Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mark Martin

Barrichello Criyng.jpg Mark Martin é um(a) PERDEDOR(A)

E não adianta chorar, sempre vai se foder bonito.

Clique aqui para ver outros azarões.
Broken Mirror.jpg Sai de perto, larga de ter azar!

Este artigo traz relatos de uma criatura azarenta que só se estrepa no dia-a-dia.

Se você quiser ajudá-lo de alguma forma, tome cuidado pra não se ferrar junto.

Cquote1.png Você quis dizer: Barrichello americano? Cquote2.png
Google sobre Mark Martin
Cquote1.png Até eu já fui campeão e você não Cquote2.png
Kyle Busch sobre Mark Martin
Cquote1.png Até eu já fui campeão e você não Cquote2.png
Kurt Busch sobre Mark Martin
Cquote1.png Até eu já fui campeão e você não Cquote2.png
Matt Kenseth sobre Mark Martin
Cquote1.png Até eu já fui campeão e você não Cquote2.png
Brad Keselowski sobre Mark Martin

Poster de Mark Martin para você pendurar na parede do seu quarto.

Mark Anthony Martin ou Mark Martin para os mais íntimos, é um ex-piloto da NASCAR, mais conhecido por ser caipira e racista o rei dos vices-campeonatos na [categoria.

Início de carreiraEditar

Mark Martin começou sua trajetória de fracasso em pistas de terra onde todo caipira e racista começa a correr, desde lá coleciona fracassos, seu único título na carreira foi quando corria em pistas de terra, seu oponente foi ele mesmo.

Ida para a NascarEditar

Após terminar o mestrado em racismo e caipirismo, Mark Martin foi parar na Nascar e lá começou a competir com outros 40 racistas. Seu início foi promissor, chegaram a pensar que ele fosse o novo Richard Petty mas logo viram que Martin era só mais uma farsa, começou a bater pra caralho e arrumar confusão com o Jeff Gordon.

Enquanto via seus principais rivais faturando títulos, o pobre Mark tinha que se contentar com o vice-campeonato em 5 ocasiões, pois Mark tinha o costume de sempre pipocar na Hora h, por isso seu melhor amigo Tony Stewart o apelidou de Martinchello.

Mark Martin parou de ser vice correr em 2013 aos 432 anos, após uma série de desilusões, como batidas, atropelamento de mecânicos nos pits e não aguentou ver Jimmie Jonhson Jeff Gordon e Tony Stewart ganharem vários títulos e ele nada, a não ser vices campeonatos.

Mark Martin será para sempre, uma eterna promessa da Nascar

Fatos sobre Mark MartinEditar

  • Se Mark Martin fosse brasileiro ninguém pegaria no pé do Rubinho e do Massa.
  • Mark Martin tem 885 corridas na Nascar e 884 segundos lugares.
  • Mark Martin chegou em 2º na São Silvestre.
  • Mark Martin é tão azarado que quando ele pega um trevo de 4 folhas, 2 folhas caem sem ele sequer ter tocado nelas.