Abrir menu principal

Desciclopédia β

Myrian Rios

ESTE ARTIGO É SOBRE UMA EX-GOSTOSA!!

Se você acha que ela está enrugada, gorda ou morta e enterrada, é porque o Tempo, o grande comedor, também traçou esta. Respeite os veteranos e não vandalize este artigo! Gerações passadas já homenagearam na intimidade do banheiro esta

EX-GOSTOSA

Manchete1517.jpg
NovoWikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Myrian Rios.
Myrian Rios satisfeita com seu marido
Myrian Rios satisfeita com seu marido

Cquote1.png São tantas emoções, ha ha ha! Cquote2.png
Rei Roberto Carlos sobre este artigo
Cquote1.png Myrian WHO? Cquote2.png
gringo bêbado sobre Myrian Rios
Cquote1.png Já cumi Cquote2.png
Roberto Carlos sobre Myriam Rios
Cquote1.png Mentira Cquote2.png
Erasmo Carlos sobre Roberto Carlos ter comido Myrian.
Cquote1.png Eu também! Cquote2.png
André Gonçalves
Cquote1.png Nós também! Cquote2.png
Torcida do Flamengo
Cquote1.png Mentira! Pensei que Myrian fosse virgem. Cquote2.png
carola babaca que assiste a TV Canção

Myrian Pinto Rios (Belo Horizonte, 10 de novembro de 1958) é uma puta paga atriz, apresentadora de TV e política brasileira, seguidora do aiatolá Jair Bolsonaro, vendedora de pastel na feira, pastora e tudo mais que render uma graninha.

Desde pequena, Myriam demonstrava o seu talento para a interpretação ao fingir que gostava quando ganhava beijinhos das velhas carolas da cidadezinha em que morava. Aos dezessete anos, considerada muito rodada pelos caminhoneiros foi tentar a vida na cidade grande, onde conheceu Moacyr Franco que lhe arrumou um programa na Rede Globo.

Desde o início da carreira, Myrian Rios se mostrou uma atriz esforçada e mostrou todo seu talento posando nua para a revista Lui em 1978 ou seja, no século passado. Como a vendagem da revista e a repercussão foram pequenas, Myriam tratou de posar mais duas vezes para a revista Ele & Ela em 1979 para que o Brasil percebesse o seu talento.

Assinou contrato de exclusividade ao assinar com a Globo para namorar com o Roberto Carlos, que comprou os direitos de sua imagem, impedindo que as revistas publicassem novas fotos de Myrian, sob o risco de terem que se ver com a ditadura.

Na Rede Globo, Myrian Rios, estreou na telenovela O Feijão e o Sonho, além de fazer o papel de esposa do Roberto Carlos. Depois que foi demitida da função de esposa do Rei, Myrian Rios tentou vários empregos, como o de pastora na TV Record, vendedora-apresentadora na Shoptime e mãe de mais um filho do André Gonçalves

Até que 2002 foi acolhida pela Fundação João Paulo II, financiadora do canal televisivo Canção Nova, onde conseguiu o emprego de missionária da Renovação Carismática, aparecendo em programas da rádio, internet e da emissora católica Canção Nova.

Em 2006, a atriz lançou o livro Eu, Myrian Rios, publicado pela editora Canção Nova, onde conta toda a história de sua vida e conversão à Renovação Carismática Católica e em 2008 lançou o CD "Orações a São Miguel Arcanjo", seguindo o projeto de se tornar um Edir Macedo ou Silas Malafaia da Igreja Católica.

Em 3 de outubro de 2010 foi eleita deputada estadual graças aos votos do Wagner Montes, mostrando que toda mulher sempre está atrás de um grande homem.

Myriam Rios mostrou toda a sua cultura e tolerância em um discurso na câmara dos deputados do Rio de Janeiro, ao dizer que não contrataria babás lésbicas porque elas podiam cometer atos pedófilos contra os seus filhos.

Telenovelas, minisséries, seriados e filmesEditar