Abrir menu principal

Desciclopédia β

Leptis Magna

(Redirecionado de Neapolis)
Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Leptis Magna são escavações e restaurações situada na costa da Líbia em uma região habitável e estrategicamente próxima da Europa.

Antiga Leptis MagnaEditar

 
O Arco de Septimius Severus de Leptis Magna, esculpido em areia.

Fundada por fenicios, Leptis Magna funcionava como sombra de Cartago e cidade preferida de pessoas mais discretas que não gostavam do movimento da cidade grande. Leptis Magna era até mais bem posicionada que Cartago, mas não tinha um nome carismático o suficiente para servir de bode expiatório durante as invasões púnicas e dominação romana no norte africano, então foi Cartago apenas destruida.

Sob domínio romano Leptis Magna era chamada de Nápoles do Sul para lembrar que aquilo era patrimônio sacro-italiano. Sob domínio de Roma, Leptis Magna apenas recebeu várias construções de infra-estrutura e veio a se tornar a pioneira em usar roubalheira política nas relações sociais das pessoas. O Imperador Septimius Severus teve a desonra de nascer na cidade de Leptis Magna pagando pela covardia dos pais que fugiram de Roma temendo as invasões transilvânicas, mas por outro lado, a nível história foi a única vez que a África dominou o mundo num período além o da Pedra Lascada.

Com o fim do Império Romano, Leptis Magna foi tomada pelos vândalos que ferraram com tudo vandalisando toda a arte e monumentos que os romanos levaram tanto tempo para erguer.

Como os vândalos tem uma organização social muito vandalizada, foram pegos desprevenidos por vários assaltos dos Bereberes que depois venderam a cidade para os bizantinos.

QuedaEditar

A cidade começou a dar merda quando os árabes começaram a dominar a Líbia e não queriam bizantino ou turco algum por ali. Após vários assaltos e suicídios os bizantinos foram expulsos.

Como árabe é muito supersticioso, após dominar a Líbia, jamais se atreveriam a habitar aquela cidade pagã aonde infiéis já tiveram prazer em estar pisando, então optou-se pelo seu abandono. Com o tempo a cidade foi engolida pelas dunas já que não havia ninguém para varrer a areia e hoje há apenas escavações.