Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mario Teaches Typing

Virtualgame.jpg Mario Teaches Typing é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Shang Tsung está roubando a alma de alguém.

Cvania-nes phantombat fly.gif
Mario Teaches Typing é da época da Velha Guarda dos Games

provavelmente foi um dos motivos para a crise de 1983


Mario Tits Touching
Mario Teaches Typing.jpg

Super Mario tentando dominar as mentes das crianças por meio da digitação

Informações
Desenvolvedor Interpray/Nãointendo
Publicador
Ano 1995
Gênero educativo idiota
Plataformas MS-DOS, Windows 95 e Macintosh
Avaliação -100%
Idade para jogar Proibido para menores de 3 anos (causa enlouquecimento precoce)

Cquote1.png I'm-a bet you can't-a do this! Wheeeeeeeee! Ahahaaha! Cquote2.png
Mario, rindo da sua cara

Mario Teaches Typing (Mario Tits Typing no Japão) é o mais popular dos impopulares jogos do Mario que foram lançados. É um jogo idiota educativo em que você aprende a digitar, tornando-se um nerd desde pequeno.

JogabilidadeEditar

 
Tela inicial do jogo. Mario ficou tão viciado nesse troço escroto que coube a Luigi a tarefa de comer a Peach atrás do armário

Nesse jogo sensacionalmente ruim, você pode escolher entre Mario, Luigi e Peach como seu professor de idiotalogia. Existem quatro jogos (se é que podem ser chamados assim) de digitação no total, onde o infeliz jogador deve ficar apertando teclas do teclado até que seus dedos sangrem, para depois da fase se ver o total de erros cometidos (certeza que eram mais de 100) e avançar para o próximo estágio.

Percorra mundos ensolarados, nublados e chuvosos para se aprender a datilografia da maneira mais retardada possível, quebrando blocos e comendo tortuguitas de chocolate.

E se você for uma criança babaca que ainda acha que os bebês vêm da cegonha, pode imprimir um certificado desenhado a lápis de cera com a qual você pode ficar se gabando para os seus amiguinhos dizendo que já sabe digitar, mas que vai parar no triturador depois de uns 10 anos.

História do jogoEditar

Na verdade essa história é da sequência Mario Teaches Typing 2, mas é tudo farinha do mesmo saco:

Mario e Luigi estavam indo para o Castelo do Bowser para jogar uma rodada de truco valendo o toba quando de repente aparece uma máquina de escrever do capeta na frente deles. Para sua surpresa, a máquina começa a digitar sozinha (talvez querendo chamar a atenção, porque ninguém mais usa máquina de escrever). Quando Mario tira o papel do aparelho, lê o seguinte:

O trambolho de escrever mágico é a única maneira para vencer Bowser na aposta do truco. Você deve digitar as palavras mágicas deste pedaço de papel higiênico usado para criar um vírus que irá destruir os computadores do Castelo do Bowser. Mas atenção: se você for burro e digitar tudo errado, esse trambolho se autodestruirá e você perderá a aposta, tendo que chamar a ambulância.

Mario começa a digitar, porém ele consegue o mais difícil e erra tudo, e a máquina explode em pedaços, que saem voando justamente para os lugares mais escrotos possíveis. Mario e Luigi decidem então recuperar as peças da máquina e consertá-la com o selo de qualidade de Ciro Bottini para que Mario deixe de ser uma anta e digite melhor para não tomar na bunda.

Contudo o desafio mais difícil é suportar a trilha sonora desse jogo, que foi composta pelos Mamonas Assassinas. Boa sorte!