Abrir menu principal

Desciclopédia β

Repoblikan'i Lêmur Madagasikara
Engasgada Republic
Zoológico de Madagascar
Bandeira de Madagascar
Brasão de Armas de Madagascar
Bandeira Brasão
Lema: Eu me remexo muito
Hino nacional: Madagascar - por Axl Rose

Localização de Zoológico de Madagascar

Capital Antananarivo
Cidade mais populosa Fivondronampokontany
Religião oficial Macumba
Governo Anarquia
 - Rei dos Lêmures Loucos Julian XIII
Heróis Nacionais Cunamao
Área  
 - Total vários hectares de zoológico km² 
 - Água (%) bastante
Analfabetismo 100 
População /dʒɛnˈdɑrməriː/, or /ˌʒɑndɑrməˈriː/ 
PIB per Capita 97 
IDH
Moeda pimenta
Fuso horário ???
Clima chuvoso de pantanal
Website governamental http://desciclo.pedia.ws/index.php?title=Madagascar&action=edit


Cquote1.png Você quis dizer: Goma de Mascar Cquote2.png
Google sobre Madagascar
Cquote1.png Seria melhor ter ido ver o filme do Pelé Cquote2.png
Chaves sobre Madagascar
Cquote1.png Sorriam e acenem rapazes, Sorriam e acenem Cquote2.png
pinguim sobre Madagascar
Cquote1.png As foosas! As foosas! Cquote2.png
Outro lêmur sobre Madagascar
Cquote1.png Ilha, ilha do amor, Madagascar, Ilha, ilha do amor, Madagascar... Cquote2.png
Banda Reflexus
Cquote1.png Chinese Democracy vai sair este ano, junto com a música Madagascar Cquote2.png
Axl Rose

Madagascar (do inglês, made a gás car, feito de carro movido a gás) é um país da África localizado a parte do continente numa ilha selvagem e abandonada pela humanidade.

Índice

HistóriaEditar

NativosEditar

Os nativos de Madagascar são uma pacata civilização de lêmures malaio-polinésios que chegaram na ilha por volta do século V. Só posteriormente que chegaram os repórteres do National Geographic.

Colonização francesaEditar

O primeiro europeu a chegar na ilha foi o general Gallieni em 1896, que deu o nome de Îles du Pont de Levallois-Bécon - Gallieni (posteriormente Madagascar). Começaram a plantar bananas e construir ferrovias sem pedir permissão para os austronésios que ali viviam. E durante 64 anos nada de interessante aconteceu, lá não tem muito o que se fazer.

IndependênciaEditar

 
Povo de Madagascar conhecido por sua hospitalidade.

Em 1960 ocorre a Revolução Lemúrica que proclama a independência de Madagascar e a criação do continente Lemúria. Mas depois que o governo francês foi deposto os malgaxes se encontraram num dilema, não sabiam quem colocar no poder. Foi então que decidiram organizar um torneio nacional de palitinho, cujo campeão tornar-se-ia o primeiro presidente do país, e ganha Philibert Tsiranana.

DitaduraEditar

Mas em 1975 um golpe militar depõe Tsiranana e assume o poder o Rei Julien Didier Ratsiraka cujo carisma o reelegeria, em teoria, para sempre.

Foi nessa época que Axl Rose, fã de cheiramento de lêmures, compôs o hino de Madagascar e despertou fortes sentimentos nacionalistas entre os lêmures.

Fatos recentesEditar

Após o sucesso do filme Madagascar, o país Madagascar ficou em maior evidência, o Rei Julien sofreu duro golpe em 2001 quando a Assembleia de Magascar aprova lei em que o presidente de Madagascar será aquele que possuir o maior número de vogais "A" em seu nome. Julien até tentou forjar as eleições de 2001, mas como não teve lições com Idi Amin e Robert Mugabe, Julien teve a falcatrua desmascarada e fugiu do país para um zoológico nos Estados Unidos.

O então novo presidente Marc Ravalomanana (pronuncia-se "Raaavaaalomaaanaaanaaa") começou um governo de enfrentamento contra as potências européias, vendeu metade de Madagascar para Coreia do Sul e a outra metade para a Jamaica, além de passar a contratar treinadores da Al-Qaeda para treinar lêmures a roubar salgadinhos em postos de gasolina.

EconomiaEditar

Baseada em cheiramento de gatinhos e bananas, não é lá uma economia muito próspera, mas seus habitantes vivem felizes. Bom, pelo menos enquanto as foosas não estão devorando os lêmures.

GeografiaEditar

Madagascar é um país que se localiza na África, cuja população principal é de lêmures, foosas, entre outros bichinhos animados que nem daquele filme. Possivelmente também existam canibais no lugar, mas ninguém quer arriscar a pele pra descobrir.

SubdivisõesEditar


PolíticaEditar

 
Primeiro ministro de Madagascar pensativo e preocupado sobre as políticas bananísticas do seu país.

Madagascar é governada por Julian XIII (rei dos lêmures loucos), por suíças ninfomaníacas, e protegida por aquele leão pancada que sonha com filés que suborna o rei para defender seu reino (está parte foi cortada do filme, mas você pode encontrá-la num Easter Egg), que, depois de receber propina, vai embora para a África, visitar sua família, que tinham vendido perdido ele para caçadores.

Mas isso é só por cima dos panos. O submundo de Madagascar é controlado por um líder de sobretudo preto e mão-de-ferro, com sua seita mafiosa e sua rede global de servos posicionados para a dominação completa. O nome dessa corja terrível é: Máfia dos Pinguins, e seu temível líder é Tux Openzzourcci, o Implacável

PopulaçãoEditar