Abrir menu principal

Desciclopédia β

Paracuru

Paracuru é mais uma cidade do Ceará que compensa sua beleza natural sendo habitada por um monte de gente feia, se quiser andar de jumento é só ir para Paracuru que você vai encontrar um na maioria das esquinas, fica somente a 90 km de Fortaleza! Como dito, visitantes podem facilmente encontrar o possível e o imaginável em termos de gente feia e mulher fácil e oferecida.

Índice

HistóriaEditar

 
Areia da desertificação engolindo uma das ruas de Paracuru.

O vilarejo foi criado em 1500, e deveria ser o local de construção da capital Fortaleza, todavia, graças a um grande mal entendido pelas correspondências e idiomas da época, isto não ocorreu, pois o navegador espanhol Vicente Yáñez Pinzón que escreveu "por favor, vamos construir uma cidade na foz do rio curu" mas que foi traduzida como "por favor, vou comer teu cu na foz do rio", porque "cu" em espanhol se diz "culo", o nome do rio em questão que gerou o mal entendido.

O local fica assim isolado e inacabado, até em 1951 alguém descobrir o local, montar uns quiosques longe da vigilância ambiental, e todo mundo que se perdesse de Fortaleza acabaria por ali, assim dando início à cidade.

Mas o que diabos significa "Paracuru"? "Para" quer dizer em dialeto indígena para fazer qualquer coisa, os policiais são todos subornados com apenas cinquenta reais, por exemplo, enquanto a expressão "Curu" refere-se ao fato de haver muitos sapos na cidade, e a maior cagada que um invasor recém-chegado pode fazer na vida é não levar repelente. Porque mesmo com a alta população de sapos (que é maior que a de pessoas), quem não usa repelente é comido por todo tipo de insetos.

GeografiaEditar

A previsão para os próximos dias é sempre uma chuva de sutiãs e calcinhas e esperma nas priquita das índia na praia da bica A Praia da Barra do Rio Curu apresenta um conjunto físico (e ilógico) de grande atrativo pelos recursos naturais, representados pelas águas com odor de corrimento e gozo. Na vegetação (e no período de votação) há muitos macacos, uma barranca vermelha e um ancoradouro natural de barcos e jangadas. Outro ponto atrativo é a Lagoa do João Rola.onde as índias se oferecem por um prato de buchada para os turistas buscando uma oportunidade, quando só são usadas pra depósito de esper. A praia mais urbanizada é a que eleva o nome da cidade. Localizada na enseada formada pela Ponta do Paracuru, possui hotéis e pousadas de qualidade meia-boca, ressaltando o estilo arcaico e oferecendo ao turista desconforto, problemas e perda de atividade mental.

CulturaEditar

Quer ir em Paracuru? Então se prepare! Você vai precisar de muito preparo físico, do contrário terá muita dor nas suas costas, de tanto ter que dar as coisas pras pessoas à força. O lugar é infestado de vagabundos, que por não ter nada e nem ter o que fazer, vão pedir coisas nas casas, e se você não der, você morre...A cultura em Paracuru é pedir pedir, nada de trabalhar, cuidar com as india

CulináriaEditar

Em Paracuru, encontra-se grande variedade de restaurantes. Além de poder degustar da gastronomia local com lagostas, camarões, pescados deliciosos e carnes, tudo frewco e feito sem qualquer higiene, o turista poderá desfrutar também de cozinhas internacionais como a francesa, italiana, portuguesa e até mesmo da espanhola, com suas saborosas tapas. Quero dizer, as pessoas por lá só se entendem na base de tapas (no meio da cara, e da rua).

As comidas da cidade podem se dividir em cinco categorias: "deu pra peidar", "não deu pra se satisfazer", "comi demais" e "irei passar mal". A quinta se chama "com licença".

TurismoEditar

Mesmo que não queira (e mesmo usando repelente), mais cedo ou mais tarde os mosquitos fazem alguma vítima, e a picada não dói quase nada. Não é à toa que Paracuru tem o seguinte slogan: "Paracuru, onde todo turista do mundo dá o cu", caracterizando a cidade como uma verdadeira Malta cearense.

As festas mais agitadas em Paracuru são os aniversários infantis! Da mesma forma (que é predominante em todo lugar), o aniversário de uma criança é uma das festas mais odiadas (para quem tem bom senso). Crianças entre 6 a 10 anos, costumam ter as festas mais chatas possíveis, onde todos, exatamente todos, até os amiguinhos do aniversariante, vão por um interesse: comer os quitutes da festa, depois eles pensam em dar, ou não, atenção ao pirralho. Ao contrário das comidas, os aniversários de uma criança em Paracuru não são divididos em categorias. Todas são ruins, péssimas e insuportáveis.