Abrir menu principal

Desciclopédia β

Nuclear (DC Comics)

20121009225518!Os Incríveis.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

820px-Alba.jpg Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Blaze!

Nuclear e uns quatrocentos clones seus, imitando uma clássica cena da Crise nas Infinitas Terras.

Cquote1.png Você quis dizer: Carinha das fusões Cquote2.png
Google sobre Nuclear (DC Comics)

Sprite firestorm hovering01.gif

Nuclear, nome brasileiro do herói Firestorm da DC Comics (sim os nomes não tem nada a ver um com o outro, provando a incrível capacidade de tradução dos brasileiros), é um herói com poderes atômicos e flamejantes que os ganha de um jeito completamente diferente de qualquer outro herói norte-americano (mas idêntico à qualquer personagem de anime): A Fusão!

Índice

HistóriaEditar

 
Ronnie e Stein após a dancinha.

O Nuclear original, cujo nome verdadeiro era Ronnie Raymond ou simplesmente Ronaldo Raimundo, era um típico adolescente burro e mala, que geralmente não costuma fazer muita coisa da vida. Entretanto, depois de conhecer o cientista louco e Premio Nobel de física Martin Stein, sua vida mudou completamente.

De início, Stein, que era um conhecido pedófilo da cidade, tentou convidar o garoto para sua casa e assim poder violentá-lo. Mas os dois foram pegos em um acidente nuclear (não pergunte como uma coisa levou a outra pois o personagem nunca fez muito sentido mesmo).

Essa explosão lhes permitiu um poder completamente novo: Eles podiam se fundir (é Fundir com n e não sem, como o Professor Stein teria preferido) e se transformavam no "homem nuclear" Firestorm. Devido a Martin Stein estar inconsciente após um pesado surto de diarréia durante o acidente, Raimundo era proeminente sobre a forma de Firestorm podendo usar o corpo e tal enquanto o outro foi obrigado a passar a eternidade flutuando na cabeça do adolescente e lhe dando conselhos (alguns dizem que foi um destino pior do que a morte).

Assim, usando essa transformação sempre que necesária, sendo que para refazê-la era só utilizar-se da já clássica dancinha da fusão, os dois podiam sair por aí voando e atirando raios em inocentes que estivessem no caminho. Assim nasceu o Nuclear!

PoderesEditar

Tendo é claro os típicos poderes que 99,999% dos super-heróis já criados possuem, ou seja: super-força e poder de voo, Nuclear ainda pode se usar de raios energéticos e radioativos que queimam o ninimigo e fazem ele ficar estéril.

Ele ainda pode soltar um raiozinho estranho que controla a matéria, transformando-a de uma coisa em outra como por exemplo transformar madeira em ouro, salgadinhos em bobmabas atômicas e chumbo em florzinha coloridas e inúteis. Infelizmente essas transformações nunca são úteis já que Ronnie, assim como Stein, são demasiadamente estúpidos para pensar em algo útil para transfomar em uma batalha, preferindo fazer ursinhos de pelúcias e outras boiolagens do tipo.

Morte, Substituição e RetornoEditar

 
Nuclear, encorporando os poderes da Mula-sem-Cabeça.

Como todo personagem de histórias em quadrinho de super-heróis, era óbvio que uma hora ou outra o Nuclear também tinha que morrer e ressuscitar! No caso dele, isso aconteceu durante a Crise de Identidade, quando um vilão pegou uma espada e o atravessou, fazendo-o explodir (sim, ele tem poderes nucleares mas uma espadinha já basta para explodi-lo). Com isso logo apareceu um substituto para Ronnie Raymond, no caso um traficante maconheiro chamado de Jason Rush. Rush estava andando normalente certo dia, vendendo as suas ervas, quando foi afetado pela terrível radiação que a morte do Nuclear causou!

Assi, além de ficar estéril e contrair um monte de doenças Jason virou o novo Nuclear!! E como não havia mais o Professor Stein por perto, ele agora para se transformar podia fazer a dancinha da fusão com qualquer pessoa, e essa pessoa morria logo em seguida de um jeito extremamente idiota. Assim lá se foram seu pai, seu melhor amigo, seu pior inimigo, o valentão da escola, a visinha gostosa e a namorada japonesa do cara, cada um deles se fundiu uma única vez com Jason e logo em seguida já morreu de uma forma estúpida, fosse se explodindo no espaço ou sendo comido por zumbis.

Felizmente, o Nuclear original retornou recentemente, e como aturar dois caras com essa forma seria demais pra qualquer um, ficou decidido que a partir daí oJason e Ronnie deveriam fazer a dancinha da fusão um com o outro se quisessem se transformar, criando assim um Nuclear 3.0

Os Ensinamentos da FusãoEditar

Por mais surpreendente que isso possa parecer para qualquer otaku, na verdade não foi Goku nem nenhum outro personagem japoronga que inventou os poderes de fusão, tão amados por lá. Na verdade, foi o próprio Nuclear, após uma dessas viagens através do Multiverso que são tão comuns nas histórias em Quadrinhos, que foi parar no universo de Dragonball e de outros animes e decidiu ensiná-los os seus velhos turques de se foderfundir com outros.

Como nem todo mundo tem poderes nucleares para ajudar no trabalho, ele ainda preparou uma espécie de dancinha da macumba que os faria se fundirem através de poderes satanicos.

Dizem também que os Brincos Potara são crias do Nuclear, que os vomitou após uma criase de asma.


v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!