Abrir menu principal

Desciclopédia β

Manganês
Pedaço de manganês.jpg
Ser humano sem saber o que fazer com um manganês
Símbolo, número Mn, 25
Série metal que é metal
Principal isótopo 55Mn
Propriedades atômicas
Massa atômica Um tanto aí
Dureza Nem tão duro assim
Nível de radioatividade Nula
Nível de toxicidade Média
Propriedades físicas
Comestível? Não
Inalável? Só não exagerar
Posso passar na pele? Sim
Onde encontrar Planeta Terra
ponto de fudição 1245,85ºC
ponto de rebuliço 2060,85ºC
Coisas de quadrinhos
Probabilidade de te transformar num super-herói Não



Manganês é um elemento químico que é um metal que é metal mesmo, constantemente confundido com seu irmão magnésio que por sua vez é apenas um metal duvidoso, mas também, quem foi o gênio que deu nomes tão similares a esses elementos? O manganês recebeu esse nome por ser um dos elementos encontrados na manga.

O manganês é a esposa infiel do ferro, sendo constantemente fodida misturado com outros metais e oxidado. Apesar de ser o terceiro metal mais abundante do Planeta Terra não está entre os elementos mais conhecidos, uma vez que não é tão simples produzir venenos contra ratos usando manganês.

O manganês é um quase-ferro, por 1 próton e 1 elétron, é menos famoso, mas também é um quase-cromo, pois 1 próton e 1 elétron a menos fadaria o elemento a ser o número 24 da tabela. É extraído em tudo quanto é canto do mundo, mas ninguém se importa com essa inutilidade.

Índice

CaracterísticasEditar

O manganês é um metal duro, frágil, facilmente oxidável, mulher do ferro e não muito valorizado, uma vez que pode ser encontrado em qualquer lugar.

Responsável pela coloração roxa prateada, por isso um conjunto de átomos felizes de manganês é responsável pela formação da ametista.

Papel biológicoEditar

O manganês presente nos alimentos é essencial para o corpo humano. É responsável pelas trocas enzimáticas do intestino delgado, fígado, baço e plexo lumbar, por isso é necessário uma alimentação com manganês, ou seja, wafers de nozes.

Todavia, em excesso o manganês é extremamente tóxico, afetando o sistema nervoso fritando neurônios para sempre, ou seja, é como o crack e te deixa burro pra caralho, então não exagere nops wafers de nozes.

Não é apenas útil aos mamíferos, o manganês também é essencial na biologia para manter formas de vidas como algas vermelhas, e mafagafos.

HistóriaEditar

 
Alimento rico em manganês.

O manganês é um dos componentes das pinturas rupestres, aquele povo desenhava boneco-palito e nem sabia da existência do manganês, mas usavam é isso para fazer aquela porcaria que qualquer criança paralítica é capaz de fazer, e ainda tinham coragem de chamar de "arte", mas enfim, era manganês. Os egípcios e romanos também já usavam o manganês para colorir e descolorir vidros vandalizados pelos vândalos, um povo rival que não gostava de manganês por causa disso.

Outro antigo registro sobre o manganês é a existência de antigas minas do minério em Esparta. O metal era utilizado no armamento dos espartanos o que justifica a dureza e durabilidade de suas espadas e dildos.

Todavia, foi somente no século XVIII que o manganês foi descoberto como elemento químico, uma descoberta realizada por orcs que buscavam uma nova tecnologia para temperar seus armamentos durante a Grande Guerra Escandinava Élfica-Orc. A partir de então, o manganês passou a ser largamente utilizado na Metalurgia.

AplicaçõesEditar

O manganês é amplamente utilizado na fabricação de aço. Encontrado em qualquer pedreira é uma das pedidas certas para fazer número nas várias ligas de ferro. O ferromanganês é uma das ligas mais utilizadas, mas ninguém conhece porque sempre chamam de "aço".

Outro uso do manganês ocorre na descoloração de vidros, aquele tom esverdeado de velho dos vidros é causado pela presença de ferro. O manganês que gosta de se acoplar com o ferro, o seu marido, é ideal para essa limpeza.

O manganês também é um dos componentes das pilhas alcalinas, Gelol, batom e pomadas contra espinhas, sendo responsável pelas propriedades tóxicas desses produtos.