Abrir menu principal

Desciclopédia β

Niflheim

{{#logotipo:http://www.zero49.com.br/thor/thor.png}}

Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada. Tome cuidado, pois você pode espirrar e ter sua alma levada pelo capeta caso alguém não fale saúde.

Soule.JPG Este artigo é GELAAAAAADO!

Mamutes vigiam o artigo, então vá pra casa, coloque um casaco e beba um chocolate-quente. Cuidado com o Yeti e não lute contra Sub-Zero!

Viking.JPG Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

NewBouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Niflheim.
Foto de Niflheim, com alguns de seus habitantes.

Cquote1.png Que lugar frio Cquote2.png
Boneco de neve sobre Niflheim
Cquote1.png AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!! Cquote2.png
Alguém sobre enchente causada pelo derretimento de Niflheim
Cquote1.png Eu moro aqui Cquote2.png
Fantasma de algum desconhecido sobre Niflheim

Niflheim (ou Terra do nevoeiro onde faz muito frio) é um dos reinos da mitologia nórdica, este formado por gelo, neve e nevoleiros. Ele se localiza próximo ao Pólo Sul, ou em baixo da Yggdrasil (perto do inferno.[1]). Lá vivem Papai Noel, os monstros da neve e também as pessoas que são cagonas, não vão para as guerras e não curtem Viking Metal (segundo os vikings).

Índice

CriaçãoEditar

Niflheim surgiu durante uma reunião dos deuses em Asgard. Eles perceberam que Muspelheim (o reino do fogo) estava em crescente expansão, e se continuasse se fortalecendo, o mundo sofreria com o aquecimento global. Depois de muito hidromel e brigas, todos chegaram a uma decisâo: A criação de um reino gelado para formar o oposto a Muspelheim e assim alcançar o equilíbrio terrestre.

 
Pequenos problemas causados quando grande parte de Niflheim derreteu em contato com Muspelheim.

Assim, fizeram um congelador gigante e deram-lhe o nome de Niflheim. Até agora, tudo estava dando certo. Porém, no momento em que o reino de gelo entru em contato com o reino de fogo, aconteceu uma catástrofe, causada pela burrice dos deuses, que não pensaram nessa possibilidade. O fogo de Muspelheim derreteu grande parte do gelo de Niflheim (claro, o calor derrete o gelo).

Então, aquele monte de água transbordou, indo parar exatamente no Midgard (o reino dos humanos). As enchentes causadas mataram um monte de gente, cehgando a destruir cidades como Atlântida. Até hoje as enchentes acontecem em países importantes, como Bangladesh e São Paulo. Depois do fim do aquecimento global, Niflheim se recuperou e voltou a ser um lugar gelado.

Surgimento do mundo após isso tudoEditar

Quando o gelo de Niflheim foi derretido pelo efeito estufa em Muspelheim, ocorreu uma reação química, mostrada abaixo:

 
 
 

  Não entendi nada  
Você
  Nem eu  
Qualquer pessoa sobre cálculos acima

Dessas reações, ocorreu uma grande explosão que explodiu tudo e recriou o mundo como conhecemos hoje. E não só o mundo, como também os seres vivos surgiram dessa explosão. A energia liberada na explosão criou o primeiro viking [2]. Mas os especialistas estão com muitas dúvidas. Afinal, como é que esse cara pôde se reproduzir? Acredita-se que ele incrivelmente consegui perpertuar sua espécie através do trabalho manual e solitário.

LocalizaçãoEditar

 
Moradores de Niflheim se divertindo.

Ninguém sabe ao certo onde esse negócio fica. geograficamente, Niflheim fica em baixo da terra, mas ao norte (?) de outro reino. Portanto, nem os mais nerds sabem se esse troço fica acima, ao sul, ao norte, em baixo, no centro, ou se Niflheim está em dois lugares ao mesmo tempo. Muito menos querem saber, já que isso não melhora em nada a sua vida.

Lar dos mortosEditar

Niflheim, sendo um pedaço de gelo sem nenhum atrativo, era um lugar completamente inútil. Para dar alguma utilidade ao local, os deputados de Asgard aprovaram uma lei que permitia a transformação de Niflheim[3] em uma espécie de depósito para os mortos. Funcionaria da seguinte forma: As pessoas inúteis, que serviam apenas como figurantes da história ou não fizeram porcaria nenhuma de importante, seriam mandadas para lá, onde coçariam o saco até o infinito.

Faltava algum voluntário para cuidar dessa gente. Então, os deuses escolheram uma tal de Hell Hel para servir de babá às almas que estivessem, em Niflheim. Desde esse dia, qualquer mané insignificante que morresse iria para lá.

NotasEditar

  1. Diferente de hoje, eles acreditavam que o inferno era gelado
  2. Como a mitologia é deles, esperava que quem fosse criado?
  3. É difícil pra caramba escrever esse nome corretamente

Ver tambémEditar

  Conheça também a versão oposta de Niflheim no Mundo do Contra: