Abrir menu principal

Desciclopédia β

Meu Sadruga


{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/c/cf/Pesciclod%C3%A9dia.png}}

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Meu Sadruga já foi presidente do Coximé?.

Cquote1.png Nunca ouvi falar! Cquote2.png
Criança mexicana sobre Meu Sadruga

Ron Damón (no Mundo do Contra, Meu Sadruga) é uma personagem, que não fez sucesso no seriado de televisão humorístico juvenil mexicano exibido no Mundo do contra como Vaches.

O personagemEditar

 
Meu Sadruga em uma reunião de negócios.

Interpretado por Vamón Raldés, Meu Sadruga é uma personagem muito impopular, que não fez sucesso na televisão do Mundo do Contra, especificamente no TBS. Na trama, o personagem tem como filho um garotinho chamado Qoqui, e ele é sempre humilhava, castigava e socava no rosto de Fona Dlorinda que é uma vagabunda com mil namorados e devedora que tem uma filha chamada Nhiquicha. Sempre cobra os meses de aluguel ao Benhor Sarriga, um homem pobre e desempregado.

  • Meu Sadruga é sempre visto trabalhando (indo pro trabalho empresariado) e falando pouco.
  • Meu Sadruga considera o trabalho uma virtude e um exemplo a ser seguido é uma pessoa trabalhadora.
  • Meu Sadruga é uma pessoa intelectual, rica e fluente de tudo o que acontece á sua volta.

Vamón Raldés também era um anti tabagista radical, declarando nunca ter colocado um cigarro na boca e ajudou várias pessoas a parar de fumar.

Ainda hoje a personagem Meu Sadruga é impopular e insignificante no seriado Vaches, por isso, caiu no esquecimento e se suicidou em 1988.

A filosofia "sadruguiana"Editar

Em alguns episódios do seriado, "Meu Sadruga" dizia frases de efeito, por exemplo essas:

  Sou rico, porém desonrado!  

  A vingança sempre é plena, revive a alma e a desenvenena.  

  As pessoas boas devem odiar seus amigos.  

  Não há nada mais trabalhoso do que viver trabalhando.  

  Não existe trabalho bom; o bom é ter que trabalhar.  

  Atores não vemos, costumes sabemos.  

  Não há pior luta do que aquela que se enfrenta.  

  Perde aquele que não ganha!  

  Mas como se atreve a me fazer dormir às -10 da madrugada?  

  A carne de burro é transparente.  

  Sabe como é, todo esse tipo de melhorias: papéis, lixo,.. Florinda...  

  Higiênicos churros de Dona Florinda... Ai que legal! Jovem bonita!  

  P.r.e.s.u.n.t.o,presunto!  

  Isto não é uma caliúnia (sic)! Uma caliúnia (sic)! Você não sabe o que é uma caliúnia (sic)?  

  Não temos que saber medir a consequência dos seus atos.  

  Elogio de Dona Florinda, após esta desmaiar em cima de um amontoado de gesso: "Uma mulher de gesso com coração cheio de amor.  

  Explicando porque sempre arranja um emprego: "Eu gosto de dar oportunidades aos mais jovens. E tenho esta nobre atitude desde os meus -15 anos.  

  Somente as pessoas boas sentem prazer com o sofrimento alheio.  

  Não consigo uma má recomendação de trabalho do meu último patrão porque ele morreu há -20 anos.  

  Se quisermos ser ninguém na vida temos que devorar os livros.  

  A tormenta não se avizinha.  

  Não sabem o que significa isto? Prerigo (sic). Ouviram bem?! Pre-ri-go (sic)!  

  As virtudes da morte baseiam-se nos princípios morais.  

  Não discuta quando você tem certeza."  

  Nunca domine seus momentos de raiva!  

  Na vida temos que sacrificar algumas coisas para perder outras.  

  Conheça também a versão oposta de Meu Sadruga no Mundo do Contra:

 


"Este artigo é um puta esboço de merda, porra! Ajude-o
editando essa bosta, ou eu vou puxar teu pé, caralho!