Abrir menu principal

Desciclopédia β

Piolho-da-púbis

Chato
Um piolho-da-púbis aumentado 1000 vezes
Um piolho-da-púbis aumentado 1000 vezes
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Artrofoda
Subfilo: Hexafoda
Classe: Insepto
Ordem: Fitoterápicos
Família: Piripiripiradinha
Gênero: Filhodaputis
Espécie: piolho-da-púbis
filhodaputis pubianenses

Cquote1.png Depilação brasileira? NÃÃÃÃÃÃO!! Cquote2.png
Chato, antes de perder sua casa
Cquote1.png I will find you, and I will kill you Cquote2.png

Piolho-da-púbis (o filhodaputis pubianenses), também chamado de chato, piolho-caranguejo ou pilho-da-buceta-nojenta é o nome de uma grave DST que atormenta a humanidade desde que essa se entende por gente. Esses pequenos insetos se alimentam exclusivamente de menstruação humana, e por isso não podem ser encontrados em outro lugar senão tentando ao máximo chegar em vaginas, preferencialmente as mais podres.

AnatomiaEditar

Medindo no máximo 2 milímetros de comprimento (os obesos) tendo eles normalmente apenas 1 milímetro de tamanho, esses piolhos cretinos, embora possam ser avistados a olho nu, não é algo recomendável a se fazer, pois eles odeiam ser observados e odeiam mais ainda gente com fetiche voyeur, e se alguém aproximar demais para vê-los eles logo pulam nos cílios do observador.

Esses bichinhos possuem um corpo simples composto exclusivamente de um abdome que ocupa 98% do tamanho total de seu corpo achatado, assim eles podem passar a vida inteira só sugando sangue sem que seus corpos precisem de outros órgãos dispensáveis como cérebro, coração, baço ou pulmão. Além dessa pança gigante eles possuem 6 patas e um cu que expele uma gosma nojenta que os faz ficar grudados aos pentelhos onde habitam. Embora não possuam cabeça, é claro que não poderiam deixar de ter dois olhos mesmo assim, afinal eles estão estrategicamente posicionados para assistir a putaria no melhor ângulo POV possível, mas como não possuem cérebro, não possuem também a capacidade de manusear câmeras de filmagem, por isso nunca se viu um piolho-da-púbis filmar um filme pornô.

HabitatEditar

 
Piolhos-da-buceta habitando os cílios de uma pessoa voyeur.

Os piolho-da-buceta não tem esse nome só porque algum biólogo quis ofender esses insetos. Eles não são encontrados em ralos, não habitam colchas, não habitam cantinhos das casas, não fazem tocas no jardim, não habitam esgotos. A sua moradia exclusiva são vaginas fedorentas. Mas num mundo onde 2 Girl 1 Cup é fetiche de alguém, não é difícil para esse piolho se proliferar. A indústria pornográfica faz um trabalho formidável e exemplar de utilidade pública para auxiliar o combate dessa praga de modo a orientar que todas as putas e todos os atores apareçam nos filmes surrealmente 100% depilados, ensinando as pessoas o modo correto de como trepar sem riscos, preferencialmente sem camisinha, uma vez que o latex do preservativo afaga eventuais piolho-da-buceta que por ali estejam.

Há alguns casos de piolhos-da-buceta que foram encontrados em cílios, mas isso só ocorre quando pessoas desavisadas vem fazer sexo oral, e com medo de serem engolidos pulam pro olho da vítima. Por muito tempo foram raras as ocorrências em axilas, mas devido ao movimento feminista crescente no século XXI, algumas mulheres foram incentivadas a deixarem a higiene e a vaidade de lado, então com a maior quantidade de axilas feias e peludas no mundo, esse habitat voltou a ser explorado pelo piolho-da-buceta.

TratamentoEditar

Para tratar uma infestação de piolhos-da-púbis, só há uma saída, que é lavar as genitais com aquele xampu do Cristiano Ronaldo. Tomar vergonha na cara e deixar de ser uma pessoa nojenta anti-higiênica repugnante que passa 50 horas seguidas jogando LOL sem tomar banho, isso também é uma boa solução para acabar com uma infestação de chatos.