Abrir menu principal

Desciclopédia β

Malé

Malé é a capital das Maldivas e única capital flutuante do mundo. O seu nome vem de ralé, designação da família árabe que habitou o local no século V a.C. Mas se você acha que Malé rima com balé se fudeu, porque graças às escrotices da língua dhivehi, o nome da cidade se pronuncia mahamaha-alayu (tudo haver).

Índice

HistóriaEditar

 
Malé, um apinhado de gente no Oceano Índico.

Malé tem suas origens incertas... ... ...Afinal quem em sã consciência quer saber de Malé? Ou mesmo pesquisar sobre isso na Desciclopédia? Tem que estar muito doidão e ser muito nerd para isso mesmo. Sabe-se que uns árabes caíram ali de para-quedas quando confundiram a ilha com Comores e ficaram. Até passaram uns britânicos e portugueses, mas nada de mais (não dava para plantar cana-de-açúcar mesmo.

Atualmente é uma cidade curiosa, o povo maleense é conhecido por sua criatividade e inventividade. A água é 100% do mar é Dessalinizada através da calefação do sal, a energia eólica de moinhos feitos de folhas de bananeira plugados em baterias de batata geram a eletricidade da cidade, a parte mais genial da estrutura de Malé é o seu esgoto onde uma série de tubulações interligando todas as privadas da cidade aproveita os dejetos para criar mais terreno para Malé que está situada numa ilhotazinha de nada, e com um pouquinho de areia importada do Saara ninguém jamais perceberá que está acima de cocozinhos, o Aeroporto Internacional de Malé foi construído assim, ele até parece que vai afundar a qualquer momento, mas é graça a esse aproveitamento que Malé está imune à elevação do nível dos oceanos em decorrência do aquecimento global, já construíram diversas barreiras e diques de cocô preservando a cidade.

EconomiaEditar

Coco!! 100%

PopulaçãoEditar

 
O genial aeroporto da cidade construído sobre uma ilha artificial construída através de anos com os componentes sólidos da população maleense.

Malé é considerada a cidade mais densamente povoada do mundo, 80.000 pessoas num espaço do tamanho do meu quintal. Todos comendo coco e aproveitando o cocô.

GeografiaEditar

Malé está no sul do Atol do Cafu (e daí?) boiando, é constantemente atingida por tsunamis uma vez que a altitude máxima da cidade é de 50 centímetros acima do nível do mar (sem contar os coqueiros).

O clima predominante são as monções, que permitem chuvas torrenciais todos os dias.