Abrir menu principal

Desciclopédia β

Paul Stanley (álbum)

Were-Only-in-It-for-the-Money.png Este artigo se trata de um álbum

E você baixa da internet porque não tem dinheiro.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.


Paulo Estanlei
PAUL STANLEY.jpg
Hard rock da maior estrela... hum, isso soou gay
Lançado em 1978
Gênero Rárd Roque
Gravadora Casabranca


Paul Stanley foi o nome do disco solo do mesmo em 1978. Surgiu numa época brutalmente caça-níquel da banda, em que todos cada um lançou um disquinho solo com o objetivo óbvio de chupar o máximo de grana possível (quantos fãs não foram imbecis ao nível de comprar os quatro discos ao mesmo tempo), mas ao menos esse disco do Stanley Harvey Eisen até vale a pena ouvir, porque é um disco perfeito pra dar a sua namorada, é melhor até que quaisquer dos discos do Lovy Metal.

O álbumEditar

É o segundo mais foda dos quatro (só perde pro do Ás Alienígena), cheio de canções meio melequentas (é, pra fãs de metal pesadão, talvez não role, mas pra amantes de baladas é uma pedida e tanto), e não, não é mais melequento que o disco do Gênio Simão, muito pelo contrário, Paul bota a guitarra pra comer mais notas do que o Gene Simmons comeu mulheres na vida e a sua bunda linda também. Se, como eu, você não comprou e preferiu baixar pelo Mediafire, eu aconselho comprar. Claro, se você tiver grana né... porque nego pobre feito eu e você tem que depender do MP3 mesmo o resto da vida...

As cançõesEditar

  1. Essa noite você é toda minha
  2. Venha cá
  3. Que injustiça!
  4. Você quer me conhecer?
  5. Esqueça tudo isso (juntos somos um só, bebê)
  6. Tudo bem...
  7. Venha e me toque
  8. Amor em cadeias
  9. Tchauzinho

Se você disser que esse disco é de algum grupo de sertanojo, EU JURO QUE TE MATO, FDP!