Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ataque a Pearl Harbor

(Redirecionado de Pearl Harbor)
Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Ataque a Pearl Harbor vindo!
Olha o(a) Ataque a Pearl Harbor indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.


O Ataque a Pérola do Rabo foi uma grande cagada que o Império Japonês fez durante a Segunda Guerra Mundial, acostumados a chegar em ilhotas semi-desabitadas, quebrar tudo e tomar controle, eles acharam que poderiam fazer a mesma coisa com esse tal de Havaí, jamais imaginaram que Estados Unidos poderia estar naquela ilha, quando o general japonês Yamamoto observou Havaí em seu binóculo e observou aquela gente seminua fazendo bacanais, acreditou que fosse algum tipo de população aborígene similar às que encontraram nas invasões à ilha de Papua e Nova Guiné, autorizando assim o ataque surpresa.

Pearl Harbor foi uma das muitas batalhas da Segunda Guerra Mundial que foram executadas após filmes premiados. No entanto, os críticos estavam insatisfeitos com os acontecimentos reais, afirmando que eles desviaram muito longe do enredo original do filme. O filme recebeu 5 estrelas de todos os críticos e revisores e ganhou nove Oscars, então é claro que o evento real foi um fiasco por ser tão pouco fidedigno ao filme.

Pearl HarborEditar

 
O fetiche dos japoneses por enfermeiras era tão grande, que não resistiram atacar Pearl Harbor.

Pearl Harbor é o nome de um ancoradouro no Havaí que não servia pra nada e mesmo assim o presidente Franklin Delano Roosevelt por algum motivo altamente oculto decidiu abarrotar a ilha onde recursos militares mesmo que na época todas atenções estivessem voltadas para as merdas que os emos estavam fazendo na Europa. Era muito óbvio que o presidente sabia previamente do ataque a Pearl Harbor e cinicamente permitiu que pobres americanos morressem, a exemplo do que Bush repetiu nos atentados do WTC, ambos a fim de ter um pretexto para entrar em guerra.

Hoje sabe-se, de acordo com registro encontrados após a guerra, evidências de que FDR e Yamamoto conversavam frequentemente pelo MSN e através de códigos claramente combinaram o dia, data e modo do ataque, tudo pode ser conferido do BanzaiBlog, o antigo blog particular de Yamamoto onde está todo o roteiro da batalha e a nota de um usuário chamado Kurosawa criticando que o ataque poderia ser mais realista se ele fosse o diretor.

O Senador republicano Joseph McCarthy afirmou em um discurso que escreveu de última hora na própria palma da mão toda uma transcrição do chat que iria provar que "Kurosawa" era na verdade FDR usando um nome falso, e que Yamamoto enganou os Estados Unidos para a inação durante o ataque por pretensão de que filmaria uma sequência. McCarthy nunca foi capaz de provar sua acusação sensacional, mas, em 2010, Glenn Beck reabriu o caso em sua série de televisão: Lenin na Casa Branca.

O ataqueEditar

 
Teorias defendem que os japoneses são tão ruins pilotos, que o ataque a Pearl Harbor na verdade foi apenas um acidente.

O ataque dramático na ilha de Oahu, infelizmente, foi uma interpretação oca do belíssimo filme popular que apesar de fazer todos dormirem é ótimo por ter Ben Affleck em seu auge. Outro ponto negativo do ataque em relação ao filme é que ele foi registrado todo em películas preto-e-branco de maneira displicente e nada chamativa.

Os Estados Unidos, na época, estavam entrando na segunda década de um grande experimento em que o presidente fixava preços, dirigia a economia, e ordenava que os americanos continuassem desempregados como modo de vida livre. Não havia tempo de sair entrando em guerra na Europa. Um ataque a uma base naval em um lugar que ainda não era nem um estado dos EUA, seria um excelente bode expiatório.

No entanto, o almirante Yamamoto Isoroku era um cinéfilo e Pearl Harbor tinha sido o seu filme favorito absoluto, afinal tinha pôsteres do Ben Afleck por todo seu quarto em diferentes poses e diferentes roupas. Ele tinha o filme em DVD e o assistia todos dias, com seus cães em seu colo. Era inevitável que ele iria lançar um ataque surpresa na base naval americana em Pearl Harbor. No entanto, devido a um baixo orçamento, a sua recriação foi mal encenada. Em vez dos aviões, submarinos e navios que aparecem no filme, suas tropas atacaram a partir do solo com zarabatanas de dardos envenenados. Do lado americano, os soldados estavam, infelizmente, muito ocupados para se defender, paquerando enfermeiras gostosas que existiam na ilha mas eram todas cu doce. Ambos os lados foram embora com um profundo sentimento de decepção.

ConsequênciasEditar

Além da destruição, o ataque foi o pretexto perfeito para os Estados Unidos embarcar numa guerra e explodirem duas bombas nucleares em solo japonês. E mesmo apesar do fiasco de Pearl Harbor, seguiram-se porém algumas batalhas inspirada no cinema com maior sucesso, como A Batalha de Iwo-Jima e Guadalcanal, as duas muito mais bem-sucedidas (a menos que você fosse alemão nazista ou japonês).