Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mark Chapman

Jason voorhees.jpg Este artigo é sobre um(a) ASSASSINO!

Este(a) louco(a) sadomasoquista provavelmente esquarteja suas vítimas, sofre de problemas mentais ou foi violentado(a) pelos pais. Se vandalizar o artigo, Freddy Krueger irá lhe fazer uma visitinha de noite!


Markonha Chapadman é o maior fã dos Beatles e especialmente de John Lennon. Nas horas vagas, também trabalha como prisioneiro, fanático religioso e rolha de poço, conseguindo deixar seu nome na história e sendo lembrando pelas pessoas como ter morto "um dos maiores filhos da puta" que já existiram.

Índice

BiografiaEditar

 
Mark Chapman durante sua campanha para senador. Tivemos que usar 1/10 da foto devido a obesidade mórbida desse assassino retardado mental.

Na infância, Mark Chapman era mais um desses gordos suados comedores de batata frita que sofriam bullying na escola por sua aparência mórbida. Desde a infância, sempre foi feio pra caralho e era alvo de gozações de seus colegas de escola dizendo que ele se parecia com o Nhonho e outras coisas horríveis nessa fase.

Para piorar a situação, ficou mais míope que um Juiz de futebol e teve que usar um óculos com fundo de garrafa, que o deixava parecendo uma formiga gigante. Nenhuma garota queria namorar com ele e nem seus pais gostavam daquela coisa.

Chapman praticamente teria o destino de qualquer nerd: após o fracasso de uma vida social, provavelmente compensaria seu tempo estudando e se tornando um ser super dotado (não é o que vocês estão pensando, retardados) mais inteligente que o Einstein. Porém, Chapman pegou o caminho contrário. Era mais burro do que uma porta, repetiu a 1ª série umas 9 vezes e nunca concluiu o ensino fundamental.

Assim, essa patética criatura resolveu se matar tentando chupar o próprio peru, mas até nisso fracassou (infelizmente) e numa tarde de 1963, o pequeno Chapado ouvia o quarteto mais famoso de Liverpool formado por Paulo Macaco, Jorge Arílson, Bingo Strela e aquele que seria o seu maior ídolo: João Limão.

A princípio, Chapman se apaixonou por todos os 4 Beatles, pois suas canções conquistaram seu coração e libertaram uma gazela que estava presa no corpo dele. Descobrindo sua verdadeira orientação sexual, Mark Chapman tentou inúmeras vezes liberar seu cu para os Beatles, mas sempre era impedido pelos seguranças. Dos quatro Beatles, Chapman era apaixonado por John Lennon (que apesar de gostar de mulheres e de japonesas horrorosas, também curtia dar uns pegas em Brian Epstein) embora achasse Paul McCartney um gatinho e que George Harrison desse pro gasto, rejeitando sem dó o pobre Ringo Starr.

A obsessão de Chapman pelos Beatles crescia de acordo com a carreira dos meninos, deles passando da fase mela-calcinhas, indo para a fase espiritual, passando para a fase das paradas ilegais, até chegar a fase em que ninguém mais suportava o John com a Yoko. Chapman acabou ficando bem "Chapman" durante essa fase e isso se mostraria algo bem desastroso para seu ídolo John Lennon.

Com o fim da banda, parecia que "o sonho acabou", mas todos os quatro continuaram fazendo sucesso solo (o que beneficiou principalmente Harrison e Starr que viviam ofuscados por causa da parceria "Lennon / McCartnney"). O maior amor de Chapman, John Lennon, era (e continua sendo, ironicamente para o desgosto do Paul) o mais famoso dos quatro (seja antes ou depois da separação, ou até mesmo depois de sua morte).

Mas Chapman era um fanático religioso daqueles que enxergam o demônio em tudo. E Lennon dizia que os Beatles eram mais famosos que Jesus, que não existia céu, nem inferno e que só acreditava nele mesmo e em Yoko. A partir daí, a coisa mudou de figura. Não por ele ser ateu, pois foda-se em que ele acreditava. Mas era inadmissível para Chapman, Lennon enxergar uma japa tão feia como a Yoko como uma deusa. Logo, as declarações de Lennon teriam sérias consequências.

O Assassinato de John LennonEditar

 
  Vou assinar essa porra aqui pra esse gordo nojento desgraçado filho duma égua me deixar em paz.   John Lennon em um encontro de "matar" com Mark Chapadoman.

Chapman, nos últimos anos, ficou obcecado por John Lennon, tanto que queria se tornar John Lennon. Em sua mente, para se tornar John Lennon, ele mesmo teve que matar o verdadeiro John Lennon. Chapman afirma que dançou em torno de seu quarto de hotel nu fazendo um ritual satânico para obter a força para matar Lennon.

Em 8 de dezembro de 1980, Lennon estava fora de sua casa em Nova York quando Chapman pediu seu autógrafo. Lennon concordou e até pediu o autógrafo de Chapman em troca. Isso continuou por vários minutos enquanto os dois homens trocavam livros assinados, esboços e capas de álbuns. A partir desse momento, Chapman perdoou todo o ateismo de Lennon e estava prestes a lhe pedir um beijo na boca. No entanto, Chapman foi interrompido quando Lennon disse que tinha um encontro com Yoko para ficar nu numa capa bizarra e saiu em sua limusine. Isso enfureceu Chapman, que finalmente resolveu tomar uma atitude final.

Mais tarde naquele dia, Lennon voltou de um salão de bronzeamento e saiu de sua limusine com sua esposa, Yoko Ono. Chapman então gritou: "Dê uma chance à paz, Sr. Lennon?" e John se virou, viu Chapman, sorriu amigavelmente e se preparou para assinar as coisas novamente. Chapman o surpreendeu tirando sua pistola calibre 38 e disparou cinco tiros contra Lennon. Esquivando-se das balas, Lennon as segurou com apenas uma mão e depois de se livrar da arma, lançou as balas em Chapman. As balas não conseguiram atravessar a gordura da pança nojenta de Chapman e voltaram, ferindo vários espectadores. Ambos os homens, de alguma forma, sentiram a falta de Yoko, embora os dois tenham atirado várias vezes nela. O tiroteio, logo, atraiu uma multidão de espectadores que apostaram na ação e aplaudiram os participantes. Por fim, Chapman subiu em uma árvore, Lennon subiu atrás dele e uma furiosa briga aconteceu. Durante a luta, Chapman escorregou devido à sua banha de porco e caiu sobre Lennon, com os dois despencando da árvore.

Chapman acabou asfixiando Lennon com sua gordura. Prestes a morrer e olhando para Chapman, Lennon disse suas últimas palavras: "Hey Buldog! Nós terminaremos isso no inferno!", e morreu pacificamente.

Outras tentativas de assassinatoEditar

Chapman evitou a captura policial e tentou assassinar Paul McCartney, mas descobriu que Paul já havia morrido há alguns anos (Ver "A Day in the Life"). Então, ele trocou de marcha e tentou matar George Harrison, mas George foi treinado na arte marcial de Hare Krishna e noucauteou totalmente a bunda de Chapman, apesar de ser conhecido como o mais "quieto" dos Beatles.

Chapman, sendo o enorme monte de banha que era, decidiu se sentar do lado de fora da casa de Harrison, ler um livro incrível chamado "O Pequeno Príncipe" e esperar para ser preso. Infelizmente, ninguém deu a mínima para ele. Então, depois de ir embora e decidir não tentar matar Ringo Starr (pois seria um desperdício de munição) ele enfim, resolveu se entregar e foi preso pelo Batman.

PrisãoEditar

Chapman atualmente vive condenado à prisão perpétua no Asilo Arkham, sendo torturado no ânus pelo Coringa que era fã do John Lennon. De vez em quando, Chapman vira a mulherzinha daqueles maníacos homicidas. Já tentou mais de oito mil vezes uma liberdade condicional, mas sempre foi negada, pois Lennon era um ícone mundial enquanto Chapman é apenas um retardado mental em busca de fama. Agora, Chapman viverá pelo resto de sua vida nojenta, sozinho, deprimido e orando para que Jesus algum dia perdoe a ele e também a Lennon (por ser mais popular do que Cristo).

Apesar de 90% do mundo ter pedido uma pena de morte para Chapman, 10% do pastor Marco Feliciano, no entanto, não criticam tal atitude e ainda dizem que cada tiro que John recebeu foi dado pelo Pai, Filho e Espírito Santo. Uma ironia, já que foi Lennon quem criou "Happy Xmas (War Is Over)" talvez a maior música de natal já conhecida, mas explicar isso para um crente do cu quente igual o Mark Chapman é perda de tempo.

Também há quem diga que Chapman inventou essa história, pois na verdade era um agente do FBI disfarçado para matar Lennon por causa de seus protestos anti-guerra. Pode até ter um fundo de verdade, já que os americanos não pensam duas vezes antes de declararem qualquer guerra ou invadirem outros países, sendo insanos o suficiente para promoverem destruição com suas armas mortíferas: ver Hiroshima e Nagasaki.

Moral da históriaEditar

Nunca ande sem seguranças. FIM!

Ver tambémEditar


  Mark Chapman é obeso(a), ou está "acima do peso"

E pode ter um AVC a qualquer momento.

Clique aqui para conhecer outros elefantes, se ainda sobrar espaço...

Adélio Bispo de Oliveira - Aileen Wuornos - Al Capone - Albert DeSalvo - Albert Fish - Alexander Pitchuchkin - Alexandre Nardoni - Alimzhan Tokhtakhounov - Anders Behring Breivik - Andrei Chikatilo - António Luís Costa - Assassino da Lista do Horóscopo Chinês - Bandido da Luz Vermelha - Bebê paquistanês de 9 meses acusado de tentativa de homicídio - Brenda Ann Spencer - Bruno Goleiro - Carlos, o Chacal - Charles Manson - Chico Picadinho - Cho Seung-Hui - Christopher Paul Neil - Cleveland Torso Murderer - Cortabunda - Daniel Barbosa - Dawood Ibrahim - Dennis Rader - Dylan Klebold - Dylann Roof - Ed Gein - El Chapo - Elias Maluco - Emílio Eduardo da Rocha Devesa - Eric Harris - Estripador de Lisboa - Félicien Kabuga - Fernandinho Beira-Mar - Gary Ridgway - Guilherme de Pádua - Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro - Harold Shipman - Henry Lee Lucas - Hildebrando Pascoal - Homem Lagosta Assassino - Irmãos Cravinhos - Ivan Marko Milat - Jack, o Estripador - Jack Kevorkian - Jeffrey Dahmer - Jesse James - Jim Jones - John Dillinger - John Wayne Gacy - John Wilkes Booth - Joseph Kony - Juana Barraza - Kenneth Bianchi - Lampião - Lee Harvey Oswald - Lindomar Castilho - Luis Garavito - Maníaco da Calcinha - Maníacos de Dnepropetrovsk - Maníaco de Guarulhos - Maníaco do Parque - Marcola - Mark Chapman - Mateus da Costa Meira - Matteo Messina Denaro - O. J. Simpson - Omid Tahvili - Osama bin Laden - Pablo Escobar - Pedrinho Matador - Pedro Alonso López - Ramón Mercader - Richard Ramírez - Richard Speck - Sandro Barbosa do Nascimento - Suzane von Richthofen - Ted Bundy - Tiago Henrique Gomes da Rocha - Unabomber - Wallace Souza - Wellington Menezes de Oliveira - Yang Xinhai - Zodíaco