Abrir menu principal

Desciclopédia β

Organização Criminosa Odebrecht

A Organização Odebrecht, Grupo Odebrecht ou apenas Odebrecht foi uma grande máfia (conglomerado) de empresas com o único intuito de ganhar licitações em empreendimentos das mais diversas áreas de construção, energia, eletricidade e petroquímicos, em países em processo de subdesenvolvimento. Enquanto esteve em operação, a empresa foi conhecida como Odeàbrecha, por utilizar de brechas nas leis destes países para enriquecimento da própria e de seus apoiadores, como Eike Maravilha Batistuta, José Carlos Bumdãolai e outros picaretas que levaram um jato da Polícia Federal, direta ou indiretamente. Atualmente a empresa deu lugar ao Odebrejo, uma empresa que vive de ajuda do governo em troca de alguns acordos de leniência.

Organização Odebrecht
Facção Odebrecht
ODE À BRECHA EMPREITEIRA S.A.
Logo odebrecht.png
Logo da Odebrecht
Slogan Viva as leis!
Gênero Empresa de privada
Ramo Empreiteira
Fundado em 1944
Sede Sofredor, Bandeira do Brasil Brasil
São Paulo, Bandeira do Brasil Brasil (máfia)
Proprietário Marcelo Odebrecht
Empregados Milhares de brasileiros + todos os africanos empregados
Produtos Acordos parlamentares
Lobby
Obras inacabadas
Vitórias em licitações
Entre outras empreiteirisse
Lucro Pré-Lava-jato: Aumentou PIB do Brasil, Bolívia, México e da África juntos.
Pós-Lava-jato: Abaixou PIB Zimbabuano
Sítio
www.odebrejo.com.br
® Desciclopédia

Índice

HistóriaEditar

A empresa surgiu em algum dia do ano de 1944, quando Norberto Carias dos Santos Odebrecht decidiu fundar uma empresa para fraudar concorrências publicas, no estado da Bahia, durante o carnaval de Salvador daquele ano. No início era difícil o Norberto convencer os prefeitos que a empresa dele oferecia melhores rentabilidades do que seu concorrente soteropolitano, a OAS, mas depois o patriarca da empresa conseguiu convencer o Coronel ACM, dono do feudo baiano, sua proposta era a mais vantajosa para ambas as partes.

Norberto continuou presidente daquela merda até 2009, quando teve de pedir licença do cargo para concorrer ao BBB daquele ano. Em seu lugar, ele nomeou seu neto, Marcelo, o qual chamava carinhosamente de Marcelinho.

Marcelinho não tinha EXP points no negócio como seu deshonrado avô tinha. Então ele teve de buscar auxílio com algum macaco velho nisso. Foi então que ele conheceu Lula e toda a cúpula do governo naquela época.

Com isso a empresa passou a ganhar, além de obras, concessões de grandes empreendimentos, concedidos num prazo quase infinitos de anos, como foi o caso do new Maracanan, um antigo estádio no Rio de Janeiro e atual aterro sanitário esportivo.

OperaçõesEditar

Boa parte do cartel que integra a Organização Odebrecht atua no ramo da construção civil, um ramo de negócio que dá dinheiro pra caramba, além do gasto que pode ser mínimo (Sérgio Naya sabe disso). Além de empilhar tijolos, a organização também tem empresas que atuam no ramo petro-que-mico, por meio da Brás quem? e tendo como grandes parceiro de falência a Petrobras.

Projetos SociaisEditar

  Você quis dizer: Meios de adquirir isenção fiscal  
Google sobre Organização Odebrecht
Uma empresa desse porte, claro, não poderia deixar de procurar um meio melhor de manter o dinheiro que ganhou ao longo dos anos que não fosse o da isenção fiscal, por meio de projetos de fachada, semelhantes aqueles feitos pelos seus amiguinhos de negócios Luiz Inácio (Instituto Lula) e Roberto Marinho (Fundação Roberto Marinho). A Fundação Odebrecht é um meio eficiente que os magnatas da empresa arrumaram para que o Estado não enfiassem as gordas mãos — e pegasse o que lhe foi roubado — nos bolsos da família Odebrecht.

CuriosidadesEditar

 
Tua mãe desencoraja seções de curiosidades, mas nós não ligamos a mínima! Sob as políticas da Desciclopédia
Mas bem que esta seção pode ser aproveitada integrando-se piadas decentes às seções mais adequadas.
Cada curiosidade pode render uns bons parágrafos, então faça direito!
  • Apesar de ser uma empresa brasileira, 99% da população não sabe ou simplesmente não consegue falar Odebrésh-t. O mais perto disso que conseguem falar é Ôdebréshi. Isso se dá, porque muitos souberam da existência da empresa através do Jornal Nacional.
  • A empresa responde por boa parte do que é produzido no continente africano, ficando atrás somente das multinacionais da china, né? Em lugares como a Angola, a empresa é a única que escraviza emprega pessoas.

Ver tambémEditar