Abrir menu principal

Desciclopédia β

Moonwalker: Texas Ranger


Moonwalker: Texas Ranger é até hoje, e continuará sendo por milênios, considerada a obra-prima do cinema russo. Filmado em 1991 em Vladivostok, principal território do jogo War - The Bush Conquest, o filme ganhou 15 estatuetas do Oscar em 1992 (vide anexo 'Oscar 1992').

Índice

Ficha TécnicaEditar

País de origem: Rússia/Angola

Diretor: José 'Zé do Caixão' Mojica Marins

Duração: 197 minutos (se o filme fosse baseado numa luta de Chuck Norris não duraria mais que 14 segundos).

 
Michael nem precisou de maquiagem para interpretar o Ghoul

Elenco:

  • Macaulay Culkin como "Kevin, o garoto esquecido pela família e que acabou sendo assediado pelo zumbi pedófilo"
  • E muitos outros...

SinopseEditar

Um Ghoul (boneco do Tibia que dá 85 de experiência ¬¬ - e o que os pobres leitores querem saber com Tibia? Não cometam o mesmo erro que o redator de jogar essa droga. Aliás, não joguem nada. Vão estudar!!). Bom, como eu ia falando, um Ghoul, que canta todas as quartas em uma boate Gay com seu grupo de dançarinos de Forró Russo, rapta um menino e o leva para brincar no parque de diversões Tupã, tomar leite e ir dormir. A polícia local abre o caso Moonwalker e chama o Texas Ranger Jarbas para resolver. Depois de 15 segundos de luta, o Ghoul está morto e o menino, salvo. Fim

Oscar 1992 AlhoEditar

Prêmios:

  • Filme
  • Atriz Coadjuvante - Ronaldo Ésper, como o "ladrão do túmulo do Ghoul"
  • Maquiagem - prêmio contestado, pois J. Fox nem precisou
  • Longa de Animação - prêmio contestado, pois J. Fox era um ator em carne e osso e não uma criação de computador, como se acreditou
  • Efeitos Sonoros - Os gemidos que se estenderam durante toda a trama foram espetaculares

Opinião da Crítica e do PúblicoEditar

  Mais assustador que Madrugada dos Mortos!  
José Wilker sobre Michael Jackson no filme

  Graciiinha!  
Hebe Camargo sobre Macaulay Culkin

  Nóóófa! Abalou!  
Bixa sobre o figurino do filme

  Lo ritmo es muy envolviente! Xo voy baillar! Segura la niña!  
Carlitos Tevez sobre Forró Russo

  Eu vejo gente morta!  
O menino d'O Sexto Sentido, confundindo Michael Jackson com um cadáver