Abrir menu principal

Desciclopédia β

Meu Amor

Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso Tutorial Wiki! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...
PortugalDJoãoscary.jpg Heróis do mar, nobre povo, nação valente e imortal

Æstə ärtigo é purtugäish, gajo. Élə comə cacətinho cum bəcalhau, tuma um vinho ishtränho, adora cumpetir cum a Ishpänha e tem um bigodão.

Se vəndalizarish, um bäenfiquista vai atrás də tua mãe


NewBouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Meu Amor.



Cquote1.png o Jerónimo e o melhor a ir ao cu aos gajos da direita


Meu Amor Cquote2.png Cquote1.png Meu melhor amigo Cquote2.png
Tribalistas sobre Meu Amor
Cquote1.png Eu, protagonista? Nem quero acreditar. Cquote2.png
Alexandra Lencastre quando soube que iria ser a protagonista da novela.
Cquote1.png A escolha foi difícil, mas acertada. Penso que o título fica no ouvido e tão cedo não será esquecido. Cquote2.png
António Barreira sobre a escolha do título para a novela.
Cquote1.png Vai haver "festa" se "alguém aqui" ganhar mais do que eu por mês...ai se vai! Cquote2.png
Margarida Marinho fazendo os últimos apelos à produção.
Cquote1.png Ainda há pouco foram cavalos, agora é vibradores... tipo... isto é alta curte! Cquote2.png
Rita Pereia manifestando agrado sobre os papéis que lhe têm dado.
Cquote1.png Desde que não me chamem p'ra gravar quando estiver na "garagem" da vizinha... Cquote2.png
Quim Barreiros fazendo exigências sobre a sua participação.
Cquote1.png Nada porreiro, pá! Cquote2.png
José Sócrates sobre o primeiro episódio.
Cquote1.png Não tenciono comentar o desastre do primeiro epísódio nem o que sentiria se tal acontecesse na realidade. Cquote2.png
Manuela Ferreira Leite depois de ler o guião do primeiro episódio da novela.
Cquote1.png Avante camaradas!!! Cquote2.png
Jerónimo de Sousa depois de ler o guião do primeiro episódio da novela.
Cquote1.png Eu tinha medo... Cquote2.png
Regina Duarte
Cquote1.png E eu mais ainda... Cquote2.png
Paulo Pires sobre o comentário acima.
Cquote1.png Desde que não me partam nada em cima, que já não tenho idade para estas coisas... Cquote2.png
Nicolau Breyner sobre o comentário acima.

Informações Gerais
Título Meu Amor
Gênero Erótico / Romance / Suspense / Thriller / Político / Drama épico / Musical
Produção TVI / Curral Entretainment / Playboy
Autoria António Barreira / Judite de Sousa / Fátima Campos Ferreira / Sue Johanson
Realização Teresa Guilherme / Marta Crowford
Direcção de Projecto Manuela Moura Guedes
Datas Estreia: por nós: quando José Castelo Branco deixar crescer a barba até 1 cm.
Número de Episódios 302 + extras
Protagonistas Alexandra Lencastre
Margarida Marinho
Paulo Pires
Rita Pereira
Genérico Música: "O meu pipi no teu pópó" de Quim Barreiros
Vídeo: cenas de pancadaria entre os actores (primeiro plano); vários vibradores e dildos de todas as cores, formas e feitios, aos saltos (segundo plano); Quim Barreiros a tocar alegremente a sua concertina acompanhado de Joana Duarte a dançar vestida de minhota típica, na pele da sua personagem.
Patrocínios TAP / Táxis Lisboa / Assembleia da República / Sue's SexShop / Farmácia Torres / Esquadra da GNR de Bardaleira de Cima

HistóriaEditar

Meu Amor é uma novela da TVI da autoria de António Rameira, cujo título surgiu na onda de originalidade de nomes para novelas (tais como Sentimentos ou Flor do Mar). A história gira à volta de duas mulheres sofisticadas e bem-cheirosas que, vá se lá saber porquê, disputam o amor de um taxista. O elenco é constituído por umas 30 caras exclusivas da TVI que se encontram disponíveis para gravar mais uma bosta super-produção do canal. Como em qualquer novela do tipo, esperam-se cenas intensas de ação e catástrofe, sexo, estalo, comadres de mão à cintura, compadres ao murro, luta de galos e galinhas por um "poleiro", quem sabe, muitas destas cenas verídicas e com "poleiro" real, filmadas ao vivo em handycam.

ElencoEditar

  • Rui Mendes - Gastão Catarino Palhares - empresário frio e implacável quando se trata de grandes negócios. Proprietário da VibroCell, uma empresa que conjuga a venda de telemóveis e vibradores, um conceito inovador. É pai de uma única filha, Patarícia Gisela. Nunca aprovou o casamento desta com Reginaldo, o que é indiferente, visto que morre logo no primeiro episódio, vítima de um trágico, porém vantajoso, acidente de viação, que acontece quando um vibrador em funcionamento interfere com os intrumentos de navegação do avião. No mesmo avião, viajavam José Sócrates e o restante Conselho de Ministros numa viagem de formação aos paraísos fiscais mais famosos do mundo, porém os corpos nunca foram encontrados e o país e todas as personagens temem o regresso dos desaparecidos. O grande mistério que se coloca é: quem terá ligado o vibrador antes do embarque e provocado o despenhamento?
  • Nicolau Breyner - Raimundo Patrício Gonzaga da Olivença - patriarca de uma família abastada e também dono de uma grande empresa, é sogro de Patarícia e, após a morte do pai desta, que era seu rival ancestral nos negócios (Raimundo tem uma inveja descomunal da ideia inovadora de Gastão de lançar telemóveis aliados a vibradores no mercado e do sucesso que essa ideia alcançou), vai fazer de tudo para afundar a empresa e lixar a vida à nora, que sempre considerou ser a culpada pelos desvarios emocionais e sexuais do seu falecido filho, Reginaldo.
  • Dina Félix da Costa - Cilinha Aleixo - secretária e amante clandestina de Raimundo. Antes de o ser, já executava funções semelhantes na Assembleia da República, mas fora escorraçada de lá depois de ser apanhada a recriar a cena da Casa Branca entre Mónica Luisnky e Bill Clinton, com um dos deputados. Tem um ar de galdeirona e é comparsa de Raimundo nos esquemas para arruinar a VibroCell. Até porque se a empresa falir, alguém vai ter de ficar com os vibradores...
  • João Reis - Reginaldo Cláudio Gonzaga da Olivença - filho de Raimundo, perdeu-se desde que casou com Patarícia Gisela, a mulher que sempre foi a princesa dos seus olhos. Esta, em contra-partida, sempre fez dele gato-sapato, nomeadamente na cama, exigindo sempre mais e mais e introduzindo novas posições e fetiches alternativos na relação dos dois. Muitos dos "brinquedos" usados pertencem à empresa do pai de Patarícia e muitos deles foram usados por via rectal. Reginaldo nunca deu conta do recado e essa sempre foi a sua grande frustração. Como tal, arranjou uma amante, Máriline Márise. É uma das vítimas do acidente de aviação, juntamente com o cunhado e o sogro.
  • Alexandra Lencastre - Patarícia Gisela Palhares - prima afastada de Luiza Albuquerque (paz à sua alma) e Margarida Ventura, as semelhanças de feitio entre as três são mera coicidência. Um despenhamento de avião mata-lhe uma boa parte da família, o que a torna numa pessoa rancorosa e vingativa, especialmente contra os desaforos do sogro. De resto, é rica e tem o seu quê de finesse. Porém, Patarícia sofre de SACH (síndrome de apelo à chungaria) e irá apaixonar-se perdidamente pelo taxista Quimberto da Lombarda, o que muda completamente o rumo da sua vida. Vai fazer de tudo para ficar com o homem que, de alguma forma, voltou a despertar o seu gosto pela baixaria.
  • Margarida Marinho - Leninha dos Bordados - trabalha como modista de passerelle e gala. Pode-se dizer que é bem sucedida no que faz. Contudo, desde a condecoração de Fátima Lopes por Jorge Sampaio que o negócio tem vindo de mal a pior, já lá vão uns quatro anos. No campo do amor, a sua vida também não anda lá grande coisa, já que Leninha não é grande espingarda a "conduzir veículos de alta cilindrada". Tudo isto muda até conhecer Quimberto... e a sua feroz pretendente.
  • Paulo Pires - Quimberto da Lombarda - dirige o nº 47 entre o Cais do Sodré e os Anjos. Fora isto, não faz mais nada da vida e o seu aspecto é o de "João Ratão" (assim conhecido no seu bairro). Tem a quarta classe e cabelo oleoso. Sabe Deus como, irá ter duas "carochinhas" na sua cola, o que vai não deixa de ser uma boa pescaria, já que Quimberto repele 70% das mulheres num raio de 2 metros (excepto quando se encontra ao serviço no táxi). Vai aproveitar-se financeiramente das duas pretendentes abastadas e tornar-se bígamo. Vive num chiqueiro com a mãe e tem dois irmãos, com os quais não se dá muito bem.
  • Maria Emília Correia - Idalete Leonilde da Lombarda - mãe de Quimberto, Sónia Célia e Estalineu. Os dois últimos deram-se bem na vida, mas não é por aí que "o gato vai às filhoses", pois nenhum lhe dá mais do que uns trocos para ir à bica. Nunca teve mão nos filhos, mas já há muito que se burrifou para o que cada um quer fazer da vida. "Só faz falta quem cá está" é o seu lema e o da casa. Como já se pode constatar, é doméstica (provavelmente viúva ou abandonada por um javardão que deu à sola e lhe deixou os filhos a cargo), anda mal-arranjada e gasta o pouco que em digressões com fanclubs de artistas eruditos, como Tony Carreira ou Quim Barreiros. Quando conhece Cidália, não consegue distinguir esta de Quim Barreiros e desenvolve uma espécie de problema psíquico que a leva a perseguir a moça.
  • Núria Madruga - Sónia Célia da Lombarda - filha mais nova de Idalete. Conseguiu a carreira de modelo e isso tornou-a uma vaidosa de primeira. Azar dos azares, o acidente de avião desfigura-lhe a cara o que a vai levar à depressão profunda. Vai andar metade da novela com ligaduras na cabeça e os actores que contracenarão com ela irão traduzir para português perceptível todas as suas falas. Até então, trabalhava como modelo nas passagens de Leninha dos Bordados.
  • António Pedro Cerdeira - Estalineu Creonte da Lombarda - é o filho do meio de Idalete e o mais cafajeste dos três, só para ser diferente. Quando a irmã fica desfigurada, Estalineu mexe os cordelinhos para a tirar das campanhas de manequins em que ela iria participar. Isto deve-se ao facto de ter tendências travestis e sempre ter invejado a irmã por vestir roupas com decotes e lantejolas e lingeries. Depois de afastar a irmã, vai disfarçar-se de mulher para conseguir entrar nas campanhas e consegue, após rapar os pêlos e colocar chumaços na zona dos seios, enganando Leninha. O problema vai ser ocultar o órgão genital, quando se tem de despir nos camarins. Para isso conta com os conselhos sábios de José Castelo-Branco ao longo da novela, como forma de manter o seu disfarce sem que ninguém desconfie. Não tem escrúpulos e este acto será apenas uma amostra do seu mau carácter.
  • Manuel Cavaco - Tozé Ribamar dos Santos - taxista, colega de Quimberto. Não consegue manter as calças vestidas quando entra uma "cámone" no seu táxi, acabando sempre por ter relações sexuais com todas as que transporta. Por esta razão, o seu táxi é conhecido como o "Chavascal 51". Um dia, conhece Janette e apaixona-se por ela. Julgando que é francesa, leva-a para a rambóia no banco de trás.
  • Márcia Breia - Janette Marie de La Retrétte (Maria Olinda Barbosa) - é viúva e pertence a uma família pseudo-francesa da burguesia falida. Foi o marido que a meteu na embrulhada de se fazerem passar por franceses ricaços, mas quando bateu a bota, não lhes deixou senão dívidas, muitas delas em produtos da VibroCell (para apimentar as noites). Janette ficou com todas as dívidas por pagar e Gastão nunca lhe facilitou a vida. Mas quando este morre no desastre, a sua vida fica muito mais facilitada... Vai redescobrir o amor com Tozé. Apesar da idade dos dois, o casal ainda sente que ainda tem energia para dar e vender.
  • Marco D'Almeida - Sílvio Juvenal de La Retrétte [Barbosa] - filho de Janette, trabalha no departamento comercial da VibroCell e uma das suas funções é dar a conhecer os produtos de porta em porta. É esse seu cargo que o fez conquistar Melaço, com quem mantém uma relação, onde ele não é a voz activa.
  • Rita Pereira - Melaço Constância Vidal - tem cara de anjo, mas no fundo é uma megera do piorio. Namora com Sílvio e é grande consumidora dos produtos (e não são os telemóveis) que a VibroCell comercializa, por intermédio do namorado. Melaço vai disputar o papel de figurante com aparição de 10 segundos no bailado do Quebra-Nozes. Qualquer uma das suas concorrentes será fortemente prejudicada. A primeira manobra é contra Máriline Márise, umas das bailarinas.
  • Sofia Ribeiro - Máriline Márise - uma das bailarinas da mesma companhia de Melaço. Máriline era amante de Reginaldo, antes de este virar comida p'ra peixe. No primeiro episódio sofre uma humilhação levada a cabo por Melaço, quando esta corta a sua saia de bailarina e cuecas e cola-as com pastilha elástica mastigada, antes de uma actuação em público. A saia desfez-se e levou as cuecas atrás em pleno espectáculo, sem a depilação feita. Depois disto, Máriline é perseguida por todos os mal-casados que assistiram ao espectáculo. Vai fazer de tudo para pagar a Melaço na mesma moeda.
  • Ana Catarina Afonso - Maribel Fether - coreógrafa da companhia de dança. Não admite disputas entre as suas bailarinas nem tão pouco que alguma "se arme ao pingarelho". Consequentemente, não suporta o ar puritano de Melaço, já que sabe que o que esta quer é um papel no Quebra-Nozes. Só para a contrariar, vai ceder o papel a Máriline, por quem sente uma enorme atracção, empoleirando-se frequentemente nas janelas dos vestiários para a espiar nua.
  • Joana Duarte - Cidália Maria Grilo - recém-chegada a Lisboa, é oriunda de uma aldeia do Minho e é o orgulho da sua terra, por ter um buço que a torna num estereótipo de beleza lusitana. A somar a isto, toca concertina e faz muitas actuações na sua freguesia, o que fará com que Quim Barreiros mova um processo de pelágio de imagem contra si. Compadecida com a sua situação, Leninha resolve criar uma linha de vestuário folclórico inspirado no modelo de beleza do interior português e assim dar uma oportunidade a Cidália para brilhar numa campanha e ainda lhe apresenta um advogado, Urbano Adelino para a ajudar no processo. Cidália vai ainda enfrentar a perseguição fanática de Idalete, que se torna apoiante incondicional de Quim Barreiros no caso (vai estar todas as sessões de julgamento aos berros à porta do tribunal acompanhada da sua trupe de reformadas), depois de decobrir que Cidália é impostora e não o grande nome da música portuguesa.
  • José Wallenstein - Urbano Adelino Braga - é advogado de causas difíceis e amigo de longa data de Leninha, que o apresenta a Cidália, no sentido de a defender contra a acusação de pelágio. Em tempos de juventude, vendia taparuéres para pagar o curso de Direito e, como tal, foi rejeitado por Patarícia, a qual amava. Gastão também sempre o humilhou, pois não queria ver a filha casada com a ralé. Nutre um inconsumável ódio por pai e filha e não percebe como esta pode estar apaixonada por um taxista. Para a contrariar, vai fingir-se homossexual e apaixonado por Quim, com o consentimento deste. Mas tudo não passa de uma farsa...farsa essa que lhe trará muitos problemas.
  • Cristina Homem de Mello - Heloísa Cármela Braga" - mulher de Adelino. Doméstica, nunca teve jeito nenhum para trabalhar no que quer que fosse e por isso passa os dias em casa a cortar vales de desconto de supermercados. Sofre por saber que o marido não é indiferente aos charmes de Patarícia, mas como qualquer típica esposa, come e cala e sofre no silêncio... até ao dia em que não aguenta mais esta humilhação e decide avançar forte e feio contra a mulher que interfere no seu casamento. O primeiro ataque será enfiar uma batedeira eléctrica a funcionar na gadelha de Patarícia, enquanto esta faz o seu sono de beleza.
  • Pompeu José - Inspector Calimero Sales - coube-lhe o caso do avião, depois de se chegar à conclusão que pode ter sido um atentado. A sua função inicial é apurar os factos e fazer a lista de suspeitos que incluem uma série de personagens, assim como candidatos às Legislativas 2009. É alvo da paixão do seu ajudante, Germânio Gadolínio, mas desconhece tal facto e que este é homossexual, mesmo apesar de todas as investidas descaradas do ajudante.
  • Rodrigo Menezes - Germânio Gadolínio- cientista forense especializado em química aplicada, trabalha no caso do despenhamento do avião, em parceria com o Inspector Calimero Sales, por quem é secretamente apaixonado. Germânio tem tentado de tudo para chamar a atenção de Calimero, como por exemplo manusear tubos de ensaio de forma insinuante e em poses sensuais ou não usar roupa interior debaixo da bata enquanto liga a ventoinha para que a bata esvoace. Mas nada parece resultar e Germânio sofre com a indiferença (ou burrice aguda) do agente, que não se apercebe dos seus sentimentos. Desta forma, o cientista sente uma enorme atracção por Urbano Adelino quando o conhece na delegacia, durante a altura em que Urbano se faz passar por homossexual no esquema contra Patarícia.
  • Elisa Lisboa - Maria Olímpia da Anunciação - é a empregada mais antiga da casa de Raimundo. É daquelas velhas que fala por provérbios populares, muitos deles ninguém conhece. É uma espécie de oráculo, que só fala por metáforas e muitas personagens recorrem aos seus sábios conselhos, acabando por ficar na mesma, pois ninguém percebe pévia do que ela diz. Guarda um grande e importantíssimo segredo em relação à casa dos patrões: um livro secreto de receitas que, de tão afrodisíacas que são, não podem ser reveladas por qualquer um. A última pessoa que comeu um desses manjares andou de "pau feito" durante mais de um mês. Tem uma única sobrinha, Milena.
  • Patrícia Tavares - Milena Jusselina Rangel - sobrinha de Mª Olímpia, é professora de Moral no básico numa escola pública daquelas a cair aos pedaços, onde os alunos batem nos professores e mandam cadeiras às funcionárias, por outras palavras, uma normal escola portuguesa. Mesmo assim, é uma profissional dedicada, trabalha até às 18:30 e por isso ficou a cargo de dar aulas de substituição (já que os outros professores são uns medrosos e dão de frosques enquanto podem), sendo uma das professoras que mais sofre nas mãos dos alunos delinquentes. Cada dia leva mais uma nódoa negra para a colecção. Por este facto, odeia a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, e não esconde o satisfação de saber que ela ia no avião quando este cai.
  • Francisco Côrte-Real - Fábinho Fánan (Fabrício Isidoro Lores) - tem 22 anos, mas ainda não passou do 9º ano. Só faz merda. É um chunga do pior, ordinarão, com brinquinho na orelha, boné de pala atrás, usa a mesma blusa de manga cava durante toda a semana, terço ao pescoço, falta-lhe um dente à frente e lava-se uma vez por mês. É o espeteótipo do aluno mediano em Portugal e o terror de Milena, sua professora, e de todos os outros professores. Metade das nódoas negras que Milena trás para casa, é ele que as faz. Vai ter conhecimento da atracção por ralé de que Patarícia sofre e decide tirar disso algum proveito financeiro e deixar os estudos de uma vez por todas (não que tenha estudado muito).

Participações especiaisEditar

  • Linda Reis - cliente insatisfeita na loja VibroCell.