Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mulher mexicana

(Redirecionado de Mexicanas)
Speedy González.jpg ¡Canta y no llores!

Esta es más una de las porquerías que viénen del México, como la Televisa, El Chavo del Ocho, Thalía y Moderatto. Lo autor está en una cantina en Chihuahua comiendo tacos con jalapeño y guacamole.

Mulher mexicana é o ser humano do sexo feminino, o qual faz parte da sub-raça chamada de La Creatura Misturada ou El Mutante Hibrido que abunda na America Latina. Caracterizam-se por serem extremamente obesas e sem bunda curvilíneas (tá vendo muita novela do SBT) e atuarem em novelas mexicanas de gosto duvidoso (Sabia!!!), o que faz delas algumas das mulheres mais famosas e cobiçadas pelo mundo inteiro (Cara... não... só para, sério...cê tem de perder logo esse cabaço, mermão!!).

Índice

AparênciaEditar

 
Mulher mexicana típica.

Semelhante à mulher espanhola e à mulher brasileira, a mulher mexicana é dotada de seios e bunda um bocado avantajados (Não, não são), respectivamente, o que pode fazer delas exímias artistas profissionais na espanhola e no sexo anal (Na verdade, as creaturas hibridas do México só ganham de asiáticas e índias dos Andes quando o assunto são tetas [1], o que não é lá muito difícil...)

Devido ao corpo dotado de muitas curvas e ausente de gordura (Na verdade, o México ultrapassou a Murika quando o assunto é obesidade e agora é o número um do mundo [2]) (WHATTT??BUT MURKA IS NUMBAH ONE ALWAYS FUCK YEAHHH!!) (Não dessa vez, baleia de terra...), as mexicanas são consideradas muito gostosas (Mano... já falei para ir perder essa virgindade.. vai num puteiro, sei lá).

Para manter esta característica, elas vivem à base de uma dieta basicamente composta Junkie Food importada dos EUA por muita pimenta e outros alimentos tipicamente picantes que são abundantes no México, como chili, burrito e taco. Esta alimentação regrada ajuda a manter sua aparência caliente de porco girando no espeto... muito caliente tanto por dentro como também por fora, principalmente.

O traje típico de uma mexicana é composto por roupas extremamente coloridas, em tons muito vibrantes como amarelo, laranja e vermelho, cheias de babados e rendas de cima a baixo. O principal acessório no vestuário mexicano, seja ele feminino ou não, é o famoso chapéu de abas mais largas que as pregas anais de uma atriz pornô conhecido pelo nome de sombrero. As mulheres menos patriotas, no entanto, preferem enfeitar as cabeças usando flores enormes que, com toda a certeza, são bem maiores que seus cérebros e, consequentemente, maiores que sua inteligência também. As roupas mexicanas femininas tendem a ser muito cavadas, para suportar o calor característico do México, por isso é comum as mexicanas sempre mostrarem a barriga sarada.

Os cabelos de uma mexicana tendem a ser ensebados e cheios de óleo longos e ondulados, geralmente de cor escura, sendo a mais comum delas o castanho. A pele delas também é naturalmente parda, ou, para os mais íntimos, marrom-cor-de bosta. Contudo, assim como as pardileiras do Bananil, as mexicanas também podem vir na cor amarelo-cor-de-cirrose. Algumas, no norte do país, podem também ser rosadas albinas, mas, como no Bostil, isso é raro.

ComportamentoEditar

Mexicanas são muito sensuais, ou pelo menos, esta é a fama designada a elas (por punheteiros que assistiram a Um Drink no Inferno e se acabaram na punheta quando a Salma Hayek entrou).

O ápice de uma mexicana é tornar-se atriz de novela mexicana, pois este é um belo chamariz internacional que pode levar a uma futura carreira de estrela em Hollywood. Como 99,9% não consegue por não serem brancas não terem chupado o pau de algum produtor talento, precisam se contentar com a carreira de fabricantes de tacos ou mariachis.

Uma característica da mujer mexicana é que elas não podem ver um pau rosado de gringo que já pulam em cima. O murikano pode ser obeso (Bom, até aí ela também é...), que ela já abre o cu com lágrimas nos olhos. Nisso se assemelham muito às brasileiras. Contudo, ao contrário das pardileiras, a mulher hibrida del México não tem vergonha de ser misturada e não tenta pagar de branca. Na verdade, por saberem que murikanos gostam de uma ppka não albina, fazem de tudo para provar que deveriam ser as escolhidas como prato exótico do gordão neandertal no lugar de tailandesas ou filipinas.

Vida sexualEditar

As mexicanas são muito adeptas da já citada prática da espanhola, e geralmente são dotadas de peitões para tal ato (Cara, acorda, nem toda mexicana é a Salma Hayek). Para seduzir os machos, as mexicanas costumam lançar mão de uma dança altamente rebolativa e sensual na qual sua pança treme que treme, muito apreciada por geralmente anteceder a rebolada em cima de uma pica.

Por serem basicamente híbridas, ou creaturas, que surgiram do estupro sexo entre um conquistador genocida espanhol e uma asteca ou maia, a aparência das mexicanas é única no mundo (Na verdade, não... o que mais tem na América Latina são os híbridos da Ilha do Dr. Moreau). Mas devemos lembrar que 20% da população mexicana é indígena, então, se você quiser uma xoxotinha pré-colombiana, o Méxi-cu tem muito a oferecer. Recomendo a aqueles que têm fetiche pelas bundas secas e as tetas de caroço das asiáticas, mas que sabem que se envolver com uma amarela é dor de cabeça na certa.

Mexicanas FamosasEditar

Ver tambémEditar