Abrir menu principal

Desciclopédia β

Muridae

Ratinhos
Um murídeo da fauna brasileira
Um murídeo da fauna brasileira
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Classe: Mamadores
Ordem: Ruimdentia
Família: Ratinhos

Muridae, os ratos do Velho Mundo, é a mais numerosa família de mamíferos do mundo, composta por todo tipo de ratazana encontrada na África e Lestásia, de cauda longa, aspecto amedrontador e hábito de comer bebês e defecar em cereais. Encontram-se variados em mais de 8000 espécies, embora isso seja apenas preciosismo de biólogos muitíssimos desocupados, pois todos ratos parecem simplesmente todos a mesma coisa repugnante.

AnatomiaEditar

Todos os ratos são dotados de caudas longas escamosas que se assemelham a vermes com torcicolo ou cobras albinas, olhos pequenos para ver, e patas ágeis usadas para manipular objetos encontrados em seu ambiente, tais como grãos de milho, sapatos sociais, ou plástico bolha, na melhor posição para roer, comer e sujar, os três comportamentos básicos dos murídeos.

Os murídeos são animais roedores pequenos, chamados de "ratos", geralmente marrons, cinzas ou pretos, com um nariz pontiagudo e cortante, e dentes que crescem constantemente durante toda a vida média destes ratos que é de 61 dias. A cauda sem pelos comuns a todas as espécies de roedores é na verdade uma ferramenta útil para o equilíbrio dos murídeos que tem como principal hábito se esgueirar através de tubulações de fios de telefone para atingir casas que pretende se infiltrar e assustar pessoas. Esta cauda também é usada para dissipar o calor em tempos quentes, e como resultado um rato pode nadar por óleo fervente e passar por fogueiras completamente ileso, simplesmente dilatando os vasos sanguíneos em sua cauda para ajudar na liberação do calor extra.

Um murídeo é um animal resistente muito flexível, e embora possa medir mais de 45 centímetros do nariz à cauda, ele pode espremer-se com total facilidade através de um buraco não maior que o diâmetro de um palito. Em apenas 6 dias de idade, quando ele ainda é maioritariamente sem pelos e dependente de leite de sua mãe, um rato pode escalar uma parede de concreto vertical de 50 metros como se tivesse degraus e saltar até 16 metros em um único salto.

Como um adulto, o murídeo médio pode nadar bem como qualquer peixe, superando facilmente até golfinhos em uma linha reta, embora as espécies maiores sejam um pouco mais rápido apenas do que uma truta. Os dentes destes ratos são tão fortes que podem cortar ferro e diamante sólidos sem dificuldade. Na verdade, as únicas coisas que são poderosas o suficiente para desgastar os dentes de um murídeo são os seus próprios dentes, razão pela qual os murídeos devem triturá-los regularmente, ou eles vão crescer no crânio e perfurar o cérebro do animal, causando dores de cabeça de intensidade variável, lábios rachados, e irritabilidade.

Por alguma estranha razão, algumas pessoas tem ratos murídeos como animais de estimação. Desconhece-se o processo de pensamento do porque qualquer um iria querer um rato de estimação, exceto as explicações de descrevê-los como "bonititinhos ' adoráveis". Uma teoria é que, se alguém olhar dentro dos olhos de um rato, ele irá assumir o seu cérebro e fazer com que você o acolha e o salve de tornar-se comida de cobra.

HabitatEditar

Os ratos murídeos tem usado sua inteligência para atingir uma distribuição mundial através da manipulação da inferior raça humana. Eles infiltram-se a bordo de seus vários navios, aviões e automóveis migrando facilmente para novos territórios em que teria encontrado dificuldade de colonizar por conta própria. Devido a esta capacidade de adaptação incrível, os murídeos agora podem ser encontrado em toda parte do globo terrestre, na Estação Espacial Internacional, dentro de baleias no Oceano Pacífico, nos anéis de Saturno e as crateras da lua, e no interior selado a vácuo de latas de sopa e pimentão em supermercados em todo o mundo.

GênerosEditar