada possa decidir se existe identificação com a problemática de adicção a pessoas, e, se quer parar de dar o rabo.

Ver tambémEditar

Este esboço tomou um PK de um white. Ajude-o
chamando os blacks para matá-lo!