Abrir menu principal

Desciclopédia β

Os Guerreiros do Armageddon


Cquote1.png I don't wanna close my eyes, I don't wanna fall asleep... Cquote2.png
Aerosmith sobre o filme
Cquote1.png Lucifer, seu merda você não consegue matar esses simples cavaleiros??? Aff tenho vergonha de ter te criado Cquote2.png
Deus sobre Lucifer
Cquote1.png PORRA! Vai se fuder, o pessoal falar que eu tenho chifre, sou feio, fedorento e influencio a Igreja Universal ainda vai... agora me desenhar como se eu fosse um BAITOLA EMO pintado pra sair no desfile da Parada Gay... é sacanagem!! Cadê meus advogados?! Cquote2.png
Capeta sobre ele mesmo no filminhu classe D dos CDZ
Cquote1.png Como é que esse tais Anjos da Morte acabam com os cavaleiros de ouro em 10 segundos e demoram uma saga inteira para PERDER pra esses merdas de bronze? Cquote2.png
Otaku inconformado sobre Lúcifer

Poster do filme(Observe do lado direito a cima)


Filme também conhecido como "A Batalha Final" ou "Especial de Natal dos Cavaleiros do Zodíaco" foi uma tentativa do Bispo Edir Macedo em converter otakus, usando elementos satanistas para conseguir tal intento. Acabou que o filme foi um fracasso total, e, até hoje é odiado pelos fãs nerds do programa.

Índice

HistoriaEditar

O Criador da Série é tão noob que o filme começa com a introdução de Poseidon mas deixamos isso pra lá... Tudo começa em uma noite, Mu de Áries está em sua casa descansando quando de repente sente um cosmo muito porreta, Mu estranha e daí os anjos da morte o atacam brutalmente, por todos os lados (ui!) e o mesmo ocorre com todos os Cavaleiros de Ouro, quando chegam na ultima casa eis que aparece Lúcifer, o senhor das trevas e corta a cabeça de Athena e diz que vai destruir a Terra e bla bla bla (Idéias tiradas de Popô, Hades, Abel, Apolo, entre outros).

O capeta foi no satuarioEditar

Mais uma batalha épica (ui!) começa entre o bem e o mal. Nesta parte, os quatro anjos da morte de Lucifer viram vários raios azuis que furam os Cavaleiros de Ouro um por um rapidamente.

Assim ao chega ao templo de Athena, Lucifer aparece e arranca a cabeça da estatua com o seu golpe.

No dia seguinte Athena descobre que sua estátua foi destruida por alguém muito malvado, perverso e cruel, tirando o fato de que ela deu graças à Deus por ter sido a estátua e não ela. Então aparece Lúcifer. Hyoga diz que ele foi dotado de grande beleza e poder pelo Deus onipotente, no entanto ele quis ser superior a Deus e isto causou a ira dos céus então ele foi jogado no inferno para sempre... Lúcifer ficou tão nervosa que queimou a bíblia de Hyoga.

Lúcifer ressuscitou dois bundões metidos a machão e uma puta, já conhecidos dos fãs otakus da série, e diz que eles vão destruir a Terra para ele.

Mais para frente os quatro cavaleiros se reúnem com Athena e Lúcifer aparece com os seus quatro anjos rebeldes ou conhecidos como Anjos da Morte. Lúcifer fala para Athena que tem que encontra-lo no Pandemônio, e ela obviamente aceita, já que é chegada num inferninho.

Luta entre Shun e Erigor de MantisEditar

 
Ikki não aguenta ter um irmão muito frutinha e decide se matar

Os cavaleiros seguem em frente e logo em seguida encontram uma coisa estranha parecida com uma gosma, dai aparece Erigor de Mantis o anjo do poder.

Erigor, que é adepto das Facas Ginsu, praticamente retalha Shun destroçando sua armadura e quase furando seu coração. E decide cortar sua cabeça, mas quando ia atacar aparece seu irmão baitola para salva-lo mais uma vez... Ikki ataca com um golpe muito doido que infiltra a mente humana e faz o inimigo ter ilusões.

O anjo pensa ter cortado a cabeça de Ikki mas tudo não passou de uma viajada legal, então Ikki o destroça com seu Ave Fênix.

Luta entre Hyoga e MoaEditar

 
Moa muito gayemo em seu esquife de gelo feito por ninguém menos do que a reserva da Sailor Moon

Seiya e Hyoga encontram uma borboleta e logo em seguida descobrem o disfarce emo de Moa, outro anjo da morte. Logo em seguida Moa transporta Hyoga para um campo de rosas onde o cavaleiro encontra sua querida mãe, então quando Hyoga foi para abraçá-la, Moa o ataca.

Mas Hyoga é tão burro que não revida em Moa que está tomado pelo corpo da sua mãe, então Hyoga apanha muito até o Tico ligar com o Teco e resolver finalmente atacar Moa, então o anjo morre e vai direto para o céu, sua casa de praxe.

Confronto com LúciferEditar

 
Belzebu Sendo destroçado

Athena está subindo até o Pandemônio com espinhos ferindo muito ela no mau sentido... então chega Seiya e tenta atacar Lúcifer mas é interrompido por belzebu e apanha até mais do que o usual. Logo em seguida Seiya usa mais uma vez seu pó de purpurina com seus amigos e veste a armadura de Sagitário. Seiya acaba com belzebu rapidamente e vai até Lúcifer.

Então, numa atitude covarde, Lúcifer que passa o filme todo falando e cortando as cabeças das estatuas do santuário, não tem coragem nem ao menos para levantar da sua cadeira para enfrentar o C&A decide agarrar Athena encoxando-a para satisfazer suas ambições (e aquele tesão reprimido que mantinha por ela, ja que não tem nenhuma deusa gostosa no inferno mesmo, Hilda e Éris ainda estavam vivas). Seiya pede a ajuda de Deus, e o Criador decide atender a seu pedido e com a flecha de Sagitário acaba com o anjo caído.