Abrir menu principal

Desciclopédia β

Oshiete! Galko-chan

Oxente! Galko
おしえて!ギャル子ちゃん
Oshiete Galko.jpg
Diga-me Galko! É verdade que hoje em dia os autores criam seus mangás já pensando nas suas respectivas adaptações hentai?
Gênero Vida escolar de garotinhos e garotinhas juvenis
Mangá
Autor Quênia Suzuki
Divulgação Kade o Kara
Onde sai Sete Olhares
Primeira publicação 27 de junho de 2014
N° de volumes 5 tirinhas de jornal
Anime
Dirigido por Keiichiro Tamagochi
Estúdio Fall
Onde passa Ass-to-mouth XXX, Tokyo XXX
Primeira exibição 8 de janeiro de 2016
N° de episódios 12
Filmes -
OVAs -

Oshiete! Galko-chan (no japonês おしえて!ギャル子ちゃん, que literalmente significa Oxente! Vadia) é o nome de uma pequena série de tirinhas de jornal de um(a) autor(a) anônimo(a) mas que pode ser facilmente rastreável, só achar o(a) desenhista no Japão que só tem lápis roxo, azul e rosa. Por tratar temas como menstruação, formato da vagina e relação entre o tamanho do dedo médio e tamanho do pênis, ganhou relevância o bastante para ganhar sua adaptação em anime. São 12 episódios dentre os quais cada um tem 7 minutos de duração, sendo 2 minutos de música de abertura, 1 minuto de música de encerramento, 1 minuto da cena repetida da Galko chegando atrasada na sala de aula, 2 minutos de conversas sobre menstruação, 30 segundos de piadas extremamente sem graça geralmente com conotação sexual e 30 segundos de piadas mais ou menos engraçadas.

EnredoEditar

 
Galko esperando o momento certo de atacar um shotacon.

É um anime sobre uma gyaru menor de idade e sua amizade com uma otaka e uma patricinha na escola. É um anime irritante porque nos leva do nada para lugar nenhum, além do que a protagonista está sempre constantemente vestida de casacos, então nem pra ecchi essa porcaria serve (exceto o episódio da piscina). Essas três amigas, ao invés de estudar, passam o dia conversando sobre ciclo menstrual e mamilos (seu tamanho, posicionamento no peito e alinhamento em relação à orelha), estamos falando portanto de um anime perfeito para ser assistido por garotas na puberdade cuja ausência dos pais não as ensina coisas realmente úteis, pois nesse anime há tudo o que se precisa saber sobre os mais variados tipos de absorventes, como usá-los nas mais variadas ocasiões e o mais ideal para cada situação e contexto. As meninas não falam só de menstruação, outros temas muito relevantes abordados nos diálogos incluem dicas sobre como melhor depilar axilas e investigações sobre a diferença de uma menina usar calcinha branca ou calcinha colorida, onde as brancas escondem melhor as manchas de sêmen e portanto são usadas por garotas mais vadias. As vezes há também informações culturais importantes, quando se chega à conclusão que no Japão ninguém liga para dentes tortos, por isso lá não existe aparelho dentário.

Ao longo do anime as meninas conversam sobre mamilos de gyarus, a relação entre a grossura e textura dos pelos pubianos com as sobrancelhas, a relação da cor dos lábios com a cor das genitálias, cuidados com o ânus incluindo qual o melhor papel higiênico para limpar cus cabeludos, anatomia da bexiga, piercing na língua e uma quantidade incrivelmente maçante de muitíssimo papo furado. Esse anime seria impossível de assistir se tivesse o formato regular de 24 minutos por episódio.

PersonagensEditar

 
Raro momento que Galko tira o casaco, e o motivo dela não fazer isso tão frequentemente.
Galko
Protagonista da série, a loira peituda, rabuda, cavala e gyaru que apesar de possuir mamilos invertidos tem o sonho de ser uma mãe e transar com alguém que ame muito. Apesar da sua aparência sugerir que ela é uma vadia promíscua e de que sua beleza automaticamente esmigalhou seu hímen, na verdade ela ainda é virgem e completamente envergonhada sobre quaisquer temas sexuais. Possui uma irmã mais velha que praticamente age como sua mãe (aliás, Galko não parece ter pais e essa ausência paterna explica muita coisa sobre a burrice dessa garota que parece desconhecer de praticamente tudo da vida). Evidentemente Galko é inspiração mais do que garantida para mais de 8000 artes hentai, havendo mais conteúdo de putaria sobre ela do que os 7 minutinhos de aparição por episódio ou as três tirinhas de mangá.
Otako
A abertura sempre repete que ela gosta de ficar no cantinho da sala, mas senta sempre no meio. Ela é aquela nerd esquisita, magrela e com aquele corpo-tábua de quem vai ficar encalhada até os 22 anos (idade que essas meninas feias conseguem um emprego estável e acabam fisgando algum virjão carente que não liga para aparências). Ela tenta encobrir sua falta de auto-estima em ficar diariamente desconcertando e envergonhando Galko. Aos poucos acaba ficando realmente amiga da Galko ao descobrir que ela não é apenas uma loira burra, mas também uma otaka.
Ojou
Uma cabeça-de-vento que nunca comprou roupas, e quando não está de uniforme escolar está de kimonos sem calcinha por baixo. Apesar de ser uma bobona ela é uma baita de uma intrometida enturmona, sendo entrando na conversa dos outros sem ser chamada. Como ela é fofinha e até mesmo meio submissa e obediente, todos a toleram. Apesar de sua personalidade insuportável de tão burra que ela é, ela é pelo menos especialista em absorventes, então acaba sendo bem útil num círculo de amizades.