Abrir menu principal

Desciclopédia β

Phil Hill

Phil Hill é um dos poucos pilotos dos Estados Unidos a já ter sido campeão mundial de Formula 1, mesmo que conquistando apenas três míseras vitórias em toda sua carreira, beneficiado pelo regulamento de sua época, que permitia jogar cascos de tartaruga nos adversários, eliminando-os das corridas e de suas vidas. Como todo bom norte-americano, apesar do título cagado da F1, ele era bom mesmo é em outras categorias desconhecidas, como as 12 Horas de Sebring, uma antiga prova do BBB para decidir quem seria o líder da casa e que consistia em obrigar os participantes do reality show a correrem por 12 horas num mesmo circuito.

CarreiraEditar

 
Phil Hill controlando bem o carro para não atropelar os espectadores.

Um dos nomes clássicos do automobilismo, Phil Hill foi o grande precursor de uma grande técnica, que se tornaria milenar, denominada "cagada americana", na qual pilotos americanos sem tanto talento assim, acabam campeões de alguma coisa porque os pilotos bons aposentaram, tiveram problemas, morreram ou bateram demais. A "cagada britânica" copiaria essa técnica também, e por isso esses países tem pilotos que só são campeões das coisas uma vez na vida, afinal não dá pra ficar dando cagada todo ano.

Sua estreia numa competição relevante foi em 1953, quando disputou a 24 Horas de Le Mans, a primeira prova de resistência do BBB daquele ano, mas como decidiu dirigir um calhambeque, não conseguiu terminar a prova. Mas pelo menos ganhou umas outras três vezes, embora tenha quebrado o carro outras 10 vezes durante a carreira, pelo menos não capotava o carro, estacionava no gramado e voltava pra casa.

A estreia na Formula 1 foi em 1958, já pela Scuderia Ferrari, categoria na qual venceu apenas três corridas em toda sua carreira (até o Rubinho venceu mais, para se ter ideia), mas ao contrário do Rubinho, Phill Hill tem seu título mundial, não por méritos é verdade (já que ganhava pouco) mas porque no mundial de 1961, os pilotos realmente bons tiveram problemas: Wolfgang von Trips simplesmente morreu quando o carro dele saiu voando para cima da plateia, enquanto Stirling Moss quebrou três vezes nas três últimas corridas, dando toda chance para Phil Hill concretizar sua cagada de ser campeão uma vez. Encerrou a carreira melancolicamente na Cooper Car Company (espécie de "Sauber" da época), quando marcou 1 pontinho e ficou com um mero 19º no mundial de 1964.

v d e h
Pilotos da Fórmula 1