Abrir menu principal

Desciclopédia β

افنستان اسلاميجمهورية مصر العربية جمهوریت جمهورية السودان ايران سلطنة عُمان جمهورية العراق
Sagrado Superior Sultanato de Omã
Oh Man!
Bandeira de Omã
Brasão de Armas de Omã
Bandeira Brasão
Lema: Ficamos no Oriente Médio! Acreditem!
Hino nacional: Alá salve os Chihuahuas

Localização de Oh Man!

Capital Mascado
Cidade mais populosa Mascado
Religião oficial islamismo
Governo liderança amigável
 - Sultão Popeye
Heróis Nacionais Qualquer um que xingue Dubai
 
População desconhecido 
 
 
Moeda petróleo


Cquote1.png Você quis dizer: Onã? Cquote2.png
Google sobre Omã
Cquote1.png Você quis dizer: Oh, man? Cquote2.png
Google sobre Omã

Cquote1.png O MÃe! Cquote2.png
Paulinho chamando sua mamãe

Cquote1.png Fica perto do Acre, né?? Cquote2.png
Carla Perez em raro momento de lucidez, sobre o Omã

Omã é um país criado por jogadores de Adedonha para quando eles precisassem de um CEP que comece com a letra O pois este é o único país do mundo que tem o nome começado por esta letra. Sua criação deu-se logo após a tomada da antiga Olanda pelos jogadores da letra "H".

Índice

HistóriaEditar

AntiguidadeEditar

A fundação de Omã começou em 1300 A.C. (época que foi inventado o jogo de STOP, então chamado CRACANUT) e seu primeiro rei foi Joaquim da Silva Lobatorsk. Antes da fundação, Omã era um conjunto de tribos indígenas que brincavam de CRACANUT o tempo todo até sair a letra O. Ninguém sabia CEP com O, até um homem chamado Lobatorsk responder "Omã". Daí passaram a venerar ele como se fosse um deus.

Invasão árabeEditar

 
Agora você entende porque não sabe quase nada sobre Omã. Lá não tem nada.

No século VI os árabes tentaram invadir Omã mas um gorila de 8 metros apareceu e matou os árabes, num episódio famoso chamado "gorila de omã" em referência clara ao "cavalo de tróia". Os Omanianos iriam transformá-lo em Deus mas preferiram vendê-lo para Hollywood, onde ele veio a ser astro estrelando o thriller Planeta dos Macacos e o próprio filme King Kong.

Agora, sem o gorila, os árabes finalmente puderam invadir o Omã no século VII e instaurar o islamismo.

ModernizaçãoEditar

Em 1892 houve a revolução industrial que mudaria para sempre o país (na verdade não mudou nada, mas deixa para lá). Em 1911 houve uma guerra pelo petróleo (onde descobriram que não havia petróleo no país).

Omã, quando foi dominada pelos nazistas, foi o único pais que não apoiou as ideias tolas de Hitler. Este nem se importou, afinal não tinha nada naquela terrinha que lhe fosse útil mesmo.

Fatos recentesEditar

Em 2005 a Microsoft vendeu para Omã por quinhentos tostões 5 mil micro-computadores com processador Celeron. Desde então Omã é famoso mundialmente como país com maior número de computadores Celeron (a.k.a. computadores quebrados) do mundo.

Em 2008 o RBD fez seu primeiro show internacional em terras omanianas, fato que contribuiu para a queda do IDH de Omã de 0,390 para 0,256.

GeografiaEditar

Se você pegar um mapa da região, verá que o Omã está aplicando um chute no não-sei-lá-onde do Irã.

A capital do Omã é Mascate, que fica do lado da Bahia, onde são produzidos as gomas de mascar da Arábia.

SubdivisõesEditar


EconomiaEditar

 
Esã é a idade de Omã

Omã é a capital mundial da agricultura omonopotente. Agora o significado disso não é muito conhecido.

PopulaçãoEditar