Abrir menu principal

Desciclopédia β

MFX Media

(Redirecionado de MFX)
Ptbosta.gif Este artigo NÃO tá uma bostinha.
Ele está mesmo é um SACO MONSTRUOSO DE FEZES DERRETIDAS! Dê a porra da descarga nele urgente!
PQP.gif Este artigo é IMORAL!

Você deve estar achando que este artigo é uma afronta, uma pouca vergonha, uma baixaria... FODA-SE!!! Vai fazer algo que preste e não foda minha paciência!!

Parece delicioso esse sorvete de chocolate né? Seria uma pena se isso não fosse exatamente chocolate...

Cquote1.png Advice: The film includes scat, vomit and piss play... View at your own risk! Cquote2.png
MFX sobre seus filmes... peculiares. Se não entende inglês, foda-se!

MFX Media é o nome de uma produtora pornô comandada por Marco Villanova no Brasil e nos Estados Unidos, também conhecida por outros nomes, como MFX Video, Fachini Media, X-Models Production, Z- Faktor, Lightning Video e principalmente pelo nome completo de "Merda Fodida X-trema".

Basicamente é uma produtora de filmes de pornô bizarro da pior qualidade (para mais detalhes veja o artigo sobre pornografia bizarra aqui mesmo), pois o produtor Marcelo Cross, Marco Villanova, Marco Fiorini, sei lá o nome desse sujeito, tem uns fetiches muito estranhos igual ao Dalto.

Para você ter uma ideia, veja esse filme fabuloso deles...

SurgimentoEditar

Provavelmente, após um dia de rei do produtor, dono, diretor, sei lá que porra é ele. Marco e sua esposa Joelma Brito (que até o nome mudou para Letícia Miller para parecer mais sensual - só que who cares) em 1996 e desde então ele vive mudando o seu nome para evitar que os americanos, onde ele começou a fazer suas empresas-fantasmas em nome da MFX Media, e, claro, muita merda e coprofagia. Literalmente. A MFX além destes filmes com nutrela natural da fonte, tem filmes em parceria com a kink-Thai, empresa do mesmo segmento porem com animais, cavalos, porcos, cachorros, em 2018 a MFX mudou para NewMfx, com faz filmes com garotas de boa aparência e estudantes de medicina da USP, e trans, um dos videos polêmicos chamado shemale scat house. A empresa faz filmes com qualquer um inclusive muitos na cracolândia , de São Paulo e Los Angelescom as SSBBW As atrizes tem todo tipo de doença, em 2009 marcelo foi indiciado e preso nos EUA por pedofilia, pois muitas atrizes quando começou a MFX eram de menor, e filmes de incestos. Mesmo com o FBI atuando contra o trafico de pessoas e a pornografia infantil, A empresa de Marcelo é uma das maiores do mundo atua fortemente na Alemanha e Europa oriental, em pases pobres, como bosnia, Armenia, India. Por estarem em paraísos ciberneticísticos e no japão, onde até 2006 a pedofilia não era crime. Ele é procurado em mais de 120 países. Inclusive o filme mais famoso two girls and 1 cup onde é piada ate no seriado americano Black in the new organge, fez com que pessoas comum com lucidez mental, entrar neste mundo de demência e esquizofrenia

Algumas atrizes como Soraya Carioca, a Angela Lima já atuaram na MFX, que tem o binho como produtor

Exemplos de nomes de filmes (prepare-se para vomitar)Editar

  • 3 Girls in Shitlove (Três Garotas em um Amor Cagado)
  • Adriana Fresan's Scat Pleasure (Prazer de Bosta de Adriana Fresan - e eu que achava essa minha musa quando jovem)
  • Scat Justice (Justiça de Bosta - alguém entendeu a ironia?)
  • Berlin Shit and Vomit Dinner (Jantar de Merda e Vômito em Berlim... urgh)
  • Hungry Bitches (Putas Famintas - esse nem vou comentar porque você já deve ter visto o trailer infame dele por ai...)
  • Delicious Vomit Sessions (Vou parar de traduzir essas porras, favor parem de colocar esses títulos)
  • Ebony Kaviar on Blue Eyes (Sério, podem parar)
  • Drink It Up Then Puke (PÁRA COM ESSA MERDA!)
  • Latifa: The Hotgirl (Eu tou saindo, tchaaaaaau)
  • Pissing and Scatting in Public (BLLLLLLLLLUUUUUUUUERRRRRRRRRRGH!!!)

Veja também. Pensando bem, não veja essa porra!Editar