Mulheres Apaixonadas

Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.


Mulheres Apaixonadas
Mulheres Apaixonadas Logotipo.png
Logotipo da Abertura
Origem Bandeira do Brasil Brasil
Emissora Rede Globo
Autor Manoel Carlos
Tema Triangulo amoroso, tenismo
PROTAGONISTAS
Artistas
  • Christiane Torloni
  • Tony Ramos
  • José Mayer
  • Especiais
  • Carolina Dieckmann
  • Erik Marmo
  • Outros Ninguém
    PERSONAGENS
    Vilões Marcos Tom Hanks
    Bonzinhos Carlos Marcos Caruso
    Mais Idiota Rodrigo Léo Miggiorin
    Mais Esperto Dr. César José Mayer
    NOVELA
    Maior Drama a história do Padre Pedro
    Mistério(s) Com quem Helena vai ficar?
    Moral Questionavel
    Influência Laços de Família
    Inspiração Por Amor



    Mulheres Apaixonadas foi a bagaça que passou na Rede Globo, durante o ano de 2003, como novela das oito. Foi escrita por Manoel Leblon e dirigida por Ricaço Waddington. Seu argumento, pobre como em qualquer novela de Manoel Carlos, falava sobre as aventuras bissexuais de três irmãs gêmeas, pessoas ricas e entediadas — como em qualquer novela de Manoel Carlos. Também falava sobre o dia a dia no Leblon, com seus seríssimos problemas sociais, que incluíam falta de dinheiro para viajar para Nova York ou para comprar o caviar nosso de cada dia, comovendo os telespectadores.

    Personagens PrincipaisEditar

    • Re-lena: personagem principal em 856 novelas de Manoel Carlos e possível amante do novelista, dessa vez Re-lena é interpretada por Christiane Torrone. Cansada de tanto dar se meter em altas confusões (embora não fosse, nenhuma vez, Sessão da Tarde), Re-lena se decide por uma vida mais tranquila como professora de história do sexo na escola particular conhecida como IRA (Idiotas Realmente Anencéfalos). Só que isso não é o bastante para ela, que é ninfomaníaca e não se satisfaz apenas com o urso homem com quem é casada.
    Mulheres apaixonadas...
    • Henlouquisa: interpretada por Giulia Gam, é uma das irmãs e esposa ciumenta de Sérgio (Marcello Anthony). Tem tanto ciúme de Sérgio que nem mesmo deixa que ele compre uma cadela de estimação, temerosa de que ela a ache tão ou mais interessante do que ela. Bem se vê, portanto, que ela tem razões para se preocupar...
    • Hildadá: a última e mais inexpressiva das três vadias irmãs (Maria Padilha). Vive uma vidinha monótona com seu marido e, francamente, nem era para estar nessa novela, não fosse a necessidade que Manoel Carlos sempre tem de distribuir ao menos um câncer por seus personagens de novela. Sobrou para ela.
    • Sócana: é a professora cachaceira de geografia da IRA (Vera Holtz). Depois que aponta para a Groenlândia e diz que ali fica o Rio de Janeiro, os alunos percebem que algo não vai muito bem com sua professora... e aproveitam-se disso para colar à vontade durante suas provas! No fim, todos os alunos são aprovados e Sócana garante seu emprego, já que função de escola particular é passar aluno mesmo.
    Uma das cenas mais emocionantes.
    • Padre Peido: é o padre safado que, depois de rezar a missa, traça a Estrela, uma puta paga interpretada por Lavínia Vlasak. Toda vez que Estrela vai se confessar, Padre Peido passa o rodo uma penitência obscena. E olha que ela paga direitinho... afinal, como BOA (in)fiel que é, sabe que, se ajoelhar, tem que rezar!
    • Dores: a personagem de Regiane Alves é uma famigerada torturadora de velhinhos e garota de programa nas horas vagas. Na verdade, é uma incompreendida, pois, se vive espancando seus avós, é porque eles insistem em fazer coisas erradas, como continuar respirando. No fim, ela vê o que é bom para tosse, quando para nas mãos de Tom Hanks Dan Stulbach, o tenista psicopata da novela.
    • Edwiges : Também conhecida como a santinha do pau oco da novela, só aceita ser comida pelo Erik Marmo depois de o mesmo engravidar uma gracinha conhecida por Hebe Camargo.
    • Marcos Raquete : Um marido que qualquer mulher não gostaria de ter. É obcecado pela Raquel e ambos gostam de praticar sadomasoquismo com Marcos dando umas raquetadas nas costas da professora gostosa. A Raquel gosta tanto que grita de prazer.
    • Professora Raqueltada : Professora gostosa que todo aluno gostaria de ter. Cansada de levar porrada do marido, inicia um relacionamento pedófilo com um aluno e acaba engravidando.

    Dentre outros tantos personagens que hoje você nem ouve falar (ou não).

    Trilha sonoraEditar

    • A Som Livre inovou, em 2003, ao lançar um CD duplo com as trilhas nacional e internacional de uma só vez. Tal fato se repetiria com sua trama substituta e América, em 2005. Na verdade, uma estratégia para combater a pirataria, que até deu certo: 1 milhão de cópias vendidas e certificado de disco de platina, pela Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD).
    • O CD duplo com 30 faixas traz grandes sucessos da época misturados a regravações de sucessos da música brasileira e internacional.

    Capa: Rodrigo Xerxes Santoro e Carolina Dieckmann.

    NacionalEditar

    1. Velha Infância - Tribalistas
    2. Sem Fantasia - Chico Buarque e Maria Bethânia
    3. Eu e a Brisa - Márcia
    4. Eu Sou Assim (Don't Trip on Me) - Luiza Possi
    5. O Amor Em Paz - Gal Costa
    6. Luxo Pesado (Got to Be Real) - Fernanda Abreu, com participação de Fausto Fawcett recitando os trechos em francês
    7. Preciso Aprender a Ser Só - Maria Bethânia (sim, de novo.)
    8. Todo Errado - Caetano Veloso e Jorge Mautner
    9. Você Marília Gabriela e Reynaldo Gianecchini
    10. Não Sei Se Foi - João Donato, com participação de João Bosco
    11. Onde Anda Você - Cauby Peixoto e Ângela Maria
    12. Meditação - Nara Leão
    13. Não Tem Solução - Nana Caymmi
    14. Pela Luz dos Olhos Teus - Miúcha e Tom Jobim (tema de abertura)
    15. Drum 'n' Bossa - Insoul

    InternacionalEditar

    1. Don't Know Why - Norah Jones
    2. Disease - Matchbox Twenty
    3. I'm With You - Avril Lavigne
    4. Nothing at All - Santana feat. Musiq
    5. You Belong to me - Jennifer López
    6. Vivir Sin Aire - Maná
    7. Misunderstood - Bon Jovi
    8. Sexed Up - Robbie Williams
    9. Imbranato - Tiziano Ferro (aquela do   Scusa se ti amo...  )
    10. The Way you Look Tonight - Rod Stewart
    11. Noche de Ronda - Paolo Ragone
    12. Te Dejo Madrid - Shakira
    13. Hurt you so Bad - Crazy Town
    14. Dancer - Computernet
    15. D-Deep - Deep House

    Volume 2Editar

    • Em consequência do grande sucesso de vendas do CD duplo nacional-internacional de Mulheres Apaixonadas, a Som Livre lançou um segundo terceiro CD, com músicas nacionais e internacionais misturadas em 16 faixas. Não chegou, porém, a registrar a mesma incrível vendagem do álbum anterior.

    Capa: Erik Marmo, como Cláudio

    1. I've Got You Under my Skin - Diana Krall
    2. La Vie en Rose - Tony Bennett & k.d. lang
    3. Amor Maior - Jota Quest
    4. Mais uma Vez - Renato Russo
    5. They Can't Take That Away From Me - Rod Stewart (olha ele aqui de novo!)
    6. Tell me All About It - Natalie Cole
    7. Fly Me To the Moon (In Other Words) - Peter Jones
    8. Dois Rios - Skank
    9. Incondicionalmente - Capital Inicial
    10. Serenata ao Luar (Moonlight Serenade) - Paula Lima
    11. Nick Bar - Dick Farney
    12. Alguém Como Tu - Elisa Lucinda
    13. De Bem Com a Vida - Alberto Rosenblit
    14. As Rosas Não Falam - Léo Gandelman
    15. (Prelude) Dreams - Heaven
    16. Jazzy + Funky + Bossa = Cool! - Insoul (outra vez também)

    AudiênciaEditar

    Chegou a picos de 60 durante sua exibição, o que novela nenhuma consegue mais nos dias atuais de hoje em dia.