Abrir menu principal

Desciclopédia β

Pain of Salvation

Pain of Salvation é uma banda sueca de músicas interminavelmente longas que não atrai nenhuma loira sueca ninfomaníaca bissexual. O líder da banda, Albert Einstein é considerado pelos fãs um gênio, mas como fã e fã e acha que o ídolo caga cheiroso é bom não considerar muito isso.

Pain of Salvation
[[Imagem:Aceite jesus cristo ps3.jpg|200px]]
{{{legenda}}}
Origem Gênesis
País Suécia
Período 1 a.C. - atualmente
Gênero(s) Metal Progressivo
Rock Progressivo
Gospel
Gravadora(s) Por dentro, por fora
Integrante(s) Albert Einstein
Emmet Brown
Thomas Edison
Doutor Roberto
Ex-integrante(s) Isaac Newton
edir Macedo
Jesus Cristo
Site oficial


Índice

HistóriaEditar

A banda foi formada em homenagem a Jesus Cristo durante o período do calvário. Os primeiros shows foram justamente pra Júlio César quando visitava a guerra terra santa. O nome "Pain of Salvation" (dor da salvação) foi concebido quando Jesus resolveu pagar pelos pecados da humanidade e ser enforcado na cruz logo depois de carregar a própria, ser chicoteado e ser obrigado a dizer onde está o Baiano. Daí da pra ver que Jesus sofreu pra caralho!

A viagem no tempoEditar

Como todo mundo sabe, Einstein não tinha nascido ainda naquela época, (Dercy Gonçalves e Hebe Camargo sim, mas isso não é assunto pra esse artigo) na verdade o cientista-músico inventara uma máquina do tempo que foi mantida em segredo. Um dia Einstein resolveu fazer um turismo pelo espaço-tempo e foi parar na época de Jesus. Aí já não preciso terminar esse parágrafo por que já foi explicado tudo na seção anterior a essa.

DiscrogafiaEditar

 
Doutor Roberto antes de um ensaio

O primeiro álbumEditar

Em 1997, depois de outra viagem no tempo a banda grava seu primeiro CD, Entronapia, um marco na indústria do rock-progressivo-infinito por sua única música com exatas trocentas partes, recorde esse só quebrada por Octavarium, do Dream Theater que na última faixa do álbum de mesmo nome entra em loop infinito. Mas isso também não é assunto pra esse artigo.

As faixas de Entronapia, que na verdade é uma música só, são agrupadas em capítulos e verspiculos, a inspiração pra esse trabalho foi a bíblia, que por também ser interminável foi inspiração pra outros álbuns da banda.

O lago de concretoEditar

O segundo álbum da banda, One Hour by the Concrete Lake (Uma hora pelo lago de concreto) foi composto depois de uma viagem dos músicos a São Paulo. O "lago de concreto" se refere à poluição do Rio Tietê e "uma hora" foi o tempo que eles levaram parados num engarrafamento na marginal respirando a catinga característica do rio.

A gravação dos disco se deu um mês depois da saída de Isaac Newton da banda e foi prontamente substituído por Emmet Brown, que se tornou membro permanente quando apresentou o DeLorean, expandindo o projeto de viagens temporais.

Mais interminável que antesEditar

The Perfect Element, part I (o elemento perfeito, parte 1) foi totalmente criado a partir das pesquisas científicas dos membros da banda, incluindo os experimentos de viagem no tempo, somados à interminabilidade musical de outras bandas de rock progressivo como o Dream Theater. O projeto desse álbum era basicamente tocar em vários festivais de rock em épocas diferentes.

Como as músicas desse álbum são realmente intermináveis, a parte 1 jamais terminou e por isso mesmo não existe o "parte 2".

Patrocinado pelo laboratórioEditar

Dessa vez sem viajar no tempo, os músicos receberam verbas violentas pra criarem um projeto de divulgação do Viagra, daí foi concebido o Remedy Lane (linha de remédios).

O álbum filosóficoEditar

O álbum Be (bi) foi composto a partir de uma mistureba de qualquer coisa que veio às mentes dos cientistas-músicos. Esse disco trata da criação do mundo, de Deus, da existência dos sucrilhos com maconha, das Loiras Suecas Ninfomaníacas Bissexuais e das Freiras cegas ninjas tocadoras de piano de Acapulco. Só não falaram do Acre nesse álbum por que a intenção não era de misturar ficção nessa zona.

As faixas desse disco sofreram muita influência brasileira por parte do Cordel do Fogo Encantado, influencia essa que pode ser notada nos nomes das músicas com nomes alternativos entre parênteses.

  Ese artigo é um esboço.
Se vozê aumentar ele, Patronzinho vai ficar feliz.

O álbum indígenaEditar

Com base em estudos e visitas de aldeias indígenas, o grupo de musico-cientificos escreveram a teoria do Ex-Cacique e lançaram em livro musicado.