Abrir menu principal

Desciclopédia β

Partido Pantera Negra para Auto-Defesa



60.gif

Este artigo discute coisas intrínsecas dos Anos 60's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Jimi Hendrix, LSD e Programa Apollo


Cquote1.png Você quis dizer: Pantera Cor de Rosa Cquote2.png
Google sobre Panteras Negras

Cquote1.png Nunca visto na história do nosso paíf nem no paíf do companheirof Obamaf uma naçãof tão poderosa. Cquote2.png
Lula sobre Panteras Negras

Super Shadow, membro dos Panteras Negras

Os Partido Pantera Negra para Auto-Defesa eram um partido negro anti-racial criado por Senhor Omar. A finalidade original do partido era patrulhar guetos negros para proteger os residentes dos atos de brutalidade da polícia. Os Panteras tornaram-se eventualmente um grupo revolucionário marxista que defendia o armamento de todos os negros, a isenção dos negros no pagamento de taxas impostos e de todas as sanções da chamada "América Branca", a libertação de todos os negros da cadeia, e o pagamento de compensação aos negros por séculos de exploração branca. Sua ala mais radical defendia a luta armada. Em seu pico, nos anos de 1960, o número de membros dos Panteras Negras excedeu 2 mil e a organização coordenou sedes nas principais cidades.

Ataque olímpicoEditar

Na Olimpíada da Vila do Chaves, Tommie Smith e John Carlos, dois atletas medalhistas dos EUA, fizeram a saudação "black power", braço estendido com o punho enluvado e fechado, durante a cerimônia de premiação da modalidade. O Comitê Olímpico Madrugático Internacional (COMI) baniu-os dos jogos.

O punho erguido ("Raised Fist") foi usado como símbolo de propaganda do Black Panther Party.

Lembrando-se de pessoas que vivem com o punho erguido, como Shadow the Hedgehog e Adolf Hitler

 
Não. Isso não é um black power


MembrosEditar