Abrir menu principal

Desciclopédia β

Pipoca de Micro-ondas

 


Cquote1.png Cheiro de bosque! Cquote2.png
Seu vizinho sobre Pipoca de Micro-ondas
Cquote1.png Pipoca(aaaah), Cheiro de pipoca tá rolando no ar Cquote2.png
Xuxa sobre Pipoca de Micro-ondas
Cquote1.png Na Reversal Russa a pipoca de micro-ondas come você! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Pipoca de Micro-ondas

A Pipoca de micro-ondas foi desenvolvida pela NASA com nenhum apoio de cineastas para que astronautas pudessem assistir seus filmes enquanto comem pipoca no espaço de suas salas, porem o projeto acabou sendo abortado já que certos sabores provocam câncer, além de deixar sua casa e sua rua (ou até mesmo seu bairro ou cidade) com cheiro de piroca pipoca, mas infelizmente hackers roubaram a receita e hoje todos podem ter o desprazer de comerem pipoca de micro-ondas.

Lançamento Yoki, Yoki foi a primeira a revolucionar o mercado de Pipocas de Micro-ondas

Sabores mais popularesEditar

Principais ConsumidoresEditar

Jeremias depois de consumir Pipoca de Micro-ondas Yoki
Mafagafo lutando ferozmente pela ultima pipoca do saco




HistóriaEditar

 
Pipoca de Micro-ondas em um micro-ondas da Nvidia (fase beta)
 
Guria retardada tentando estourar pipoca em um Micro-ondas da Nvidia


  p.p  
Guria retardada sobre Micro-ondas da Nvidia (fase beta)
  xD  
Bin Laden sobre Micro-ondas da Nvidia (fase beta)
  xD[2]  
George Bush sobre Micro-ondas da Nvidia (fase beta)
Tudo começou quando gurias retardadas tentaram fazer pipoca pelos métodos convencionais, o que foi por muito tempo a principal causa de incêndios ou explosões. Assim a NASA começou a desenvolver a primeira pipoca que pode-se ser preparada de uma forma simples e segura (ou não), com o sucesso da NASA só faltava criar um equipamento pequeno que aquecesse o suficiente para estourar as pipocas, foi quando a Nvidia lançou seu micro-ondas (mais conhecido como GeForce sem cooler) infelizmente abolido por contribuir ao aquecimento global. Mas logo a NASA conseguiu adaptar a pipoca de micro-ondas para micro-ondas convencionais.