Me diga papi...

Me diga papi... é quando a Chilindrina, ou Chiquinha quer arrancar mais da grande sabedoria do Seu Madruga, mesmo quando ele está ocupado. È uma forma dócil de conseguir respostas quando não é muito conveniente, nem é hora, nem lugar. Em geral ela se mostra calma e suspirante, como em estado de graça, então vem as perguntas para o qual ela quer uma boa resposta.

..?Editar

 
Me diga papi...

Não é que a Chiquinha não tenha noção de que há horas em que só vai atrapalhar, mas o problema é que não há pessoa melhor e mais sábia pra responder bem à qualquer pergunta que seja e ela sabe disso. Não há outra forma e o Don Ramón tem que responder, pois sabe que tentar fazer ela desistir tomaria ainda mais tempo.

 
Processando...

A Chiquinha faz perguntas em todos os episódios, mas ela perguntou do jeitinho mais própria açúcar em um onde Seu Madruga tentava dignamente realizar seu ofício de sapateiro. Todos nós sabemos que, Seu Madruga apenas pega esses trabalhos mais simples para ensinar a todos a importância da humildade no caráter humano, pois ele poderia exercer todas as profissões do mundo, desde as mais simples às mais complexas, isso sem mencionar a suas funções secretas. Já em profissões propriamente, ele gosta de deixar oportunidades de emprego aos demais.

Nesse episódio ela faz perguntas típicas de pirralhos, mas claro que não irá obter uma resposta que em geral os especialistas recomendam aos pirralhos, ela sempre saíra com o Q.I. mais elevado, pois mesmo meio sem paciência, Seu Madruga vai dar uma resposta muito boa e completa, sem assustar pela pouco idade, mas também sem daquelas respostas burrinha e adequadas para crianças. Não sei o que o Seu Madruga responderia se a Chiquinha fizesse daquelas perguntas constrangedoras aos mais velhos(nem é preciso ser adulto de fato para ficar constrangido), do tipo de onde vêm os bebês, mas com certeza o Seu Madruga se saíria bem em responder.

..?Editar

 
Muita sabedoria sendo transmitida em pouco tempo.

Não apenas a Chiquinha, mas também o Chavez e o Quico e mesmo os adultos usufruem da sabedoria, inclusive a Dona Florinda já admitiu e controlou seu humor Borderline para parabenizar Seu Madruga pelos ensinamentos do tipo A Vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena que não são apenas ditos, mas cravados na memória das pessoas e realmente contribuem para uma melhora de caráter.

As perguntas que a Chiquinha fez nesse dia, foram do tipo Por que o céu é azul? ou Por que os pássaros voam? ... Seu Madruga respondeu da melhor forma, mas não vou transcrever porque não lembro agora e estou sem tempo para ir ver o episódio novamente :) Talvez mais tarde. Ora, eu não sou o Seu Madruga, embora minha sabedoria e power estejam se encaminhando para isso. Tudo bem já re-vi porque achei facilmente: Os pássaros voam porque eles têm asas, sem dúvida o primeiro quesito para o voo.

 
Até mesmo a expressão de impaciência, denota sabedoria a ser transmitida.

Me diga papi... Por que eles têm asas? - insiste a Chiquinha. Pelo mesmo motivos que os elefantes têm trombas. - rápido, certeiro e sem ter que pensar muito. Os elefantes precisam muito da tromba, assim como os pássaros das asas. Dando respaldo para que a Chiquinha pense mais.

Me diga papi... e por que os elefantes têm trombas? - Porque senão seriam capivaras. Essa você pode achar que não foi uma boa resposta, mas também foi: Capivara também é mamífero, se a tromba é tão importante para o elefante, também mamífero e corpulento, sem a tromba com certeza ele seria um bicho bem mais simples.

 
E com poucas palavras a Chiquinha sai 50% mais sábia e pensante.

Me diga papi... Se as capivaras tivessem trombas seriam elefantes? - Daí já sem paciência e preocupado com o trabalho que tinha a fazer, Seu Madruga nem responderia, apenas daria um berro, certo? É claro que não, mesmo brabo, ele ainda dá uma resposta, inclusive que pode fazer a Chiquinha pensar mais e ao mesmo tempo se livrar das perguntas para continuar o serviço: Não seriam elefantes, seriam trapezistas de algum circo, Tcheco-Eslovaco.

Me diga, papi... - É dessa vez teve que ser direto: Vai me deixar trabalhar, sim, ou não? - daí a Chiquinha que não é praticamente sem cérebro igual ao Chavez e o Quico, compreende.

Sem mais: Me diga papi...Editar

Ver também, para adquirir mais sabedoriaEditar