Abrir menu principal

Desciclopédia β

Pattadakal

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Pattadakal (caralhês: ಪಟ್ಟದ್ಕಲ್ಲು) é uma aldeia hindu localizada em Karnataka (a Bahia indiana!). A cidade é famosa por sua pobreza, seus mendigos e seus maravilhosos templos religiosos.

HistóriaEditar

Pattadakal foi erguida como capital do Império Chalukya, diz a lenda que foi a dinastia indiana responsável pela invenção da dancinha, hoje difundida em toda Índia e símbolo do país. Foi em Pattadakal que surgiu também o primeiro GTA da história da humanidade, com a invenção das charretes.

No antigo dialeto local filha-da-putês, a palavra Pattadakal significa a expressão "Vaca Sagrada, pulou a janela, quem falar primeiro come a bosta dela".

Hoje, a cidade não passa de mais uma, dentre milhares de cidades indianas abarrotadas de templos e ruínas antigas com estátuas de anões pelados de pênis gigante.

Conjunto Monumental de PattadakalEditar

 
Os templos de Pattadakal. Simplesmente um tédio.

São considerados pela UNESCO como patrimônio mundial, 9 templos hindus e 1 santuário jainista, como testemunhos da glória do auge do conhecimento dos Chalukya, os inventores da zoofilia.

Aihole (não confundir com asshole) é o nome da mais antiga escola de sexologia da humanidade. Funciona até hoje no centro de Pattadakal, sendo um importante monumento.

É possível encontrar pela cidade inteira diversos antigos textos em caralhês em pedras, bambus, paredes e na tua mãe. Essa mania cultural é um legado dos Chalukya, sendo os primeiros registros de pichações e grafite da humanidade.

  • Templo de Virupaksha - O principal templo do complexo, foi construído por volta de 740 pela Rainha Lokamahadevi-Trilokyamahadevi, a Louca (um nome desses deixa qualquer um louco mesmo), para comemorar a vitória do seu marido (corno) sobre os reis do sul, e assim encorajá-lo a ficar mais tempo longe de casa em guerras, enquanto ela poderia passar várias noites com o Ricardão em Virupaksha e gastar a grana do reino em tratamentos para cabelo.
  • Templo de Sangameshvara - O mais antigo templo do complexo. Construído originalmente por alguns bandidos e piratas, foi conquistado e reformado pelo Rei Vijayaditya, o Baitolinha.
  • Templo de Mallikarjuna - Traduzido para o português: Templo de Marijuana, foi a primeira boca-de-fumo da história da Ásia. Apenas as bocas-de-fumo do Rio de Janeiro (criadas pelos Tupi-Guaranis são mais antigas).
  • Templo de Kashivisvanatha - O último templo a ser construído, apenas para fazer número mesmo.
  • Templo de Kadasiddhesvara - Outro templo qualquer que construíram porque queriam usar esse nome escroto em algo.
  • Templo de Galganatha - Mais um templo qualquer. O destaque é a grande escultura de Shiva estripando Andhakasura.
  • Templo de Jain - Mais um templo igual todos os outros...
  • Templo de Papanatha - Ok, já enjoou de templos...