Abrir menu principal

Desciclopédia β

Paper Mario: Sticker Star

Paper Mario: Sticker Star é mais um jogo da serie de papel do Mario Mario, pela primeira vez em um console portátil e com bom rendimento em diferença ao anterior. Só a mesma merda de coletar as mesmas coisas que ainda e sempre vai existir nesse nesse incrível jogo.

Paper Mario: Adesivo
250px-Paper mario sticker star box-art.png

Ninguém cansa disso não?

Informações
Desenvolvedor Intelligent Systems
Publicador Nintendo
Ano 2012
Gênero papel
Plataformas Nintendo 3DS
Avaliação 65%
Idade para jogar Para quem aguentar o 3D fatal do console

Índice

JogabilidadeEditar

 
Uma cabra se encontra no jogo

Depois dos 3 fracassos a Nintendo finalmente entendeu que passear com amiguinhos não dava certo, abandonado os ajudantes e colocando uma coroa que reencarno da Navi do link. Da mesma forma que á acrescentado algo é reciclado o sistema de batalha do primeiro jogo.

Sem as manobras radicais de Mario e seus miguxos, os adesivos que o jogador deve coletar na sua jornada são os golpes para atacar os diabinhos no caminho, se ficar sem adesivos podes voltar no caminho e procurar mais (a Nintendo sabe como fazer o jogador explorar até o fim do inferno).

HistoriaEditar

 
Essa seria a sequestrada da vez

A historia começa durante a noite da festa do adesivo (até esse jogo nunca mencionada), Bowser como sempre nunca é convidado pra nada e chega roubando a estrela, mas de tando o bowser trabalhar essa mão, ele quebra o adesivo em seis partes espalhado-os em todo o mapa, ainda peach sequestrada. Então vai lá novamente Mario como um catador de lixo fazer seu trabalho.

Mundo 1: Planícies MontanhosasEditar

Como em todo os jogos de plataforma, sempre se começa pelos campos floridos, o mundo é composto por 6 níveis iguais aos fillers do Naruto, Bowser Jr e Kamek também dão uma ajudinha para voltar a estaca 0.

Mundo 2: Deserto do Yoshi (Acre)Editar

Yoshi cansou de sua ilha e foi pro acre junto ao resto do bando que ainda existe no mundo o Acre, Lá no acre (a mesma coisa que o meio do deserto do Saara) é encontrado inimigos que não tem nada pra fazer como: Paragoombas, Pokeys, Spikes e Mariachi Guys, e novamente Kamek vai atrapalhar.

Mundo 3: Floresta do NuncaEditar

 
O mundo que ninguém saiu

Inspirado na floresta Amazônica é o maior mundo contendo 12 níveis, 99,999% das pessoas que jogaram esse jogo nunca completaram esse mundo. Nesse fim de mundo tem uma grande Wiggler preguiçosa dormindo, labirinto (por que não), o rio amazonas, veneno e uma caralhada de coisas não descobertas.

Mundo 4: Polo Norte/SulEditar

Também conhecido como o mundo do Papai Noel é um lugar cheio de deslizamento e tempestades de neve e pinguins prontos pra te matar. Nunca foi localizado onde esse mundo se passa, mas pode ser no topo do Monte Everest, Sibéria, Antártida ou alguns dos polos.

Mundo 5: Pantanal/SelvaEditar

Lugar da Putiranha e índios, a selva é do Donkey kong, mais foi emprestada para as filmagens desse jogo. No lado de uma área segura onde se localiza um vulcão sempre ocorre alguns incêndios, mas nada de mais. O mundo contem algumas quedas d'água com enormes peixes e cachorros.

Mundo 6: O InfernoEditar

Esse é o mundo mais clichê de todos, qualquer franquia da Nintendo tem como ultimo mundo o mundo do bowser com seu castelo e inimigos que sempre perdem, não importa o quão forte o Bowser esteja, Mario sempre ganha.