Abrir menu principal

Desciclopédia β

Metroid: Zero Mission

Virtualgame.jpg Metroid: Zero Mission é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Asha voa com o seu Pepelogo.


Metroid: Zero Mission
Metroid Zero Mission capa.png

Samus e sua aventura a procura de sua Zero Suit

Informações
Desenvolvedor Nintendo
Publicador Nintendo
Ano 22XXY
Gênero Tiro e Pulo
Plataformas Gay Boy Advance
Avaliação ??%
Idade para jogar É melhor você não jogar...

Metroid: Zero Mission é um jogo de metroidvania (por que será?) que é um remake do Metroid 1 de 1986, aquela porcaria bugada que ninguém merece jogar hoje em dia, e que então foi refeita e desenvolvido por alguns hamsters da Nintendo, lançado então exclusivamente para o Game Boy Advance.

Índice

DesenvolvimentoEditar

Tudo começa com uma grande preguiça de criar um novo jogo de Metroid. Como Yoshio Sakamoto sem ideias para novas histórias e ao mesmo tempo com vontade de ganhar ainda mais dinheiro sobre sua criação, ele decide ter uma genial ideia, lançar um remake do primeiro Metroid como se fosse a coisa mais original do mundo, uma vez que os jogadores de 1986 já nem estavam mais vivos mesmo.

JogabilidadeEditar

 
Neste jogo Samus consegue superar os traumas de infância, e o jogador consegue pela primeira vez fazê-la agachar.

Em Metroid: Zero Mission mais uma vez controlamos a Samus Aran e assim devemos então vasculhar as longas cavernas e elevadores do planeta Zebes a procura de itens em um ambiente realista[carece de fontes] de tiros e pulos em duas dimensões. É como se fosse um Castlevania, mas substitua os zumbis e morcegos por Space Pirates e Metroids respectivamente.

Itens novos em relação ao original são o Power Grip (uma luva que aperfeiçoa as habilidades de siririca da Samus), a Gravity Suit (roupa roxa que enclausura e direciona o fogo no cu de Samus, permitindo-a pisar em lava), o Charge Beam (que é aquele tirambaço bombado), o Plasma Beam (um tiro feito de esperma de Metroid), o Speed Booster (que causa dor no u da Samus e faz correr feito uma louca), o Space Jump (que permite Samus soltar um peido tão poderosa que a arremessa vários metros pro alto), o Super Missiles (que são dildos mágicos que podem ser atirados como mísseis), e as Power Bombs (um cocô radioativo que Samus pode soltar enquanto está no formato de Morph Ball).

Foi o primeiro e único jogo de Metroid que realizou os sonhos molhados os nerds mais alvoroçados ao permitir pela primeira vez que os jogadores pudessem controlar a protagonista usando a Zero Suit Samus, perambulando pelo planeta com o seu spandex azul atochado na bunda.

EnredoEditar

A história deste jogo não exibe nada de novo, é uma cópia total do primeiro Metroid para NES, já que faltava imaginação e criatividade para o pessoal do Miyamoto em criar algo novo, então apenas transferiram o jogo do pobre em gráficos e jogabilidade do NES, para o videogame portátil pobre em gráficos e jogabilidade o Game Boy Advance.

Samus Aran deve visitar seu planeta natal, Zebes, para exterminar o seu ecossistema nativo, ou seja, dizimar os Metroids, criaturas hostis viciadas em sexo oral que estão sendo traficadas ilegalmente pelos "Space Pirates" como brinquedos sexuais. Ao longo de sua jornada, além de exterminar toda uma fauna local, Samus ainda deve exterminar todos traficantes que encontrar pela frente, terminando por matar a Mother Brain, um grande amontoado de fezes sencientes que controlam todo o tráfico de Zebes.

Novas localidades em relação ao jogo original não foram tantas, podemos visitar a mais apenas Crateria (ambiente de superfície onde tem porra nenhuma, só pra encher linguiça mesmo), Chozodia (caverna secreta dos Chozo onde eles guardaram seus principais brinquedos sexuais, e Samus claro foi ivnestigar) e a Space Pirate Mothership (porra de um local cheio de traficantes e drogados).

FinaisEditar

Metroid: Zero Mission destacou-se na série Metroid por ser o primeiro jogo da série a focar seu gameplay em speed run, para assim exibir vários finais diferentes conforme a performance do jogador, concedendo uma recompensa em forma de alguma foto, sensual ou não, da Samus Aran. O jogo recebeu o nome de "Missão Zero" justamente porque o objetivo de Samus, a caçadora de recompensa, é encontrar a sua Zero Suit e recompensar seus fãs vestindo-se apenas com seu traje íntimo.

v d e h