Abrir menu principal

Desciclopédia β

Nobreza

Nobreza faliu!
Graficozero.JPG Nem o Sr. Burns quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.


Cquote1.png Você quis dizer: Puteiro? Cquote2.png
Google sobre Nobreza
Cquote1.png Experimente também: Pobreza Cquote2.png
Sugestão do Google para Nobreza

Você assustado ao descobrir que está neste artigo

Cquote1.png Você está demitido! Cquote2.png
Henrique VIII sobre Petros
Cquote1.png Quero ver me demitir, meu pai me apoia! Cquote2.png
Petros para Henry VIII
Cquote1.png Não tenho nada a comentar, só sei que nada sei! Cquote2.png
Sultão sobre Nobreza
Cquote1.png Eu te amo, meu lindo... Cquote2.png
Marie Antoinette sobre Petros
Cquote1.png Independência ou morte, e um rolo de papel higiênico! Cquote2.png
Dom Pedro I sobre Nobreza

Cquote1.png *facepalm* Cquote2.png
Resto do rpg sobre Nobreza

Cquote1.png Que meus amigos morram como o Pierre fez Cquote2.png
Eduardo Acnase sobre Nobreza
Cquote1.png Um manicômbio! Cquote2.png
Napoleão I sobre Nobreza
Cquote1.png Você quis dizer: Manicômio? Cquote2.png
Google sobre Rodrigo
Cquote1.png Na União Soviética Henry VIII é expulsado por VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal russa sobre Nobreza
Cquote1.png Só faço isso por causa do meu amore, io che amo! Cquote2.png
Henry VIII sobre Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II
Cquote1.png O que foi que eu fiz? Cquote2.png
Pedro V ao iniciar Theo na Nobreza


OrigensEditar

Os maiores divos da Nobreza foram sem dúvida Napôrrodolpho I, o atlético; Marie Antonieta, a rodada e Adenoid Hynkel, o sexy, que juntos construíram os primeiros barracos no morro que iria se tornar no futuro a Nobreza. Temendo o crescente número de cômodos no barraco do Napôrrodolpho I, Adenoid Hynkel, que era o Ditador da Comunidade de Moradores da Tomâ-nia, resolveu invadir a Favela França e tomar as bocas de fumo do Napôrrodolpho, que mandou colocar o Ditador da Comunidade Hynkel numa pilha de pneus e jogá-lo de cima do morro, após a Guerra dos Sete Barracos (Que veio depois da Guerra dos Sete Anos). Hynkel ressuscitou no corpo do Fred II, construindo assim o Barraco da Prússia, em seguida abrindo o Bordel de Sanssouci, o nosso Bahamas da Nobreza, que está ativo até hoje (em todos os sentidos), tendo como mais conhecidas garotas de programa a WilheLmina da Holan-da e a Madame Sophie, que fizeram fama no Sanssouci se prostituindo por vintxxxe reaixxx. Mais tarde, centenas de barracos foram sendo erguidos a cada segundo na nobreza, e os antigos donos das bocas de fumo mais famosas, Napôrrodolpho e Maria Antonieta, além do Fred II (que mais tarde fundou a gangue Os Otro Mano, chamado simbolicamente de Otomano, se auto-coroando Sultão da Gangue dos Otro Mano, onde é chefe até hoje) mandaram demolir tais barracos, abrindo a primeira Associação de Moradores, a OMIF (Os Mano Ignorante da Favela), que fechou anos depois por falta de verba de cocaína para abastecer os cofres. Os Plantageneta construíram seu primeiro barraco ao lado do Barraco do Xá (das cinco e de erva-doce) Nasser (suco de) Qajar I da Pérsia,

 
Palácio de Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II, o Belo

que vendeu seus luxuosos tapetes por um quilo de pasta base de cocaína. Junto com eles vieram os Magno, que fundaram seus barracos em todos os morros existentes na nobreza, atiçando a ira dos antigos chefes de boca, que manda-ram fuzilar todos os Magnos existentes na face da Terra. Mas era uma missão impossível, e nem Tom Cruise, contratado em reunião dos Chefes de Boca, foi capaz de deter tantos Mag-nos em sua frente. Assim como os Plantagenetas, os Magnos foram fadados ao título de Mais Noobs Existentes, posto este que só foi quebrado pelo Theo ainda em 2010.

 
Theo foi eleito o mais lindo e sexy da nobreza

Não podemos esquecer-nos da pior serial killer que a Comunidade da Favela do Unidos da Nobreza teve em sua vida: Princesa Diana, que criou a RR (Rabugentas Raparigas) para impedir que os Plantagenetas e os Magnos continuassem a importunar o pessoal das bocas antigas. Então ela lançou um movimento chamado “Somos Zé Pequeno, Não gostamos de Cópias”, que mandou hackear centenas de cópias em toda a nobreza, acabando enfim com os Magnos e os Plantagenetas que disseram que a brincadeira tava sem graça e que iriam chamar suas mães. Tempos mais tarde, o comércio de drogas foi perdendo lugar para a prostituição infantil (Já que 90% dos nobres são menores de idade) e prostituição de idosos. O Bordel Sanssouci parou de funcionar após a vigilância sanitária da favela comunicar a falta de higiene precária nos quartos, já que obesos (vide Henry VIII) e seres de outro planeta (vide Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II, o belo) estavam fazendo orgias com outros seres mitológicos e malignos do buraco infinito do pântano-cemitério do inferno, pois além de não pagarem a locação das suítes ao idoso Fred II, eles estavam transando sem camisinha, ou seja, sem um saco de estopa na cara para impedir as cenas chocantes e traumatizantes para qualquer ser vivente do Cosmo. Mais tarde o Bordel Sanssouci-Bar & Brega fechou, para a infelicidade dos seres da mitologia infernal, pois eram milhares de saco de estopa por dia, e o Fred II não pôde arcar com o prejuízo, mesmo com o Napôrrodolpho emprestando suas cuecas para o pessoal colocar na cara. Então com o fechamento do Risca-Faca Sans (como era carinhosamente chamado o Bordel do Fred), o pessoal passou à frequentar a recém-inaugurada Casa de Entretenimento e Felicidade dos Masturbadores Virtuais Château de Versailles, mais conhecido como Puteiro de Todas as Franças. Lá a tarifa era mais cara para entrar, devido ao alto custo em manter as garotas e os garotos de programa em atividade 24 horas por dia. Ao invés dos vintxxxe reaixxx cobrados em Risca-Faca Sans, em Versailles eram cobrados quarenta reaixxx só para entrar, e um suco de conhaque com esperma era vintxxxe reaixxx, como o Fred havia estipulado anos antes. Marie Antoinette era a cafetina-magna-mestra-suprema-absoluta do Puteiro Central Versailles, colocando o seu marido, Louisinho XVI como garoto de programa e os demais membros da corte, convidando até o digníssimo Napôrrodolpho para passar uns dias lá, para ver se o pobre se animava com as festinhas Vips que eram feitas todas as madrugadas naquele puteiro maligno. Foi lá que Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II Yoda, o belo, reencontrou Henry VIII, o macho man, e fizeram altas noites de orgias no Hall de entrada do palácio, pagando dois dias seguidos de estadia grátis para todos os membros. Foi lá também que Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II Yoda, o belo, conheceu o ingênuo Petros, o japonês, dizendo a ele que era mulher e que faria ele feliz todas as noites, ligando a webcam e fazendo orgias virtuais que não cessaram até Petros, o japonês, entender o erro, após colocar seu meio neurônio para pensar, mas nada adiantou, ele recebeu um tapa na cara do Eduardo Acnase-Asepxia&LuanSantana, e acabou perdendo o tão valioso meio neurônio. Nada adiantou, pois metade da nobreza já havia visto seus órgãos genitais um dia, sendo 80% deles Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II, o belo, e o restante a Laura (Princesa Diana). Saindo do Estado Vegetativo, passando 2 anos até quase todos na nobreza morrerem e ressuscitarem (entre eles Napôrrodolpho e Pierre, que Deus os tenha), o cérebro do Rodrigo, o japonês, finalmente sintetizou num novo neurônio, agora 0,0000000000000001% mais eficiente do que o irmão que morrera. No começo da nobreza o Rodolpho carregava a Marie Antoinette nas costas na ausencia de uma mula para lhe carregar, mas com o passar do tempo,

 
Ilustração de Marie carregando alguém

Marie Antoinette foi carregando muito, inclusive bandidos como Osama Bin Laden, Che Guevara (conhecido como Homem Macaco), e Petros da Grécia (apelidado por ela carinhosamente de meu pedacinho de Theo). Depois de um tempo ela se tocou de que merecia mesmo carregar todo mundo e deu a cara a tapa criando uma comunidade em 2006 para depois modificar e chamar de jornal, fazendo fofoca de todo mundo que se opunha a sua tirania à la Lenin. Como toda forever alone, A.C. foi carinhosamente apelidada de Barney, em consequência de sua rosidade fora do comum, além de seu espírito abracento

 
Reino da Marie visto por satélite.

Tá, aí depois de um tempinho começaram a fazer os reinos fictícios, como a Tomânia, em paródia com a Cidade de Toma (onde fica essa porra?), na Esbórnia Ocidental. Seu ditador, Hynkel, por ter uma característica sertano-agresteja em especial foi zoado e escurraçado, e seu reino de mais de mil não teve mais nota. Desistindo daquela desgraça, ele seguiu para o Império Otomânio (coincidência?), onde tá por lá até hoje. Esse senhor, meu rei, oxenti! Vish, ele tem mais fake do que banana em cacho verde caindo de maduro. Pois dá aloka, peida chora e vomita por tudo aquilo que lhe fazem, e tá pouco ligando. Naõ só ele, mas praticamente todo mundo faz isso, como a nossa conhecida celebridade Diogo Favelinha, que com seus planos malditos e ignorados por toda a nobreza fica num flop eterno. Como poderia deixar de citar Luísa Romanov, que a desgraça anda atrás da sua lindíssima pessoa? Casada com Theo, que se dissimulava de santo, ela teve uma vida próspera e saudável até parir um filho que muda de fake a todo momento Enzo Mikhail Joseph Milenome Ignorantius Todus Dogmas Nobrius Pius Locus Quenumparas Demudaris Romanov.

AtualmenteEditar

Com o passar do tempo, e com os filhos da puta se apossando de tudo que a pobre Marie e Rodolpho faziam, aconteceu dela ficar puta, assim como a maioria de sua corja e séquito de otários. Não demorou muito para que eles atacassem o santo Petros da Grécia, acusando-o de ser o desagradoso Theo das Ravinas do Inferno. A nobreza é o meio mais bagunçado da atualidade, pois você não sabe quem é quem, e quem faz acontecer. Geralmente 25,6% da nobreza tem um off em comum, o temido Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II dos Bosques do Céu!! Que aterroriza tanto a Sucumbida, Dona Marie Elisabeth da Grécia, quanto as outras mulheres que ficam sem homens por causa de seu espírito arrasador, estilo Norma Pimental e Valéria Vasquez, a Bonita. Ele, como todos sabem, é digno de uma capa da revista Times. Pois seus fakes atraem tantos machos como um javali atrai moscas para seu cu. Pois é tão interessante o modo em que ele os seduz: "Que horas são?", pergunta um ser desavisado. Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II, louco na malícia e cheio de todas as artimanhas sexuais responde "Hora do sexo", com o sorriso faceiro de diabo a quatro a dominar seus beiços avantajados e dominados por um bigodjenho a fazer. Não sei como, mas ele consegue ser amigo de todas as mulheres rejeitadas e trazê-las ao seu lado. Como já dizia sabio Viadócrates: "Educai as mulheres para amigas, não para parceiras!!!", no estilo da pessoa de Edward Fahrenreit, que abusa das exclamações como ninguém, usando-as em grandes proporções, porém perde pírricamente quando o assunto é manter-se ativo no RPG, preferindo seu QI de 419, ou algo do tipo a uma boa conversinha.

 
Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II com seu namorado Henry VIII Samuca da Tijuca e um amigo inominado

Recentemente Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II adquiriu novas presas, como George III, roubando se Sua Sukidade a Sucumbida que revelou os segredos mais podres de Henry VIII, Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II e toda a porcalhada junto.

 
Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II cortejando George III

Nobreza segundo o sabe-tudo wikipédia representa o pessoal que ganha uma coroa e recebe espadada no lombo pra virar mauriceba. Pra eles os fdps dos reis davam parte dos territórios que roubavam dos que invejavam e invadiam então também davam o controle político, e essa desgraça de nobreza tá associada a um título e pode tá ligada a um governo específico, como os Volteir, que são vassalinhos do Ducado de Milão e os Tudor que são vassalos de Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II e Henry VIII chefe de toda a europa. Esse sistema ficou burro no começo do século XX, aí o Henry VIII e todos os seus chars e de seu amado Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II não poderiam dar aqueles títulos gigantes que Theo também gosta de dar, assim como Sukumbhydah, a Rainha dos Helenos e Mad, a Burra que implica com Pedro I. Aí a desgraça se fez, e os nobres que viraram plebeus não quiseram perder a pompa e continuaram com essa merda toda até estarem espalhados como coelho por todo mundo!!! Mas isso é na vida real, nessa merda de fake a gente bota pra fuder, e Maximilian II/Anna Tudor/Wilhelm II com seus 400 chars não sossega, bota pra fuder mesmo, independente de quem passe por cima. Por exemplo, para conseguir o Sacro Império passou por cima de Petros, para conseguir Eleanor Riscada passou por cima do cafetão dela, pra conseguir o Henry VIII fez a outra deletar, e pra conseguir dar pro Petros cobrou 20 reais como Vanessão! Pra conseguir ser a Charlotte, passou por cima de Sukumbida. Mas ao contrário do que pensam dessas maravilindas personalidades, elas são do balacobaco. Por exemplo, Dona Isabel do Plata, atualmente Luisa, Fernando, Duquesa del Riojinho, entre outros de seus centenários chars: calma, esguia e que não perde uma boa fofoca, mesmo que tenha de passar por cima da segurança da Rainha Elizabeth II, fazendo isso com perícia pois suas habilidades furtivas são bem cultivadas no meio em que vive. Junto com A.C., vulgo Barney, ela mantém-se na roda de fofocas onde se usa exclamações em sobejo para mostrar o quão surpresas estão, apesar de manterem junto delas um capacho em especial, o irmão do elfo doméstico Dobby, Eduardo Graf Acnasen von Asepksia.