Abrir menu principal

Desciclopédia β

MC Guimê

Bambu.png MC Guimê é boca suja!

Sem vergonhamm! SEM VERGONHAMM!!

Bambusilvio.JPG


Emblem-sound.svg.png MC Guimê
Guimê-foto frontal.jpg
Reencarnação do Chuck
Nome Guilherme Aparecido Dantas
Origem Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} São Paulo Osasco
Sexo Somente com putas pagas
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Voz e rimas mal-feitas
Gênero Funk ostentação e Rap
Influências Mamonas Assassinas
Nível de Habilidade Icon 00 percent.png
Aparência Feio pra caralho
Plásticas Não fez ainda, mas precisa
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Cuspir no microfone
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Neymar

Cquote1.png Você quis dizer: Idiota Cquote2.png
Google sobre MC Guimê
Cquote1.png Experimente também: Feioso Cquote2.png
Sugestão do Google para MC Guimê
Cquote1.png Babaca¹ Cquote2.png
Emicida sobre MC Guimê.
Cquote1.png Babaca² Cquote2.png
Projota sobre MC Guimê.
Cquote1.png Babaca³ Cquote2.png
Racionais MCs sobre MC Guimê.
Cquote1.png Tá ligado que eu faço uns rap da hora, né mano? Cquote2.png
MC Guimê sobre sua música.
Cquote1.png Meu pau! Cquote2.png
Rapper sobre citação acima.
Cquote1.png Ele é magrelo, mas é feio; então não serve. Cquote2.png
Diretor de modelos sobre MC Guimê.
Cquote1.png Música mal-feita da porra! Cquote2.png
Arnaldo Saccomani sobre "País do Futebol".
Cquote1.png Devolve agora! Cquote2.png
Locadora de carros sobre possantes que Guimê alugou e não devolveu.
Cquote1.png É tudo de latão. Cquote2.png
Qualquer um sobre o "ouro" dos seus videoclipes.
Cquote1.png Você 'tá sozinho nessa, mano... Cquote2.png
Neymar sobre não apoiar mais Guimê.
Cquote1.png Nóis de nave nóis 'tá bem... Cquote2.png
MC Guimê sobre ser astronauta também.

MC Guimê (10 de novembro de 1992) é um filho de fuinha que canta Funk ostentação para o pessoal do estado de São Paulo. É um dos maiores expoentes dessa caganeira musical, faturando altas granas com suas músicas nada humildes.

Índice

BiografiaEditar

Nascido em Osasco no bairro do Óleo na Pista Guilherme Dantas era só mais um moleque comum que queria ser jogador de futebol e dar uma vida melhor para sua família e para si mesmo. Guilherme teve vários empreos para tentar realizar esse sonho, porém nenhum deles deu completamente certo por Guilherme ser mais feio que o Patinho Feio. Para afogar as mágoas ele ia para puteiros e depois de se alimentar das profissionais pensava em um jeito de mudar a vida miserável que tinha. Até que ele entra em um certo site de vídeos e pensa: "Tenho que fazer um filme pornô para ganhar dinheiro." Ele bem que tentou em vários estúdios ser contratado como ator, porém o seu corpo e rosto não condiziam com a de um ator que se preze e foi recusado em todos os estúdios que visitou. Mais triste ainda Guizinho se trancou no quarto e começou a chorar por semanas e semanas e semanas e semanas até suas lágrimas irem-se todas e causá-lhe uma desidratação. Depois de se recuperar Guilherme viu uma luz na lâmpada no fim do túnel.

 
Guimê na praia tentando pegar uma corzinha.

CarreiraEditar

Guilherme viu no YouTube vários artistas de Funk paulista fazerem videoclipes cheios de luxo e mulheres, parecidos com os videoclipes de Rap norte-americano, o que viria a ser conhecido como estilo "Funk ostentação". Ele olhou para um lado, olhou para o outro e pegou (sem avisar) R$ 1300,00 do salário de sua mãe e alugou vários trecos para gravar um videoclipe de Funk ostentação. Com o nome artístico de MC Guimê ele chamou seus primos para gravarem o vídeo, no entanto Guimê não tinha a letra da música e tudo o que conseguiu com dinheiro da mãe foi o aluguel de duas motos tipo Biz (usadas) e um relógio falso. O resultado do vídeo foi o seguinte: Guimê improvisou a letra e deu tudo errado, Guimê tentou pilotar a moto e acabou estabacando no chão, um dos primos de Guimê perdeu o cartão de memória da câmera e eles tiveram que regravar a porra toda. Eles postaram o novo vídeo (que saiu pior que o primeiro) na Internet e acabou ganhando vários comentários zoando o pobre do MC Guimê. Dias depois algo incrível aconteceu...

Na mídiaEditar

 
MC Guimê: um exemplo para a juventude.

O sucesso negativo do vídeo de Guimê fez com que uma produtora paulista quisesse bancar um videoclipe de verdade para o feioso cantor. Um desses primeiros videoclipes seria o da música "Plaquê de Cem" onde Guimê se diverte com dinheiro falso e veículos feitos de plástico. Nas asas da produtora Guimê deitou e rolou com o dinheiro das fãs descerebradas que tumultuavam seus shows e davam likes nos seus videoclipes. Com a fama o MC se aproximou de Neymar e quis ganhar alguns $$ ás custas da Copa do Mundo, criando uma música fuleira que estorou no YouTube porque os parentes de Guimê combinaram de assistir o vídeo vinte vezes por dia. Logo depois da Copa passar Guimê começou a se envolver com Rap, mesmo sem saber rimar direito, e pagou fortunas para rappers renomados o deixarem subir no palco também. Atualmente Guimê está procurando alguma coisa que o faça ficar inteligente.

SucessosEditar

  • Plaquê de 100 - Música feita para enganar imbecis os fazendo pensar que o dinheiro do videoclipe é de verdade.
  • Tá Patrão - Frase que Guimê mais usou na vida:"Vai lavar a privada!" - "Tá patrão..."
  • Na Pista Eu Arraso - Guimê também é um cara fashion e diz que arrasa no salto-alto e nas passarelas.
  • Relaxa - Guimê diz para as pessoas relaxarem que um dia ele bate as botas e livra o mundo de música ruim.
  • Queira Ou Não Queira - Guimê responde que você terá que escutá-lo nas rádios de qualquer jeito.
  • País do Futebol - Uma música para servir de tema para a Copa do Mundo de 2014, mas que não chegou nem perto disso.