Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mulheres de Areia

Êta Mundo BomBoogie OogieJoia RaraFlor do CaribeLado a LadoA Vida da GenteCordel EncantadoCama de GatoParaísoNegócio da ChinaO ProfetaAlma GêmeaCaboclaChocolate com PimentaCoração de EstudanteA PadroeiraEstrela-guiaO Cravo e a RosaMulheres de AreiaFelicidadeFera RadicalBambolêA Gata ComeuAmor com Amor se PagaParaísoMarinaCaboclaDona XepaEscrava IsauraVejo a Lua no CéuA MoreninhaHelena

TV pós-Globo.

Este artigo é sobre mais um programa de tortura televisiva. Salve-se mudando para o Canal do Boi, ou leia sobre mais essa desgraça da TV.

Nem quando Ruth faz algo com a intenção de se foder ela consegue fazê-lo.

Cquote1.png Você quis dizer: Ruth e Raquel Cquote2.png
Google sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png Experimente também: Se Jogar Num Precipício Cquote2.png
Sugestão do Google para Mulheres de Areia
Babel fish.gifTraduzindo: Novela do Caralho
Babel Fish sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png Empurra ela, empurra o carro dela, empurra.. ISSO! A RAQUEL MORREU!!! Cquote2.png
Sua Sogra sobre a cena que a Raquel morre
Cquote1.png OMG, in-v-ntaram mesmo eça merda? Cquote2.png
Computeiro sobre Mulheres de Areia
Cquote1.png YA RLY, parece q ñ, mas in-v-ntaram sin! Cquote2.png
Outro computeiro sobre comentário acima
Cquote1.png A Ruth ficou com o Marcos, o Alemão e o César e eu só fiquei com o Wanderley, e depois eu é que sou a safada???? Cquote2.png
Raquel sobre Ruth

Mulheres de Areia foi uma novela (ou melhor dizendo, tortura televisiva) que a rredi grobu exibiu em 1993 e que deveria substituir Felicidade, mas no lugar estreou Despedida de Solteiro, pois Glória Pires embuchou e teve de tirar licença-maternidade (indo no chutômetro, pois estou com preguiça de confirmar isso em fontes fiáveis [carece de fontes]).

SinopseEditar

Uma mulher, Ruth, tem uma irmã, Raquel. Um monte de bostinha acontece na novela. Aí a Raquel tá dirigindo uma Caravan velha quando chega um personagem em um Monza velho, bate na Caravan velha, e a Caravan velha cai no precipício e explode. A Raquel se fode. A Ruth continua vivendo sua vida.

Índice

PersonagensEditar

A RuthEditar

Uma fodida, que é gostosa. Ela se finge da santinha, de pura, mas já provou mais rola que a irmã: foi a do César, a do Marcos, a do Tonho da Lua, a do Alaor, a do cavalo branco do Alaor, o Atrevido... (até o Atrevido se atreveu)

A RaquelEditar

Uma mulher malvada igualmente idêntica à Ruth. uma puta gostosa que ficava dando p/ praia inteira até roubar o namorado da própria irmã

O MarcosEditar

Um corno babaca que ficava abafando as gaias que levava da Raquel.

Tonto Tonho da LuaEditar

Um viado demente mental muito respeitado.
Bordão: "A Rutinha, a Rutinha..."
É o pior da novela. Esse autista FDP vive tentando ser inocente , mas na real esse doente vive batendo uma 5 p 1. Só um doente forever alone punheteiro, só isso.

AlziraEditar

Uma doidinha que queria dar pro Tonto Tonho a qualquer custo, mas o Tonho não queria comer ela pra não nascer mais um doidinho.

A MaluEditar

Uma piriguete grã-fina metida a besta.

AlaorEditar

Um Caubóiola.

Seu DonatoEditar

O padrasto de Tonho da Lua, um bandido fodido que quer comer se casar com a enteada. Ele é um peixeiro do Rio Tietê que vai tomar banho com bastante alvejante para ver se tira a cara mal-lavada de safado que ele tem.

CésarEditar

Um cara que meteu enganou a Ruth, mas levou um pé na bunda da Arlete e matou a Raquel.

VanderleyEditar

Um tremendo 171 que meteu muito na Raquel.

Virgílio AssunçãoEditar

Um cara que foi assassinado por um espantalho.

TôniaEditar

Uma vagabunda jovem trabalhadora que deu pro Virgílio.

ClaritaEditar

Uma gaieira safada.

JujuEditar

Uma fofoqueira velha que tem fogo na perereca.

SampaioEditar

Um velho metido a galã que queria comer mulher mais nova na vida real ele era gay mas já morreu

CarolaEditar

Uma vadiazinha que bancava a boazinha mas que sempre encobria as safadezas de Malu, ela provocava Malu fazendo boquete dando em cima do Alaor, mas no fundo ela adorava chupar o pau dele.

AndreiaEditar

Uma puteira de 5ª desqualificada que queria casar com Marcos, mas que se casou com um velho da pica caída só pra comer o dinheiro dele e se fodeu porque o velho é avarento e botou ela no cabresto.

ArleteEditar

Uma coitada que adora coroas como César e Sampaio. ela terminou a novela com o Sampaio, mas sempre ia ao apartamento do César.

AlemãoEditar

Um homem nojento da barba cheia de catota que meteu tem um romance com a mulher de Virgílio.

Dr. MunhozEditar

Um cara que batalhou pra comer se casar com a Tônia mas não conseguiu nem chupar a boceta dela, mas isso não o abateu porque ele é gay na vida real.

Seu FlorianoEditar

Um pescador velho e homossexual enrustido que acha que é corno, mas todos sabem que Isaura nuca o trairia porque ela é muito mais velha que ele feia mas bem que ela poderia traí-lo porque transa gostosinho.

IsauraEditar

Uma prostituta velha que é ruim como o cão porque não arranja macho e que tenha seduzir os telespectadores com os faróis acesos roupas com tecidos equivalentes a o tamanho de uma luva.

Chico BeloEditar

Que não tem nada de belo.

Zé PedroEditar

Um velho gigolô nojento que prostitui a própria filha.

ReginhoEditar

O Zé Pedro é o cafetão da Tônia e ele é o cafetinho, morrreu apos dar o rabo no rio e pegar mais de 100 DSTs dos peixes.

ManuelaEditar

Uma fofoqueira velha.

CelinaEditar

Suposta Irmã do Alaor, o caubóiola, mas ela está mais pra avó dele,.

MarujoEditar

Um cara maneta que queria matar um tubarão que comeu o cu dele e não pagou o braço dele.

ServilhoEditar

O corno manso da prainha, ele aceitou a mulher de volta depois dela ter passado o rodo na prainha inteira e abençoado pelo Jesus negão.

GarnizéEditar

Um velho tarado que queria comer se casar com a Manoela.

AtrevidoEditar

O cavalo branco do Alaor que já comeu a Rutinha.

ETC...Editar

Trilha SonoraEditar

  • Lançada nos formatos CD, LP e K7 pela Som Livre, dividida em nacional e internacional. A trilha internacional, a princípio, não deveria ter saído, por decisão da própria Ivani, que no final contudo acabou cedendo.

NacionalEditar

Capa: Ruth na frente e Raquel no verso, e o fundo tem a cor cinza.

  1. Ai Ai Ai Ai Ai - Ivan Lins
  2. Pensando em Minha Amada - Chitãozinho & Xororó
  3. Sexy Iemanjá - Pepeu Gomes (abertura)
  4. Encontro das Águas - Maurício Mattar
  5. Caminhos Cruzados - Gal Costa
  6. Ovelha Negra - Os Fantasmas
  7. Paraíso - Mariana Leporace
  8. Down - T Set Squad
  9. Toque de Emoção - Joanna
  10. A Vida é Festa - Banda Beijo
  11. Desafios - Simone
  12. Figura - Orlando Morais
  13. Fantasia Real - Biafra
  14. Gîtã - Raul Seixas
  15. Dirty Game - Easy Rider
  16. Voyager - Franco Perini

InternacionalEditar

Capa: Marcos, e o fundo tem cor de argila.

  1. Easy - Faith No More
  2. Sweat (A La La La La Long) - Inner Circle
  3. Bed of Roses - Bon Jovi
  4. (Do You) See the Light - Snap!
  5. Let it Be Me - Ouriel
  6. Close Encounters - Clouseau
  7. Forever in Love - Kenny G.
  8. Bad Bad Boys - Midi, Maxi & Efti
  9. Wild Thing - Tone Löc
  10. Simple Life - Elton John
  11. Looking at my Girl - Double You
  12. No Ordinary Love - Sade
  13. Latin Motion - Frank Shadow
  14. Groovin' in the Midnight - Maxi Priest
  15. The Colour of the Risk - Franco Perini

Tema de aberturaEditar

À noite vai ter lua cheia
Tudo pode acontecer
À noite vai ter lua cheia
Quem eu amo vem me ver

Venha ver com o mar
O luar, o solar
É o amor que me incendeia
Vou sair de mim
Leve como o ar
E agradar minha sereia

Se ela me chamar
E quiser me amar
Eu vou, vou, vou
Sexy Iemanjá
Tudo a ver com o mar
À noite vai ter lua cheia