Abrir menu principal

Desciclopédia β

Museumsinsel

Bismarckpre.jpg Desciclopëdia über alles in der welt!!!

Estä arrtigö é alemon! Issö querr düzerr que ele é parrte dö conspürraçon gerrmänica parra inwadir ö Frankreich por trrás öutrra wez. Non faça scheiße, öu te porremos de quatrro nö cörredorr polonës.

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Quantas velharias reunidas num só lugar Cquote2.png
Você sobre Museumsinsel (Ilha dos Museus), Berlim

A Museumsinsel (Ilha dos Museus) é o nome de uma ilha no meio da cidade de Berlim, aonde os alemães colocaram um monte de museus. Por ser no meio de uma ilha, isolada do resto da cidade, esses museus são pouco visitados, principalmente porque ninguém se interessa em saber sobre história. Qualquer museu que exista em Berlim deve ficar nessa ilha, para dificultar o acesso de possíveis ladrões de obras de arte (lembre-se que a ilha fica isolada do resto da cidade).

Algum dos milhares de museus de Museumsinsel.

Antigamente, os reis alemães depositavam tudo o que era desnecessário, velho ou desinteressante nessa ilha. Primeiramente jogavam os objetos de qualquer forma por lá. Depois fizeram casas apropriadas para guardar esses dejetos objetos, conhecidas como museus. Na Segunda Guerra Mundial, o exército bombardeou alguns desses prédios para se livrarem de vez desses entulhos, e os que se mantiveram de pé hoje são patrimônios mundiais.

Índice

MuseusEditar

AltesEditar

O primeiro museu, chamado museu Altes, foi construído para abrigar as coisas inúteis usadas pela família real. Esse museu recebia a visita de inúmeras pessoas, que sentiam inveja dos utensílios reais. Eram privadas de ouro, garfos de ouro, facas de ouro, tudo de ouro ou de diamantes. Ele foi parcialmente destruído quando um monte de pobres e até ricos pilharam o museu e levaram um monte de objetos valiosos. Consequentemente, esse ano teve o maior número de pessoas que ficaram milionárias na Alemanha.

NeuesEditar

O Museu Neues foi feito depois do Altes para abrigar tudo o que os alemães conseguiram roubar achar no Egito. Ele tem múmias, tumbas do faraó, miniaturas de pirâmides, e outras coisas egípcias. Ele foi parcialmente destruído por causa da maldição do faraó, que deixou o museu infestado de escaravelhos assassinos.

Alte NationalgalerieEditar

 
Um visitante do museu Bode apreciando as obras de arte.

O Alte Nationalgalerie foi feito depois que alguns europeus ricos decidiram vender seus quadros para ganhar uma boa grana. Ele tem um monte de quadros valiosos, sendo o preferido por ladrões. Além dos quadros, ele tem um monte de estátuas de pessoas anônimas, a maioria deformadas (ou talvez as pessoas nas quais foram baseadas as estátuas sejam assim).

Museu PergamonEditar

O museu Pergamon abriga muitas obras islâmicas e do Oriente Médio. Entre seus acervos estão AK-47s personalizadas, foguetes de longo alcance, bombas, um monte de artefatos militares, etc.

Museu BodeEditar

O museu Bode, como o nome diz, abriga muitas coisas relacionadas a bodes e cabras. Seus acervos são principalmente leite de cabra, pêlos de cabra, chifres de bode, cabeças de bode, couro de bode, estrume de bode, e outras coisas de bodes.