Abrir menu principal

Desciclopédia β

Metrô de São Paulo

Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, truta! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Metrô de São Paulo.

Cquote1.png Eu cheguei com vida em Corinthians-Itaquera!!! Cquote2.png
Homem Branco sobre o metrô
Cquote1.png Morri!!! Cquote2.png
Homem de cima ao chegar em Guaianazes
Cquote1.png Se eu já morri em Guaianazes, nem quero chegar em Estudantes! Cquote2.png
Homem de cima sobre o trem da linha 11
Cquote1.png Próxima estação Corínthians-Itaquera, ao desembarcar proteja bolsas e sacolas Cquote2.png
Operador cauteloso em Corínthians-Itaquera
Cquote1.png Antes de entrar no Trem verifique se a porta está aberta!! Cquote2.png
Metroviário às 4:40 da manhã dando uma de comediante
Cquote1.png Metrô, não. Aerotrem! Cquote2.png
Levy Fidelix sobre Metrô
Cquote1.png São de uso.....Preferencial.....Seja cidadão.......Respeite.....Esse direito! Cquote2.png
Operador do Trem sobre os acentos com indicação
Cquote1.png Paramos para aguardar a movimentação do trem à frente! Cquote2.png
Operador do Trem explicando porque a merda do trem está parando toda hora deixando todos passageiros super bem humorados
Cquote1.png Próxima estação...Ponte Pequena...er...Armênia Cquote2.png
Operador desatualizado sobre a estação Armênia
Cquote1.png Ao ouvir o toque da campainha, não entre nem saia do trem. Também não permaneça nas portas. Simplificando, desapareça. Cquote2.png
Operador do Metrô sobre você
Cquote1.png O Metrô é seu meio de transporte, comunique a um funcionário qualquer ato de vandalismo! Cquote2.png
Operador do Trem na Estação Corinthians-Itaquera
Cquote1.png Não segure as portas do trem, isso ocasiona atrasos! Cquote2.png
Operador do Trem sobre você, que segurou a m* da p* da porta para poder entrar ou ficar olhando para a m* da paisagem e atrasou a viagem de todo mundo
Cquote1.png Ao ouvir o toque da campainha, não entre no trem nem saia dele! Cquote2.png
Operador sobre usuários deficientes auditivos
Cquote1.png Bolsas e Sacolas devem ser levadas junto ao corpo, protegidas pelo Brás! Cquote2.png
Operador do Trem sobre seus pertences
Cquote1.png Brás, desembarque pelo Lado esquerdo do trem, aceso a Linha 1, Azul Cquote2.png
Operador sobre próxima estação
Cquote1.png Reetificando... próxima estação: Sé, desembarque pelo lado esquerdo do trem, acesso a Linha 1, Azul Cquote2.png
Operador sobre citação acima
Cquote1.png Próxima estação: Sé, acesso ao terminal rodoviário Cquote2.png
Operador sobre próxima estação
Cquote1.png Reetificando... próxima estação: Sé, acesso a Linha 1, Azul, desembarque pelo lado esquerdo do trem Cquote2.png
Operador sobre citação acima
Cquote1.png Licença ai amigo, vou descer na próxima! Cquote2.png
Você sobre citação acima
Cquote1.png Funcionário Astrognélio, compareça à SSO! Cquote2.png
Operador sobre funcionários do Metrô
Cquote1.png Estação.....Palmeiras........Barra Funda! Solicitamos a todos que desembarquem..... nesta estação! Cquote2.png
Operador sobre última estação
Cquote1.png É perto do metrô? Cquote2.png
Paulistano sobre qualquer lugar
Cquote1.png Será que eu vou sobreviver? Cquote2.png
Paulistano sobre o metrô chegando na estação Brás
Cquote1.png Se liga, é a sua última vida! Cquote2.png
Hugo sobre citação acima
Cquote1.png Tinha que mudar o nome pra Estação Antônio de Barros, Apucarana, Tatuapé 2, tudo menos Carrão! Cquote2.png
Tatuapeense chato sobre a Estação Carrão
Cquote1.png TUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU! Cquote2.png
Trem sobre fechamento das portas
Cquote1.png PIIIIIIII...PIIIIII...PIIIII...PIIIIIIII...PIII! Cquote2.png
Trem Novo sobre fechamento das portas
Cquote1.png Izto ecziste! Mas non devia... Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Fantasmas da Linha 1
Cquote1.png Lá perto de casa passa um metro que é do tamanho de um trem Cquote2.png
Pópis sobre Metrô
Cquote1.png Tenho Medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Estação Sé as 18 horas
Cquote1.png Fui eu que fiz! Cquote2.png
Paulo Maluf sobre Metrô
Cquote1.png Mas fui eu que paguei!!! Cquote2.png
Você sobre frase de Maluf
Cquote1.png Relaxa e Goza! Cquote2.png
Marta Suplicy sobre estação Sé no pico da tarde
Cquote1.png Estação Estação Sé Sé, desembarque desembarque pelo pelo lado lado esquerdo esquerdo do do trem trem. Cquote2.png
Duran Duran sobre sobre estação Sé
Cquote1.png Porra! Que trânsito do caralho, amanhã vou trabalhar de metrô! Cquote2.png
Alguém sobre Trânsito de São Pualo
Cquote1.png Porra! Que metrô do caralho, amanhã vou trabalhar de carro! Cquote2.png
Pessoa acima sobre Metrô de São Paulo
Cquote1.png Por que em Guarulhos não tem Metrô? Cquote2.png
Guarulhense chorão sobre Metrô em sua cidade
Cquote1.png A linha que vai do nada a lugar nenhum! Cquote2.png
Você sobre Linha 5
Cquote1.png AeroTrem não é nenhum Fura-Fila! AeroTrem não é Metrô, que é buraco do tatu! Cquote2.png
Levy Fidelix sobre AeroTrem
Cquote1.png O Metrô no ano que vêm chega aqui!!! Cquote2.png
Esperançoso Guarulhense falando do Metrô
Cquote1.png Uma turminha do barulho vai aprontar altas confusões em uma estação da pesada!!! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre o Estação Sé do Metrô
Cquote1.png Eles tinham um objetivo era chegar a linhas 2 - verde do Metrô, Em Busca da Estação Sé, filme inédito, vencedor de 6969 Oscars; Hoje logo após a estreia de O Metrô á Nova Novela da Globo Cquote2.png
Narrador da Tela Quente sobre o Metrô
Cquote1.png Qual a diferença entre metrô e CPTM? Cquote2.png
A maior incógnita de São Paulo

Metrô de São Paulo é o conjunto de linhas que serve para levar a peãozada população trabalhadora da periferia de suas casas até os seus locais de trabalho. Entretanto, é usada para favelados level 1, vide que favelados level 2 e 3 usam a CPTM.

Japoneses passeando no Honda Metrô de São Paulo

Índice

HistóriaEditar

A ideiaEditar

 
O maravilhoso e controlado trânsito de São Paulo.

A ideia de construir um metrô em São Paulo surgiu aproximadamente em 85.000 a.C, quando o Brasil invejava os sistemas de transportes de grandes cidades como Londres e Nova Iorque, e também precisava de alguma coisa para suportar o trânsito infernal da cidade. Começou-se a planejar sistemas de metrô.

Os projetosEditar

  AVISO! Contador de rejeições!

Número de projetos rejeitados do metrô de São Paulo:
       
|-


Ao longo de vários milênios, vários projetos para construir um metrô em São Paulo foram tentados. Mas é claro, com ideias idiotas, a maioria foi rejeitado. Outros, Chuck Norris não aprovou e foram esquecidos, outros papéis foram usados como papel higiênico, e outros foram simplesmente rasgados. Somente em 40.000 a.C. foi aceito um projeto pelo governo. Mas não pense que já se podia construir, ainda precisava de licença, o governo de São Paulo se esforçou para tentar licenciar o projeto, que demorou muuuuuuiiiiito tempo.

O licenciamentoEditar

O projeto teve que ser aceito pelos prefeitos, pelo secretário de transportes da cidade, do estado, do país, pelo presidente (como era o primeiro sistema de metrô do Brasil) e etc. Foram travadas disputas entre empresas, concórcios e etc. para poder construir a droga do metrô. Mas nos últimos meses de 20.000 a.C. o projeto foi licenciado e em 15.000 a.C. se começaram a construir os trilhos.

As estaçõesEditar

A primeira estação, Jabaquara, foi inaugurada em 6.000 a.C, mas não estava aberta publicamente. Uma pequena parte da linha foi inaugurada em 20 d.C. e finalmente aberta ao povo, Jesus cortou a faixa de inauguração. Por muito tempo, várias outras estações foram abertas, em 315 foi inaugurada a Linha 3 (número fora de ordem, é claro), o sistema completo das Linhas 1 e 3 se completou em 938, seguido da inauguração da Linha 2 em 1242 (fora de ordem, já que os engenheiros estavam drogados e pensavam que o 2 vinha depois do 3, precedido pelo 1), da Linha 5 em 1312, das novas estações da Linha 2 em 1628, até as recente estação Sacomã e a moderníssima Linha 4, que só tem 2 estações e só fica aberta até 3 horas da tarde.

O futuroEditar

O metrô está se expandindo cada vez mais, com propagandas na TV e etc, e em 10.845 a expansão estará completa, com 500.017 km, 35589 linhas e 7653454324 estações.

EstruturaEditar

Composto por 5 linhas (na verdade 4,5 linhas...) e 58 estações, todas calmas e de pouco movimento, e de trens que mal andam cheios, e com muita gente bonita:

LinhasEditar

 
Mapa ultra-simplificado da rede de transportes metropolitanos que inclui Metrô, CPTM, ônibus, linhas em construção, linhas em projeto, linhas em construção de projeto, linhas invisíveis, linhas inexistentes, linhas até o Acre e esacala mega-confíavel: Tucuruvi é ao lado de Jundiaí.
 
Em meio à conturbada crise das Capitanias Hereditárias, o Metrô de São Paulo comemora seu aniversário de 100 anos
  • Linha - 1 Azul

Artigo principal: Linha 1 do Metrô de São Paulo

A única em que a numeração faz sentido, pois foi a primeira a ser construída. Vai do Jabaquara até o Tucuruvi, passando por Santana, assim consequentemente ligando a Zona Norte inteira, visto que quase todos os moradores da Zona Norte dizem que moram em Santana não importando se moram em Santana ou lá onde judas perdeu as cuecas.

A Linha Azul é conhecida internacionalmente, devido a moderna frota de 51 trens à vapor importados da Bélgica no século XIX. Destaque à iluminação interna, utilizando a recém-descoberta técnica do óleo de baleia.

Possui também uma das maravilhas do mundo moderno: o terminal de ônibus intermunicipais da Estação Armênia (onde existe um portal ultrassecreto para a ex-república soviética) – um local limpo, bem-guardado, organizado, totalmente coberto, repleto de pessoas altamente educadas; e o melhor de tudo: os ônibus nunca atrasam, além do bom humor dos motoristas, cobradores e fiscais ser um pré-requisito!


Os Habitantes de Guarulhos sonham que um dia a Linha Azul chegará até lá.

Destaque para seu método construtivo: aproveitando-se da Guerra Fria e da possibilidade de conflito com os habitantes do Acre, o Governo mandou utilizar o método da Vala a Céu Aberto, mas como a guerra não aconteceu, mesmo porque o Acre não existe(e consequentemente seus habitantes), decidiram usar os buracos para colocar uma linha de Metrô dentro.


  • Linha 2 - Verde

Artigo principal: Linha 2 do Metrô de São Paulo

A Linha 2, que foi construída bem depois da inauguração da Linha 3, inicialmente cobria apenas o subterrâneo da Avenida Paulista. Atualmente vai da estação Vila Prudente até a capital da vagabundagem, a Vila Madalena. Sua estação mais famosa é Ana Rosa, que faz transferência para a Linha 1.

A estratégia da construção era facilitar a ida dos bebuns, pinguços e drogados passageiros até os lugares distantes da região da Paulista e facilitar as bebedeiras, cachaçadas e injeções com seringas compartilhadas os estudos e/ou trabalho dos mesmos.

Foram utilizados 2 métodos construtivos.

Na parte da Paulista foram utilizados 753 tatus de jardim amestrados para fazer o túnel, o número alto é justificado pelo desvio de verba grande cansaço e esforço, o que levava a muitas aposentadorias precoces.

O outro foi a utilização de explosivos potentes, que sobraram de festas, como São João, Natal e Ano Novo. Os engenheiros faziam grandes buracos na rocha a ser explodida, buracos do tamanho de cabeças de alfinete, assim eram encaixadas as biribas e mirados os rojões. Método eficiente, abriam-se cerca de 10 centímetros de túnel por mês.

  • Linha 3 - Vermelha

Artigo principal: Linha 3 do Metrô de São Paulo

 
Metrô da linha vermelha em cena rara, veja que a plataforma está quase vazia

Linha 3, que foi construída antes da Linha 2, é muito calma, seus trens circulam quase sempre vazios e você sempre consegue um lugar para sentar; isto é claro se você for um funcionário da limpeza enquanto o metrô está fechado. Atualmente a linha é uma antítese, já que vai da Palmeiras-Barra Funda até Corinthians-Indiaquera Itaquera. Ela faz o limite da civilização na Zona Leste de São Paulo, pois para além da última estação em Itaquera o homem branco jamais chegou.

A Linha Vermelha é muito presente nos estudos da física atual, pois ela contraria o princípio de que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço e acontece o fenômeno da fusão a frio, jamais conseguido anteriormente; uma pessoa que vá da Estação Brás até a Estação Sé lá pelas 7:30 da manhã consegue se fundir a outra, e assim sucessivamente, fundido todas as outras pessoas do trem, formando uma só grande massa humana! O Autor de Dragon Ball teve a ideia das fusões após fazer a viagem citada acima.

Outra famosa ideia retirada desta linha foi a do roteirista de Jumanji que, ao ver o desembarque e o embarque na Estação Brás, teve a ideia da jogada onde o tabuleiro cria a manada de animais que vai destruindo a cidade.

No entanto é importante frisar que a Linha 3 possui a estação mais movimentada de todos os metrôs do Universo, a Estação Pedro II. Onde, contando com os funcionários, embarcam cerca de 5 passageiros por ano!

No seu plano original era previsto que a linha se estendesse até a puta que pariu Guaianases, o Metrô construiu, mas prevendo um aumento no número de passageiros carga, passou a fazer parte do Expresso Leste e leva essa corja população para o centro da Cidade.

O Método Construtivo da Linha 3 foi bastante rápido, prova disso é que a linha demorou quase 100 anos para ficar inteiramente pronta.

O método em superfície foi escolhido por uma puta duma preguiça desgraçada em abrir um rombo na Zona Leste de São Paulo pra enfiar a linha dentro questões econômicas, visto que deste modo a obra sairia 50 centavos de Guarani mais barata. Na parte central foram usados 34 tatus amestrados de jardim que, segundo más línguas, foram deixados enterrados com a esperança de participar no "De volta para minha terra" do Gugu.

  • Linha 4 - Amarela

Artigo principal: Linha 4 do Metrô de São Paulo

 
Pelo menos dessa vez não foi o metrô!

Linha cujas obras se iniciaram em 1781, mas mesmo assim já existe a Linha 5. Ela sai debaixo da Estação da Luz, onde faz integração mais outras aproximadamente 14 Linhas de trens e metrô, e irá até a Vila Sônia, bairro que ninguém tinha ouvido falar antes. Atualmente (depois de mais de 8000 anos), tem uma estação próxima ao estádio La Bambinera

Foi feita secretamente em convênio com a Universidade Crente Mackenzie; já que motivou a queda de nível da Fudest, pois frustou todos os alunos de cursinhos que pretendia entrar na USP já que ela não passará mais pela cidade universitária, mas que misteriosamente terá uma estação até com o nome Mackenzie, fazendo os alunos de cursinhos mais burros fracos optarem por pagar uma mensalidade absurdamente alta para vagabundear e/ou beber estudar e poderem voltar para casa em menos de 2 horas (o normal para quem estuda na USP).

O famoso buraco na Estação Pinheiros foi provocado pelo cão de Chuck Norris, que estava cavando um buraco pra enterrar um brontossauro que acabara de devorar.

Finalmente depois de 549 anos de obras, mais de 50 mil atrasos no cronograma e 200 mil acidentes, vão conseguir finalizar a linha em 2020. A inauguração original contava com o incrível número de 2 (duas) das 12 estações previstas inicialmente, além de 1 (um) trem para a demanda prevista de 10 milhões de usuários ao dia. Ligará o bueiro do largo da batata à estação paulista, que fica na consolação, com integração à estação consolação, que fica na paulista.

Funcionamento: de terça à quinta, das 14h37 às 14h39. Não funciona em feriados e dias chuvosos. A previsão é ampliar em 5 minutos o horário de funcionamento até as próximas eleições.

De acordo com o plano expansão 3010, em no máximo 1000 anos a linha chegou até a estação luz, e então a Dona Maria que mora na Vila Sônia levará apenas 5 horas para se deslocar de sua casa até a zona norte da cidade.

Também foi conhecida como linha acre, pois ela não estava no mapa mas não existe

  • Linha 5 - Rosa, GayLilás

Artigo principal: Linha 5 do Metrô de São Paulo

 
Mapa Completo da Rede Metropolitana de Transporte em São Paulo

A Linha 5, também conhecida como Linha G da CPTM e que foi construída antes da 4, localiza-se no extremo do sul da civilização do município de São Paulo, já que abaixo da mesma existe um mundo inexplorado e selvagem chamado de Parelheiros; ela faz uma importante ligação na capital paulistana, indo do nada a região burguesa safada Vila Mariana e era totalmente isolada das outras linhas do metrô de SP, até que em 2018, depois de 500 anos a Linha finalmente chegou até a estação Chácara Klabin, finalmente sendo classificada como uma linha de Metrô de verdade. Existe um projeto do ex-governador Paulo Maluf de estendê-la ao Acre. Uma das atuais estações da linha é usada como uma filial do Instituto Butantã, onde em seu terminal de ônibus tem mais cobras, aranhas e escorpiões do que em toda a Amazônia e Savanas Africanas juntas.

Tal linha também é ridicularizada porque seu engenheiro-chefe fez Engenharia Cartográfica na Unip, uma vez que os nomes das estações estão todos trocados, causando paradoxos como a Estação Santo Amaro estar localizada na Marginal Pinheiros, a Estação Largo 13 em Santo Amaro e a Estação Giovanni Gronchi na Avenida João Dias.

Seu método construtivo foi feito em elevado, para ter uma desculpa dos "elevados preços da linha". Leia-se: desvio de verba. Fizeram as estações, até com uma bonitinha, que fica em cima do esgoto a céu aberto Rio Pinheiros, a de Santo Amaro. Da estação Largo Treze pra frente, a linha fica enterrada para falar que aquilo é metrô e ninguém desconfiar que realmente foi a CPTM que fez a cagada linha.

  • Linha 6

Ligará a Freguesia do Ó a Cubatão, fazendo integração com o Rodoanel. Projeto confuso e não definido, só se sabe que saíra do papel higiênico depois da morte de Chuck Norris.

  • Linha 15

Aquela linha que iria levar o Posto Ipiranga á São Matheus deveria terminar em 2012 mas só deus saberá

  • Linha 17

A linha que poderia levar o estádio de La Bambinera ao aeroporto de mongólia congonhas e ao Jabaquara

  • Linha 18

Talvez em 105132 a Linha pode ligar de Tamanduá(teí) á Rodovia Estrada dos Alvarengas

Principais EstaçõesEditar

 
Estação Sé, antes da terrível enchente de 1913 que destruiu a linha oliva, pêssego e pink
 
Mais um dia normal nas obras no metrô de São Paulo
  • Estação Sé: Um imenso buraco no centro de São Paulo. Praticamente tanquila no pico da tarde, lembrando um lugar tranquilo, tipo o inferno. É a estação mais cheia vazia do sistema, carregando 180 milhões de pobres passageiros por segundo. Famosa por tiroteios shows pirotécnicos no horário de almoço.
  • Pedro II: A estação mais cheia do mundo, passam 5 pessoas por ano, contando funcionários, fica a 3 metros do centro e é tão útil quanto um urubu com habilitação pra dirigir caminhão.
  • Palmeiras-Barra Funda: Estação terminal da linha Leste - Oeste ou Linha 3 - Vermelha.

Está do lado da TV Record, onde se tem facilidade pra ir dar uma de bobo e tentar ver os atores e artistas ½ dúzia de famoso. Possui ligação com as linhas da A e B da CPTM, sendo que uma vai pra onde Judas perdeu as luvas Francisco Morato(que Chico?) e a outra vai para o quinto dos infernos Itapevi. Ligação com um terminal de busão que vem gente de todo lugar desse mundo fedido.

  • Corinthians-Itaquera: Pertu dus Manus, tá ligado? Famosa por batidas policias e tiros de bandidos, perto do pátio do colégio de Itaquera. Tem uma estação com o Expresso da morte Leste, felizmente com integração paga.
  • Artur Alvim:outra estação dus manus,perto da favela vertical cohab 1,é a estação mais segura,com o pequeno índice de 60 assaltos por mês. Na estação há varios onibus que vão para o fim do mundo São Miguel e Itaim Paulista.
  • Paraíso: Tem o nome assim por causa da sua calmaria prevista em seu projeto de 1900 e bumba: teria 3 linhas em seus domínios, felizmente são só duas, mas no pico da manhã tem a característica de parecer uma corrida de jegues, devido a integração com a Linha Verde.
  • Penha: Estação de onde sai um metrô vazio para aliviar a carga de pobres usuários (totalmente desnecessáio) o que faz com que pobres usuários de outras estações se desloquem até ela na tentativa frustrada de pegar um metrô mais vazio.
  • Carrão : Estação mais "zen" do sistema, com seu alto números de suicídios, cerca de 30 por hora, levemente movimentada por causa dos estudantes das "faculdades" dos entornos. Aliás, a única estação que já levou um raio na passarela (explodindo um quiosque de panetone).
  • Luz: Tem integração com 600 linhas da CPTM, pensam em colocar mais 800 linhas da CPTM pra foder de vez facilitar a vida do paulistano. Futuramente ficará mais sobrecaregada cômoda com a inauguração da Linha 4 do Metrô, aumentando o número de pobres passageiros em 6 bilhões por dia.
  • São Bento: Principal acesso de muambeiros trabalhadores que se apertam deslocam para comprar mercadorias de duvidosa ótima qualidade na 25 de março vindos dos mais variados lugares.
  • Tatuapé: Estação mais brega fashion do metrô, tem acesso direto a 2 shoppings onde pobres passageiros vão fazer compras.
  • Portuguesa-Tietê: Possui acesso a Rodoviária do Tietê, onde milhões de pobres passageiros saem e chegam de São Paulo, Terminal de onde saem milhares de ônibus, lotações, carros, taxis, balsas, navios, carroças para qualquer lugar da América do Sul do Mundo! Principal acesso aos poucos torcedores da Lusa
  • Ponte Pequena Armênia: Estação que não possui nada de bom, além de estar se deteriorando. Famosa por seu terminal inter-urbano de guarulhos, para os caipiras habitantes dessa importante cidade. Também é usada pelos estudantes vagabundos do CEFET-SP.

Não podemos esquecer do grande esgoto Rio Tamanduateí, que traz um aroma de bosta rosas.

A faixa amarelaEditar

 
A nova campanha do metrô

A faixa amarela é uma linha que fica em todas as estações de metrô ou trem. E todos tem que ficar atras quando o trem não chega coisa que o passageiro não faz, e isso faz com que o operador se irrite e começa a xingar os passageiros compulsivamente. com coisa que ele vai aprender.

VideosEditar

Ver tambémEditar