Abrir menu principal

Desciclopédia β

Metroid Prime: Federation Force

Virtualgame.jpg Metroid Prime: Federation Force é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, você bate no coqueiro.


Metroid Prime: Federation Fuckers
Metroid Blast Ball.jpg

Cada um tem o FIFA que merece

Informações
Desenvolvedor Criadores do futebolzinho Mario
Publicador Nintendo
Ano 2016
Gênero Tiro e Pulo
Plataformas Nintendo DS
Avaliação 30%
Idade para jogar Livre

Cquote1.png Metroid sem Samus? O que diabos vocês estão fazendo? Cquote2.png
Satoru Iwata erguendo-se de seu túmulo indo falar com Yoshio Sakamoto

Metroid Prime: Federation Force é o nome de uma enorme piada de mal gosto que a Nintendo fez em 2016 para trollar os fãs da série Metroid. Não bastou já terem criado a série Metroid Prime na qual Samus foi transformada numa drogada e a jogabilidade alterada para o 3D onde o maior dos noobs conseguiria jogar, não bastou terem criado o Metroid: Other M onde Samus foi transformada numa bitch submissa e chorona, não bastou terem hiper-sexualizado a Samus nos jogos de Super Smash Bros., os produtores da Nintendo sabiam que faltava algo ainda mais ridiculamente épico para sepultar de vez a série Metroid, então decidiram lançar essa porra, mesmo que a comunidade gamer mundial tenha clamado para que isso não fosse feito, a Nintendo foi teimosa e em 19 de agosto de 2016 lançava esse negócio, que algumas pessoas chamam de jogo.

Índice

DesenvolvimentoEditar

Tudo começou quando Yoshio Sakamoto estava distraído tirando um cochilo, pensando em como faria um jogo de Metroid realmente bom para o 3DS (Metroid: Samus Returns), nisso alguns estagiários da Nintendo trabalhando na Next Boring Games decidiram vasculhar antigos arquivos do Metroid 64, antigo jogo que deveria ter sido lançado para o N64 mas estava tão merda que foi cancelado para sempre.

A Next Boring Games então decidiu pegar aquele material e reciclá-lo para o 3DS, o que explica os péssimos gráficos ultrapassados do jogo, e sem a menor confiança sobre como introduzir a Samus nesse universo, afinal quem criou essa porra nunca jogou um Metroid na vida, os desenvolvedores decidiram então nem incluí-la para não cagar mais ainda a merda que já estava fazendo. Ficou decidido então usar apenas bonecos altamente genéricos para serem os protagonistas num jogo cujo enredo, mecânica, jogabilidade e opções eram absurdamente genéricas e visivelmente um caça-níquel para enganar fã trouxa.

JogabilidadeEditar

 
É esse o supostamente divertido futebol de Metroid.

Neste jogo absolutamente merda você controla um boneco que consiste de uma versão chibi de algum tipo de Master Chief genérico, e tem ao seu dispor uma pistola que atira ervilhas gigantes nos inimigos. Há, teoricamente, um modo multiplayer cooperativo disponível para até quatro jogadores, mas boa sorte procurando algum idiota para jogar online essa merda contigo, no final das contas você estará sempre mais forever alone que a Samus, pensando no dinheiro que desperdiçou comprando essa bela porcaria.

Para piorar as coisas ainda mais, não bastasse a campanha fajuta, o dedicado fã de Metroid recebe a humilhação final quando descobre o modo Blast Ball contido dentro do jogo, e disponível separadamente para celular. Não bastasse a Federação Galática ter sido reduzido a um grupo de quatro bonecos ridículos com as cores das tartarugas ninjas, eles ainda podem se reunir para jogar esse futebol bizarro no qual um enorme testículo de aço funciona como bola, e ela só é movida tomando tiro, como se isso fizesse algum sentido. Cientistas ainda estão procurando alguém que tenha se divertido jogando esse modo, pois seria um cérebro a se estudar.

Uma adição desesperada, feita posteriormente mas ainda assim fracassada na tentativa de chamar mais atenção, foi oferecer suporte para os bonequinhos do Amiibo, mas não pense que se você tiver a boneca da Zero Suit Samus vai servir de alguma coisa em ver uma loira bonita nesse jogo, você só vai pintar seu chibi de Master Chief de azul.

EnredoEditar

 
Acredite, é um jogo de 2016.

Acredite se quiser, essa porra tem enredo e um modo campanha. O que exatamente é a história desse jogo é um grande mistério, porque não existe pessoa normal que tenha jogado o modo campanha até o fim. Para os poucos que tiveram a coragem de jogar esse negócio, mesmo que um pouco, há uma má notícia: Este jogo é canônico com o universo de Metroid e conta a história do que quatro bonecos chibi foram fazer após o fim de Metroid Prime 3: Tentar criar uma armadura chibi chamada "Mech", para buscar espalhar a viadagem no universo de Metroid.

RecepçãoEditar

Metroid Prime: Federation Force tornou-se o jogo mais odiado de todos os tempos antes de seu lançamento. 1 ano antes de ser lançado já estava sendo odiado e nunca antes na história uma fanbase esteve tão certa sobre um futuro jogo, pois ele foi lançado e realmente é uma bosta que nunca deveria ter existido. Antes do lançamento, os fãs abriram até uma petição na ONU para que o jogo fosse cancelado, mas a Rússia vetou a proposta, pois queria desmoralizar o Japão e seus joguinhos cada vez mais imbecis.

Uma vez que o jogo foi lançado e todo mundo a decepção que realmente era, recebeu notas péssimas de todos avaliadores da internet, notas sempre abaixo de 5, menos da Nintendo World, que deu nota 9 pro jogo (o que tem valor de 0, pois dá nota 10 pra todo jogo da Nintendo mesmo).

v d e h