Abrir menu principal

Desciclopédia β

Os Seminovos

Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Combo grupo.gif

Made in Nihon Brasil! /o/

Este é um artigo kawaii com tecnorogia japonesa brasileira Y.Y!!
Otakus acham isso sugoi _o/\o_
Mas se vandalizar, o Bando do Falcão vai cair matando em você _o/\o_

Este artigo pode (ou não) apresentar texto escrito em japonês. Se você só estiver vendo ��� ou algo similar, ajoelhe-se e agradeça AGORA a Jeremias pela inabilidade de seu computador exibir esses desenhos de tatuagem feiosos e tão incompreensíveis (coitadinhos!).


Cquote1.png Você quis dizer: Restart dos anos 80. Cquote2.png
Google sobre Os Seminovos

Cquote1.png Você quis dizer: Os Semi-Velhos Cquote2.png
Google sobre Os Seminovos

Cquote1.png Você quis dizer: Fãs de Naruto Cquote2.png
Google sobre Os Seminovos

Cquote1.png Ela é otaku Cquote2.png
Seminovos sobre otaku

Cquote1.png O meu carro é seminovo Cquote2.png
Carla Perez sobre Seminovos

Cquote1.png Escolha já seu nerd Cquote2.png
Os Seminovos sobre nerd

Os Seminovos é uma banda de doidos que iniciou sua carreira cantando em versões com o sucesso "Do Tipo I Hate you" e, atualmente, distribui suas músicas gratuitamente no site Charges.com.br. É formado por: Neto Frog (voz), Maurício Ricardo (baixo, voz), Neto Castanha Paraense (guitarra ninja, produção), Tchana (baixo, guitarra base, voz), Alex Mocotó (bateria).

MúsicosEditar

 
Emo. Uma das espécies que são fisgadas pelos Seminovos

Maurício Ricardo – (Baixo, backing vocals e letras) É o criador do site Charges.com.br - tão sem graça, quanto sua bandinha semivelha... Sua primeira experiência com um objeto que tocava músicas foi com o grupo Solo Vertical, que chegou a gravar dois péssimos discos em 1900 e guaraná com rolha, um deles pela multinacional BMG - como conseguiram, até hoje é um mistério!! Com produção de Marcelo Kissersucker. Com o fracasso do trabalho, o Brasil ganhou um chargista e animador fraquinho, mas Maurício nunca deixou de se envolver com diversas bandas cover ao longo dos últimos 20 anos.

Neto Castanha do Pará – (Guitarra solo, arranjos, produção) Músico que pensa que é versátil, além de mediano guitarrista José Ferreira Neto é baixista e baterista de mão cheia. Essa pseudo-versatilidade e um fascínio quase obsessivo por trambolhos engenhocas eletrônicas o levaram a se destacar como produtor de gravações de sertanejos e pagodeiros na região do Triângulo Mineiro - diga-se Araguari. Como músico, vem atuando em incontáveis pequenos projetos. Com a banda Tamisa(que porra de banda é essa?), chegou a viver em Londres - grande bosta!!!!, gravando um EP em inglês e tocando no antológico Round House Kick - um buteco fedido londrino que já recebeu até o U2 em 1910. O Round House Kick é onde ele já fez seus shows. Bandas como Móveis Coloniais de Acaju já se apresentaram, e como já diz o nome, foram chutados para fora.

 
Uma coisa que os Seminovos adoram

Tchana – Tenta ser engraçado, mas não é. (Guitarra base e backing vocals) Fundador do Tamisa, esteve com Neto Castanha na temporada londrina, onde suponhe-se que tiveram um caso. Numa das várias formações desta banda, gravou um CD sob a produção de Mayrton Bahia - o único de suas carreiras (musicais gente!!!), morador de rua honorário da Bahia. Em outras, atuou como “front man”, cantando e tocando o baixo, mesmo que não fizesse nenhuma das duas coisas bem feito. Esta fase está registrada - infelizmente - no EP londrino e em dois outros discos. Beatlemaníaco, costumava encarnar John Lennon em shows cover onde Maurício Ricardo jurava que era o Paul.

Neto Frog – (Voz) Tem uma longa carreira como vocalista de rock. Analfabeto, começou ainda adolescente, num grupo chamado Cristal Líquido - que porra de banda é essa???? Com essa banda, chegou a participar de um disco coletivo no final dos anos 80, lançado pela desconhecida 69 FM, “a rádio rock” de São Paulo. Atuou e atua em vários grupos bem pequenos e desconhecidos, inclusive o Tamisa, e integrou-se a “Os Seminovos” para enriquecer a banda com seus dotes vocais, sua vozinha de gralha misturada com Dinho do Capital, nada de carisma e cara-de-pau, já que cantar “Patricinha” e “Juíza em Goiás” não é para qualquer um...só pra ele mesmo.

Kadu – (Bateria). O mais desconhecido da banda.Realmente.

Este artigo é um esboço.
Quem fez esse esboço não tem pinto.
Você pode fazer este artigo comer a Tia do Batman (e depois comer o Robin).
Este artigo é um esboço.
Quem fez esse esboço não tem pinto.
Você pode fazer este artigo comer a Tia do Batman (e depois comer o Robin).