Magenta

Magenta, ou fúscia.

Magenta, também conhecido como fúcsia (difícil pra porra de escrever) é mais uma entre outras milhões de cores somente perceptíveis pelas mulheres e suas visões "ultra-poderosas" capazes de encontrar cravos nanoscópicos na cara dos conges e de diferenciar o preto do amarelo, algo que nenhum homem conseguiria fazer (meu Deus, que poder!). Essa cor está mais para um rosa misturado com roxo, com um toque final de lilás, e depois nomeada com um nome sabe lá Deus como surgiu e porque acharam uma boa colocar tal nome, mas ao menos dá para diferenciá-la das demais cores. É também a cor oposta ao verde nos sistemas RGB e CMYK, como é possível perceber na tabela no final do artigo (ou não). Ela faz parte do grupo das cores esnobes, que só gente rica fala, como ciano, púrpura, vinho de 2000 reais, etc...

HistóriaEditar

Era uma vez um jovem que tinha como serviço o simples ato de pintar as paredes das casas dos outros. Ele e mais um amigo estavam de férias e queriam fazer algo totalmente excelente diferente, que poderia ser uma balada, ir para Disney, usar drogas, visitar o Irã, usar drogas, trepar num pula-pula, escalar uma montanha ou usar drogas. Em um dia bem feio, até porque não é todo dia que dá pra chamar de "belo dia", eles decidiram ir numa parada gay, que não é uma lésbica paralisada ou que fica parada a hora toda, é só o inferno na Terra, só que colorido...

Nesse reduto erótico e horripilante de aberrações que nem a mente doentia de Van Gogh era capaz de reproduzir, eles viram muitas, mas muitas cores coloridas que eles nunca tinham visto antes, até porque eles eram cegos, mas se curaram magicamente no dia anterior. Por conta desse pequeno probleminha, eles sempre queriam saber os nomes das cores, por isso, perguntaram para todo tipo de criatura que aparecia na frente deles, já que as que apareciam por trás eles mandavam tomar no cu (e elas iam). Ao se deparar com uma cor forte, porém delicada, eles perguntaram a uma traveca de 1,90 de altura, dentuça, vestida com o maiô do Borat e comedora de homem casado qual era o nome daquela cor (finge que você não sabe qual é a cor a qual estou me referindo) tão fascinante, então a "delicada dama" disse:   Não sei  , o que levou a dupla a perguntar se poderiam nomeá-la. Ele Ela disse   Sim, gatinho  , eles ficaram felizes e batizaram a cor de Amaral magenta.

A partir daí, começaria a mais grande saga de câncer magenta (ou fúcsia) em seu maior esplendedor, entretanto, neste começo, magenta sempre ficou na sombra de cores mais renomadas, como roxo, rosa, violeta... Tá beleza, ela ficou mesmo é na sombra das cores que os homens sabem diferenciar, tipo marrom e verde, mas não marrom DO verde, enquanto que para as mulheres, não foi tanto assim... Bem, sempre foi mais comum ouvir falar no roxo do que no magenta porque a humanidade não sabe sobre o seu potencial, que pra falar a verdade nem eu sei... E até porque o hematoma não se chama magenta, nem fica fúcsia, e sim roxo, "roxo" esse que quem chama pêssego de "cor-de-abobra" causa na cara de quem chama vermelho de escarlate...

Mas a sua história completa não começou no século XXI, e sim na Idade Média, quando era comum os reis cagarem no fosso passarem pelo ritual do pão magenta. Nesse ritual, o rei deveria comer um pão de cor (adivinha?) magenta, pois de acordo com as lendárias escrituras, que os reis não sabiam ler, então chamavam algum bardo vagabundo para recitá-las, o pão magenta é um alimento mofado sagrado, que os deuses jogaram fora deram de presente para ser apreciado por fungos patogênicos, sem hesitar. Hoje em dia, esse ritual não existe mais, desde que a Anvisa uma princesa da Dinamarca teve um ataque alérgico e foi parar no hospital por 5 minutos, algo inadmissível para a realeza: imagina só, se juntar a reles mortais como nós, para ESPERAR tratamento médico...

Na naturezaEditar

 
Pink Robin, mas este é Magenta Robin.

A cor magenta não é muito comum na fauna (ou sim). Mesmo assim, ela está presente naqueles sapos venenosos da Amazônia. Isso porque, na natureza, quando um animal é venenoso, ele normalmente tem cores muito intensas e vibrantes para chamar a atenção, aí os animais não chegam perto dele, muito menos comem, só ficam olhando, por outro lado, isso não ajuda na camuflagem, e por outro outro lado, sempre terá um ser humano imbecil descuidado que largou seu precioso bebê catarrento perto de um desses bichos, e como toda criança que vê coisa colorida e estranha (por isso que Felipe Neto faz sucesso), ela vai querer tocar no bicho, aí ela morre e aí já era...

Não são só os sapos que têm a cor magenta em seu corpo, as pererecas também um animal muito estranho e engraçado, o axolote, não é todo magenta, seu corpo é quase todo rosa, porém sua brânquias são sim magenta... ou será que não? Eu sou um homem (pelo menos eu acho que sou) e tenho certeza que uma mulher irá rir da minha cara por estar falando isso. Se brincar, nada do que foi citado até agora é de fato magenta, quem saiba magenta seja uma ilusão do nosso cérebro... Ou seria efeito do veneno daquele sapo magenta no meu organismo de ex-bebê resistente a mortes estúpidas e estou tendo devaneios mentais psicopáticos... O Petroica rodinogaster, que em inglês se chama Pink Robin, é um pássaro meio preto e meio magenta, mesmo que seu nome diga que é assistente do Batman meio rosa, e é mais um exemplo de animal magenta, por mais que alguns sejam realmente mais rosas que magenta. A parte magenta de seu corpo se situa na barriga, imagine você ter uma barriga magenta... Ah, obviamente ele é venenoso, digo, da Austrália, tinha que ser né...

Por outro lado (e talvez no outro) é comum na natureza das flores ter a cor magenta. O problema dessas flores super coloridas é que suas cores são tão fortes, mas tão fortes, que podem cegar uma pessoa se ela ficar olhando por muito tempo, por isso, é bastante recomendado usar óculos escuros na hora de ficar brincando de encarar uma flor magenta. À propósito, seus olhos devem estar pegando fogo, bicho, de tanto olhar para um texto magenta rosa choque. Algumas flores e plantas que podemos citar que tem a tonalidade magenta são a orquídea (nada de interessante que possamos acrescentar sobre ela), o ipê, uma árvore bem gay colorida que rende mais e gasta menos, além de variar suas cores, que podem ser neutra o amarelo, o limão verde, como a maioria das árvores, o roxo e o magenta, claro. Também temos... na verdade nós não, quem tem é o Japão: as cerejeiras, que homenageiam crianças retardadas que caçam cartas ou se tornam personagens inúteis.

Na sociedade humanaEditar

 
Coisa aleatória magenta...

A cor magenta na sociedade humana é praticamente ignorada pelos homens (já deu para ver que essa piada de homem que não enxerga cores está enchendo o saco bastante presente neste artigo) porque boa parte de suas aparições são em produtos de mulheres. Ao pesquisar a palavra magenta (e principalmente fúcsia) no Chrome, no Firefox, ou em qualquer outro browser, já já começam a aparecer bolo de vestido, tecidos e até cabelos tingidos de magenta (se bem que esse último não é mais tão incomum, graças às feministas). Nisso, podemos chegar na conclusão que, de fato, mulheres e magenta tem um convívio muito próximo. No caso das roupas, é muito comum ver mulheres indianas com seus vestidos fúcsia típicos, que mais parecem um tapete enrolado no corpo, e quanto às tintas de cabelo, as mais usadas são com certeza roxo, violeta e magenta.

Falando em pintar o cabelo e em animais, a cor magenta também está presente no cabelo do Felipe Neto, ou pelo menos estava, já que qualquer cor está presente no cabelo desse youtuber, até aquelas tosqueiras de vinho e pêssego citadas antes. E também, depois de fazer sucesso no Neto, outros youtubers também começaram a pintar o cabelo de magenta, como é o caso (ou era) da youtuber Karen Bachini, que você nunca ouviu falar, mas o importante, ou não, é que ela já pintou o cabelo de magenta... ou seria violeta? Ah, sei lá! Eu nem vou tocar no assunto do Minguado, já que o cabelo dele era ciano e tocar nele é mais venenoso que tocar num sapo magenta.

 
Mega "Magenta" Man armado com um Fucsia Buster.

Saindo da área dos youtubers e seus mundinhos de drogas, minecraft e clickbait, também existe o caso da bandeira do orgulho bissexual. Sim, ela realmente existe já não bastasse a outra.... Ela é constituída pelas cores magenta, óbvio, púrpura (olha ela voltando) e azul, que o pessoal (fonte: Águas de Lindoia) chama de azul lavanda, mesmo sendo tão escuro quanto azul marinho. O magenta vem logo de primeira, logo em baixo vem a listra púrpura (roxo meio claro) que é a menor delas na bandeira e por último a azul "lavanda". Nessa bandeira, a cor magenta representa a atração de um ser vivo pelo outro de seu mesmo sexo, já as outras não importa porque não estamos falando delas nesse artigo...

Magenta também está presente na cultura pop, nos jogos e nos filmes. No caso dos jogos, apareceu em vários jogos de Mega Man para o Nintendinho, que assim como os homens, também se confundia no entroncamento enroscado de confundir rosa com lilás e deixava tudo magenta, ou o contrário, representando habilidades com armas brancas do extremo oriente, como shurikens e bumerangues, ou que controlavam o espaço-tempo, com direito a ondas gravitacionais e o caralho a quatro. Também apareceu no jogo quadradão cheio de picas retas chamado Minecraft, como corante para tingir lãs e "armaduras" de couro, podendo ser obtida assim que o jogador desmatar as hortênsias (ou seriam violetas?) ou fazendo a junção dos corantes rosa e lilás, além de vários outros meios. Já na cultura pop, é possível encontrar a cor nos álbuns e roupas da Lady GaGa, bem como naquele festival maravilhoso citado vários parágrafos atrás, a Parada Gay. Quanto aos filmes, existem mais de um bilhão de personagens magentas ou aproximados, tipo o rosa, entre eles estão Ramona Flowers (quando não está azul ou laranja) de Scott Pilgrim, livro para aborrecentes que destruiu uma geração inteira de jovens, Stephanie, a única criança absurdamente chata que não é um boneco escroto do programa para crianças também escroto Lazy Town, e por aí vai...

TonsEditar

Nome oficial Amostra Nome bichal RGB CMYK HSV
Magenta #FF00FF
255
0
255
0
100
0
0
300
100
100
Magenta escuro #8B008B
139
0
139
0
100
0
45
300
100
55
Índigo #4B0082
75
0
130
42
100
0
49
275
100
51


  Cores Coloridas

Preto - Cinza - Cinquenta tons de cinza - Prateado - Incolor - Branco
Vermelho - Marrom - Roxo - Magenta - Rosa - Verde - Amarelo esverdeado
Amarelo - Dourado - Laranja - Azul bebê - Azul - Cor de burro quando foge