Abrir menu principal

Desciclopédia β

Patins

Cquote1.png Voce quis dizer skate Cquote2.png
google sobre sobre Patins
Cquote1.png Isso é coisa de viado Cquote2.png
Skatista invejoso sobre sobre Patins
Cquote1.png Mentiroso, Caluniador!, Mentiroso e caluniador, Mentiroso, caluniador, Caluniador e Mentiroso Cquote2.png
Quercia sobre Skatista invejoso
Cquote1.png "É o Cão que botou para nois anda." Cquote2.png
Jeremias sobre Patins
Cquote1.png ARRRRRGGHH!!!!!! Cquote2.png
Patinador caindo sobre tomar um capote e dando um urro desesperado de dor
Cquote1.png e o bambu? Cquote2.png
Maissa sobre andar de patins
Cquote1.png Sem vergonha! sem vergonha Cquote2.png
Silvio Santos sobre Maissa

A Patinação sobre rodas também chamada de Biba skating, é um esporte originado da corrida sobre as aguas. Patim é a palavra bolonhesa para "skate" (pois o que nós conhecemos como "skate" na verdade é chamada "tauba" ou seja, algo como "tenho inveja de patins").

Índice

HistóricoEditar

A invenção dos patins sobre rodas começou de maneira curiosa. Em 1234, um belga chamado Joseph Climber teve a idéia de construir patins que pudessem andar, sem fazer esforço, por que ele era muito vagabundo.

Após várias Tentativas inuteis, Climber conseguiu criar os patins com rodas, porem na epoca as rodas eram quadradas, o que dificultou o uso. Um ano depois criaram as rodas redondas, desta forma ele criou o patins com apenas uma roda em cada pé. Assim que a invenção ficou pronta, o inventor resolveu fazer uma apresentação triunfal para mostrar sua obra à sociedade local. Ele era pagodeiro e pretendia entrar em uma festa deslizando em seus patins e tocando guitarra pelo salão. E foi exatamente o que ele fez: em uma festa, ele calçou seu invento e entrou no salão, tocando seu patins e patinando com a guitarra. Porem no meio da festa ele escorregou e perdeu os braços.... Mas Joseph Climber nunca desiste!!!

Como se não bastasse a dificuldade de se equilibrar em uma guitarra sem os membros, e que sequer tinham freios abs, Climber também não era um grande patinador, até por que não existia patins nessa epoca logo não tinha escolinha. É claro que o primeiro patinador sobre rodas da história não conseguiu parar, caindo sobre um espelho caríssimo, quebrando-o juntamente com sua perna esquerda. Mas Joseph Climber nunca desiste!!!!

 
Como descer uma escada com patins em linha‎

Apesar de ser uma idéia inutil, os patins não se tornaram populares rapidamente, pois todos ficaram com medo de perder a perna esquerda e o braço igual o Joseph. No entanto, muitos inventores alcolizados passarm a trabalhar a idéia de Climber piorando-a. Seu objetivo fazer patins seguros com freios abs.

O primeiro a patentear os novos patins de rodas foi "Mister M", na França, em 1235, e em seguida em 1236, Mister N patenteou o modelo "Rollito". No documento da patente, o "Rollito" era descrito como sendo um "aparelho com rodas fixado aos sapatos, botas ou outro elemento que cubra o pé, com o propósito da necessidade de arrancar braços e pernas de soldados loucos". O "Rollito" foi feito com cinco rodas que se fixavam em linha reta. Chamou imediatamente a atenção do público, e a partir daí sempre sai correndo de medo quando via alguém com esse trambolho.

Mesmo o patins ser considerado loucura, em 1850, foi considerado o maior meio de transporte da época, pois além de poder movimentar-se horizontalmente, podia-se movimentar-se também verticalmente (esse modelo foi banido pois competia diretamente com empresas de transporte aereo.

Em 1850 também, foi criado o primeiro par de Quad (nome derivado de "Quadribol" , famosos esporte de Rogruatis) , ele possuia rodas paralelas , ao todo, 15 pares, alcançando a velocidade de 500km/h.


Apartir desta data, outros esportes como tauba, tauba ou tauba começaram a ser criados, inspirados no patins. No inicio eram só mulheres que praticavam o taubismo, com as rodas de patins + sua tabua de passar roupas elas montavam suas TAUBAS (por isso a origem do nome). Logo em seguida, homens adeptos a serem mulheres começaram a se introduzir ao taubismo, e desde então o esporte nao evoluiu mais.

AtualidadeEditar

Atualmente, o patins é utilizado como meio de transporte (terrestre ou aereo), meio de diversão e arma pra pegar mulher.Pela bagatela de apenas alguns bilhões de dindinhos você consegue comprar um no Brasil, já que não é um esporte tão praticado pois existem mais medrosos do que corajosos no mundo (devido ao crescente número de adeptos ao taubismo). Nos EUA, ele é mais praticado, assim como em outros países poís a renda per capita é bem maior e eles não precisam se prender ao taubismo (no Brasil, algumas marcas de sucrilhos colocavam taubas como brinde, mais uma teoria do crescimento de adeptos do esporte).


Os mais loucos dos loucos, são chamados de Aggressive Inliners (patinadores agressivos), pois a agressividade contida neles é monstruosa e eles liberam toda essa agressividade atraves do patins.

No BrasilEditar

  Amapá

 
Foi o Cão que botou no meu pé‎

Também são utilizados em shows de patinação artística como os apresentados pelo grupo Periquitas em Revistada SEP(SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS), criado em 1954 (e ainda se apresentando em todo o Brasil e no exterior) pelo Comendador Hyada Torlay, responsável pela introdução da patinação artística no Brasil.

Os patins inline também são utilizados para a master speed from hell mothafocka, o Rocky (balboa) inline e a bixisse patinação artística de competição inline, cujos maiores nomes brasileiros são Andrianantenaina , Rabésandratana e Randrianantoanina

Ver tambémEditar