Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mercedes-Benz A-Class

(Redirecionado de Mercedes-Benz Classe A)

Cquote1.png Você quis dizer: Classe AAA-Leleklek Cquote2.png
Google sobre Mercedes-Benz A-Class
Cquote1.png Isso é uma van!? Cquote2.png
Idiota sobre Mercedes Classe A
Cquote1.png Há uma discussão muito pontual. A pontualidade faz parte,sem dúvida.Você não pode esquecer: é pontual. Brinquei da classificação do Classe A. Houve um Mercedes Classe A Van? Houve. A vida inteira foi uma van? Não. Todo o tempo usado para a criação da Mercedes Classe A foi para uma van? Não. Mas houve uma produção? Houve. A discussão é pontual? É...Mas não é! Porque é uma discussão estrutural... Cquote2.png
Cléber Machado filsofando sobre o Classe A:Van ou não?É uma discussão pontual(ou estrutural?)
Cquote1.png Ãããããããã,não sei. Cquote2.png
Casagrande opinando sobre o Classe A
Cquote1.png Você traiu o movimento do Doblò,veio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Classe A

Cquote1.png Não preciso disso,já tenho minha Mercedes Cquote2.png...Invejoso sobre você e sua Mercedes Classe A novinha

O Mercedes-Benz Classe A é um carro pequeno(ou baratinha), mas, que não chega nem perto de ser barato. O carro é uma bolinha que é impressionante que alguns chamem aquilo de mini-van. Mesmo com um mini ou micro na frente. Cabem 22.000.000 de microorganismos, mas se couberem mais de 2 pessoas é sorte. Por isso compre esse carro se você, caro pai de família, tenha uma sogra que encha o saco(pleonasmo detectado).

Como Surgiu?Editar

A ideia era fazer um carro pequeno, mas que não era pequeno. Portanto,a Mercedes queria fazer o impossível ser possível. E conseguiu. Como? A grande questão era o formato do carro, qual formato era o ideal para o que seria uma formiga com quatro rodas. O de um ovo deitado, ora! Um dos líderes da linhagem da indústria da empresa na Alemanha tinha resolvido fazer um churrascão no fim de semana com os amigos na sua Fazenda, com o principal objetivo de discutir sobre os possíveis modos que o carro poderia ser feito. Num dado momento, o desorganizador do churrascão decidiu ver o porque de a Raposa estar correndo atrás do Galo desesperadamente. Eis que quando entra na granje assiste a um momento inigualável: o nascimento de um Pinto, se contorcendo e aos poucos quebrando o ovo. Ele chamou os amigos para também assistirem aquele momento único. Eis que um deles sugere que o Pinto seria um alemão e o ovo seria um carro. Daí,veio a criatividade dos demais, que começaram a desenhar a cena de várias formas. Eis que um deles sem querer levou o desenho da fanfarra de Domingo para a sugestões de projetos na Segunda,e sem querer querendo deixou o papel cair no chão. Quando ele percebeu era tarde demais, o chefão da Mercedes o pegou e começou a admirar o desenho: um ovo deitado com rodas. E não é que o cara gostou do desenho? O desenhista cagão ganhou uma promoção imediata para desenhista de modelos novos, e, também foi criar tipos de ovos de Páscoa na Lacta(vide: Ovo de Pascoa da Mercedes). Surgia assim o Mercedes Classe A.

Principais compradoresEditar

 
Classe A antes e depois de um pobre comprá-lo(e vendê-lo). Note a alta quantidade de barro no chão do carro após o pobre...

Bom,pobres se aventuraram a comprar esse carro usando o dinheiro que juntaram desde quando tinham 1 ano de idade e a dizer que o carro era um legítimo Classe A, e, que levava isso até no nome. Ou seja, compraram o carro pelo nome, mas não pelas vantagens que ele oferece. Só que atrasaram o IPVA quatro anos seguidos e preferiram vender o carro para voltar ao saudoso Volkswagen Gol,mais barato,mais em conta,e de qualidade parecida,né? Mas os ricos são a maioria, e, dizem que compraram o carro pela tradição que a Mercedes-Benz tem e que no ano seguinte comprariam outro carro que é um pouco mais caro. MENTIRA! É porque ficaram com medo de comprar a BMW e qualquer coisa terem que gastar MUITO dinheiro pra ir até a Alemanha para arrumar um simples amortecedor original. E também porque ficaram com medo de pagarem um seguro e IPVA tão altos que de repente acabem virando a casaca.

 
Da Melhor Qualidade

Mudança de produçãoEditar

Já ciente disso,a Mercedes decidiu impor mais uma razão para os ricos comprarem o Classe A e os pobres ficarem bem mais distantes dele: Parar a produção nessa terrinha e retorná-la lá pra Zeuropa(ou não). Assim,os ricos diriam com a boca aberta que compraram um carro importado,e,mais uma vez falariam mal do Brasil(e de quebra ganhariam uma desculpa para falar do belo salsichão que experimentaram durante a viagem na Alemanha para comprar o Classe A na Concessionária original Mercedes).